ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Cresce desinteresse do eleitor brasileiro pelo voto, aponta pesquisa

Psicólogo da Clínica Mais Vida fala sobre o sentido da vida segundo Viktor Frankl

Amado Batista leva multidão em show no São Pedro de Guajeru

Avião cai e assusta moradores na Chapada Diamantina

Sessão ordinária desta segunda-feira (4/07) tem aprovação de textos importantes à comunidade brumadense

Jovem de 16 anos é morto a tiros dentro da rodoviária de Vitória da Conquista

Humorista do SBT faz piada de criança com hidrocefalia e é demitido da emissora

Prefeitos de todo o país vão a Brasília em manifestação contra propostas do governo federal

Preço do botijão de cozinha nas refinarias aumentou mais de 600% entre 2002 e 2021

Caminhão desgovernado tomba em frente a rodoviária da região e deixa motorista ferido

Tanhaçu: Homem de 38 anos morre após levar choque em freezer

Casos de Covid sobe e Brumado volta a registrar óbito por conta da doença

Guanambi: Retorno das aulas na rede municipal é adiado por causa de casos de Covid-19

PM mata irmã após discussão e é presa pelo próprio marido no RJ

Casos de varíola dos macacos chegam a 76 em todo o país, diz Ministério da Saúde

Negros são a maioria das vítimas de crimes violentos no Brasil, mostra levantamento

Bahia registra 3.480 novos casos de Covid e mais cinco mortes em 24h

Lutando pelo título do Campeonato Brumadense, Magnesita e Vila Nova se enfrentam neste domingo (3)

Anagé: Motociclista de 27 anos fica ferido após acidente na BA-262

Bahia deve registrar poucas chuvas em julho; volume pode ser abaixo dos 80 mm


Portal dos procurados oferece recompensa por informações sobre ‘Dr. Bumbum’

Foto: Divulgação l Polícia Civil

O médico Denis César Barros Furtado, 45, e sua mãe, Maria de Fátima Barros Furtado, 66, estão foragidos após a morte de uma paciente que passou por um tratamento estético no apartamento do médico, no Rio de Janeiro. O Portal dos Procurados oferece recompensa de R$ 1 mil por informações que facilitem a prisão deles. A mãe e o filho foram indiciados por homicídio doloso, quando há intenção de matar, após a morte da bancária Lilian Calixto, 46, que foi atendida horas antes do óbito no apartamento de Dênis. Lílian viajou do Mato Grosso até o Rio de Janeiro para fazer preenchimento de glúteos. Horas depois ela passou mal e morreu. Através do depoimento do taxista que levou a paciente até o apartamento a Polícia Civil conseguiu esclarecer o caso. O médico tinha 655 mil seguidores no instagram. Após a polêmica, a conta foi apagada. Denis chegou a ser encontrado em um shopping, mas conseguiu escapar. O procedimento de Lílian foi realizado na noite do sábado, 14 de julho. Após passar mal, ela foi encaminhada pelo médico, a mãe e a namorada, que seria a secretária, e uma técnica de enfermagem. Ao saber da morte da bancária, todos fujiram do local. A namorada de Dênis foi presa e a técnica responde em liberdade.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário