ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Polícia encontra depósito clandestino de combustíveis em Itapetinga

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

Abastecimento em bairros e localidades rurais de Brumado registra irregularidade por falta de energia elétrica

Preço da gasolina sobe quase 60 centavos e chega a R$ 5,09 em Brumado

Clínica Mais Vida traz para Brumado o que há de mais moderno em Ultrassonografia de qualidade e alta definição

Barra do Choça: Mulher é encontrada morta dentro de casa; suspeito possuía dívida de R$15 mil

Acusado de furtar seringas, servidor foi encontrado morto antes de ser ouvido em Conquista

Fim de semana com alimentos saudáveis é na Bete Fruits

47 novos casos de coronavírus são registrados nas últimas 24h em Brumado

Brumado; Presidente da Câmara afirma que áudio em que ele pede 'farra' no primeiro salário, 'não passou de uma brincadeira entre eles'


CBF revela que VAR terá até 16 câmeras e detalha escala para a Copa do Brasil

(Foto: Reprodução)

A CBF anunciou nesta segunda-feira que entre 14 e 16 câmeras serão usadas em cada jogo das quartas de final da Copa do Brasil em que a entidade fará as primeiras utilizações do árbitro assistente de vídeo (VAR, na sigla em inglês) no futebol nacional. O sistema vem sendo testado offline em partidas do Campeonato Brasileiro. É menos da metade do número de câmeras utilizadas pela Fifa na Copa do Mundo na Rússia (33 a 35). A variação depende da quantidade de equipamentos utilizados pela Rede Globo e pela Fox Sports, que detêm os diretos de transmissão do torneio e vão gerar as imagens. A informação foi apresentada pelo coordenador do árbitro de vídeo da CBF, Manoel Serapião, em entrevista coletiva na sede da entidade, no Rio. "Vamos utilizar 15 ou 16 câmeras. São duas empresas, Globo e Fox. É bom esclarecer que com sete câmeras e mais uma invertida já teremos 95% de todos os lances. Uma situação especial, uma mão escondida (pode dificultar), mas vamos recorrer a todas as imagens disponíveis. Teremos sucesso e solução para todos os lances. Nosso árbitros estão preparados, sabem o plano de câmera, sabem as prioridades, como câmeras de impedimento, de impacto." Ele garantiu que o posicionamento das câmeras no gramado é definido pela CBF e sem interferência das emissoras. "As empresas que transmitem os jogos e geram as imagens não têm a mais mínima interferência na escolha dos ângulos e no manuseio das imagens. Esta é uma responsabilidade exclusiva da CBF por meio de seus árbitros preparados para serem árbitros de vídeo e técnicos da CBF." Serapião exaltou a experiência do árbitro de vídeo na Copa - foi a principal novidade deste Mundial, e disse que os árbitros brasileiros estão treinados para priorizar a análise dos acontecimentos do jogo, independentemente do tempo que isso poderá consumir na partida. "O tempo é nosso aliado. Temos que ter preocupação com o resultado da análise e menos com o tempo. O tempo é importante, claro, e por isso treinamos. Mas se determinada imagem não satisfizer (a dúvida), buscaremos outra. A Copa estabeleceu parâmetros. Nós pegamos a experiência do Mundial e também nossos treinamentos e estaremos alinhando e traçando nossa filosofia." A CBF também divulgou a escala de árbitros (de campo e vídeo) para as partidas de ida das quartas de final. Nesta quarta, Péricles Cortez estará no comando do vídeo para Corinthians e Chapecoense; Bráulio Machado, no duelo entre Santos e Cruzeiro, além de Rafael Traci em Grêmio x Flamengo. Na quinta, o VAR será de responsabilidade de Leandro Vuaden em Bahia x Palmeiras.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário