ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Aracatu: Coelba desativa gatos de energia no município

Bahia: Detran capacita novos coordenadores de unidades de trânsito da capital e do interior

Brumado: Jovem tem bicicleta furtada dentro de casa no distrito de Lagoa Funda

Brumado: Clientes da Oi reclamam que telefones fixo e internet não funcionam

Tremor de terra é registrado em Jacobina

Faustão quebra o silêncio, confirma saída da Globo e não descarta deixar o país

Covid-19: Bahia já recebeu mais de meio milhão de vacinas imunizantes

Brumado confirma 27 novos casos de coronavírus nas últimas 24h

Jogador brumadense assina contrato com o Palmeiras por quatro anos

ONU defende que licenças para produção de vacinas sejam dadas ao Brasil e Índia

Bahia ultrapassa 84 mil pessoas que tomaram 1ª dose de vacina contra a Covid-19

Fura-filas da vacinação não terão direito à segunda dose e poderão ser presos

Morre em decorrência da Covid-19 o médico de 44 anos, Dr. Lívio

New Kenko Purificadores: Beba água de qualidade e garanta a saúde para sua família

Brumado: Sem espetáculos há quase oito meses, circo volta a realizar apresentações ao público

Justiça Federal nega liminar contra prefeito de Candiba que furou fila de vacinação

Falso policial civil é preso por aplicar golpe em Livramento de Nossa Senhora

Super promoção da Loja Império 10: duas peças por somente R$ 15

Brumado: Município recebe 480 doses do imunizante desenvolvido pela universidade de Oxford

RotSat: Rastreamento de veículos ou de sua frota!


Modera participa da elaboração do Plano de Recursos Hídricos da Bacia do Contas

(Foto: Divulgação)

Em cumprimento ao cronograma previamente estabelecido, foi realizada na Cidade de Brumado, no último dia 07 de dezembro, a Consulta Pública para elaboração do Plano de Recursos Hídricos da Bacia Hidrográfica do Rio das Contas - PRHRC e da Proposta de Enquadramento dos seus Corpos D’Água - PERC, sob coordenação do Governo do Estado da Bahia, por meio do INEMA, do Comitê do Contas e do Consórcio Águas da Bahia. A Consulta Pública trata-se de um dos eventos de participação social para elaborar o PRHRC e o PERC, sendo que em Brumado foi realizada a terceira da I Rodada de Consultas Públicas, depois de Barra da Estiva e Anagé. Essa Rodada deverá ser concluída com as Consultas de Jequié e Itacaré. O PRHRC e o PERC são instrumentos da Política Estadual de Recursos Hídricos do Estado da Bahia e para que sejam construídos é necessária a participação do poder público, sociedade civil, usuários de água e demais segmentos interessados na gestão dos recursos hídricos. O PRHRC tem o objetivo de garantir a disponibilidade, proteção, conservação, recuperação e o aproveitamento sustentável das águas de uma bacia hidrográfica. A Consulta Pública em Brumado consistiu na apresentação do diagnóstico e do prognóstico da Bacia do Rio das Contas pelo Hidrólogo Luís Gustavo de Moura Reis, do Consórcio Águas da Bahia, seguida por questionamentos e sugestões dos representantes da sociedade civil e dos usuários de água.

 

Em suas participações, os Coordenadores do MODERA, Capitão Henrique Moreira Rocha e o Professor Jorge Valério Gomes, alertaram para o processo de desertificação no Semiárido, onde 70% da área da Bacia do Contas está inserida. Também, sugeriram que o PRHRC contemple ações de revegetação das matas ciliares e os balanços hídricos periódicos na Sub-Bacia do Alto Contas, a fim de avaliar a quantidade de uso da água para a agricultura irrigada e o abastecimento humano. Na oportunidade, abordaram também a crise de abastecimento em Brumado no período de 1998 a 1999, que levou à transposição das águas da Sub-Bacia do Alto Contas para a do Antônio, a partir da Barragem de Cristalândia, representando uma redenção para a Cidade de Brumado. Entretanto, salientaram que essa redenção vem sendo ameaçada pela expansão do agronegócio na Sub-Bacia do Alto Contas. Em reação a isso, informaram que o MODERA buscou apoio da Maçonaria, a qual conseguiu do Governo do Estado da Bahia, a Nota Técnica 01/2016, da EMBASA, que considera a implantação de uma nova barragem no alto do Rio das Contas, um impacto para os níveis de recarga da Barragem de Cristalândia. Segundo os Coordenadores, o MODERA propôs ao Comitê do Contas, uma representação contra o INEMA no Ministério Público, em razão da sua Portaria 10.268, que ignorou a Deliberação Nº 19/2014, do Comitê, referente aos projetos das barragens do agronegócio no Município de Piatã, onde está localizada a nascente do Rio das Contas. A proposta foi aprovada pelo Comitê, que protocolou a representação na Promotoria de Seabra e está aguardando as providências cabíveis.

 



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário