ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Fisioterapeuta da Clínica Mais Vida fala sobre a importância da fisioterapia no alívio das dores causadas pela Chikungunya

Bahia ocupa 3° lugar no ranking nacional de habitações precárias, aponta fundação

Sindicato dos Comerciários conquista vários benefícios para todos os trabalhadores e trabalhadoras do comércio de Brumado e Região

Google Tradutor adiciona Guarani e outros idiomas da África, Ásia e América do Sul

Polícia Rodoviária Federal registra apreensão recorde de cocaína em 2021

Mãe tenta vender filho por R$ 400 e foge do hospital após parto

Brumado: Homem é preso após matar companheiro da ex-namorada com golpes de faca no bairro do Mercado

Planejamento das Eleições Gerais 2022 é debatido na sede do TRE-BA

Barra da Estiva: PM apreende seis carros com suspeita de serem clonados

CGU aponta R$ 2,6 bi em desvios do Farmácia Popular

Eleições no Clube Social de Brumado: Chapa 2 quer renovação e inclusão das mulheres na gestão

Estados dizem que cumpriram lei e vão recorrer no STF sobre ICMS no diesel

Em mais uma decisão, justiça suspende licitação que pretendia privatizar serviços de água e esgoto em Brumado

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

Neste domingo (15) haverá o fenômeno 'Lua de Sangue' triplamente especial

Sabadão! Tudo pronto para a festa 'Apaixona Brumado' no espaço Popeye Prime

STF suspende políticas estaduais sobre o ICMS do diesel a pedido do Governo Federal

Anvisa e Butantan se reúnem para tratar da CoronaVac para crianças


Brumado: Obstáculos nos passeios públicos ainda continuam desafiando cadeirantes e pedestres

Os obstáculos são facilmente notados (Foto: Luciano Santos | 97NEWS)

Brumado ainda está longe de ser uma cidade inclusiva, mas novas leis projetam uma mudança de cenário em médio prazo, o que dará mais dignidade a quem tem menos mobilidade. Calçada acessível, ampla e livre nunca foi uma característica da cidade, o que causa um aspecto negativo e da um ar provinciano à “capital do minério” que com sua forte vocação para ser um polo regional, ainda convive com situações tão anacrônicas como essa. A reportagem do 97NEWS fez um pequeno teste em uma das vias mais usadas pelos pedestres, a qual é, inclusive, uma das mais largas em termos de calçadas. Há muitos anos, a Avenida Antônio Mourão Guimarães vendo sendo revitalizada, isso por que o novo Código de Postura Municipal obriga que os novos estabelecimentos, ou os que estão em reforma, deixem uma calçada com no mínimo 2 metros de largura, além da rampa de acessibilidade. 

Buracos, rampas, placas de propaganda continuam desafiando os pedestres (Foto: Luciano Santos | 97NEWS)

Com isso os avanços já são notados, só que, uma questão ainda está provocando a indignação dos pedestres, que são os obstáculos que ainda continuam. Fizemos o trajeto pela calçada em seu trecho entre a Avenida Antônio Mourão Guimarães e a Avenida Centenário, pelo lado direito e foram vários obstáculos detectados entre pequenos pedaços soltos do piso, pequenos buracos, placas de anúncio e até bancas de ambulantes. Mas o pior registro foi de grandes rampas acentuadas entre a calçada de uma loja, as quais impedem a passagem de cadeirantes. Mesmo os pequenos obstáculos são também geradores de dificuldade para as pessoas com outras limitações. Os pedestres esperam que medidas sejam tomadas com urgência, já que o fluxo de pessoas no local é muito alto e, com isso, alguns acidentes vêm acontecendo, principalmente com idosos. Vale observar também que existem vários locais ainda na cidade com o mesmo problema.

A situação ainda está distante do ideal da modernidade urbana (Foto: Luciano Santos | 97NEWS)


Comentários

  • Ubiratã Cardoso

    "Porque não se preocupam com o dinheiro que o município recebe. Não se vê uma obra com os recursos arrecadados,e sim com verbas oriundas do governo federal. Onde está o IPTU, FPM (fundo de participação de participação dos municípios). Só Deus sabe."

Deixe seu comentário