ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Familiares cobram de Rui Costa inauguração do presídio de Brumado, prevista para o fim de julho

Brasil: Bolsonaro afirma que extrapolou durante discursos nas manifestações de 7 de Setembro

Azeite da Chapada Diamantina conquista medalha de ouro durante concurso em Paris

Vitória da Conquista: Mulher é presa com maconha, cocaína e lança-perfume em ônibus

Brumado: Avenida Lindolfo Azevedo Brito será duplicação de 1 km e meio e terá ciclovia

Brumado: Busca pela 3ª dose da vacina contra a Covid tem sido satisfatória

Infectologista da Clínica Mais Vida destaca a importância de acompanhamento médico para síndrome pós Covid 19

Com queda de internações, Brumado poderá encerrar atividades da UPA Covid

Brumado: Boletim aponta 49 pessoas em tratamento por conta da Covid-19

Na Semana Nacional de Trânsito, SMTT realiza blitz educativa no centro de Brumado

Moradores registram vazamento de água no centro de Brumado; veja vídeo

Pediatra é assassinado dentro de consultório no oeste da Bahia

Brumado: Dois foragidos da operação 'Apópeira' se entregam à Polícia

Colisão entre ônibus que seguia para Abaíra e veículo de passeio deixa mortos e feridos

Brumado: Um homem foi preso durante operação das Polícias Civil e Militar; dois ainda são procurados

Bahia: Governo nomeia 39 investigadores da Polícia Civil e anuncia convocação de mais 171 professores

Brumado: Casos ativos da Covid-19 continuam em queda no município

Brumado: Com baixa adesão, Prefeitura realiza coleta itinerante de embalagens vazias de agrotóxicos

Brumado: Homem é preso por tentativa de feminicídio contra a companheira no residencial Brisas II

Brumado: Major PM Leila Silva realiza sua primeira visita institucional à 20ª Coorpin


72H de protesto: 'Sociedade não aguenta mais gás de cozinha a R$ 80', dispara diretor da Sindipetro

Foto: Divulgação

Desde ás 0h desta quarta-feira (30) a categoria petroleira realiza uma manifestação de 72h em todo o país. Em Salvador, a manifestação ocorre no bairro do Itaigara, em frente a sede da Petrobras. O diretor de comunicação do sindicato dos petroleiros, Luciomar Machado, lembra que esta não é uma manifestação por questões trabalhistas: “Não é um ato por melhores condições de trabalho nem melhores trabalhos. É uma briga pela sociedade”, afirma. Segundo Luciano, este ato é um afrontamento direto ao presidente da Petrobras e ao governo Temer: “É uma política equivocada: “A política de redução da demanda das refinarias, como a Landufo Alves aqui na Bahia, que já chegou a operar com 96% de carga de produção. Hoje está com 50%. Essa redução gera importação dos derivados. Todo diesel produzido na Bahia era a partir da produção da refinaria. Hoje você é obrigado a importar mais de 20% desse diesel com preço de mercado. Isso vai gerar não só aumento do diesel, mas da gasolina e do gás de cozinha”. 

Os petroleiros entram em greve contra preços do diesel, gasolina e gás de cozinha. Uma das motivações do movimento é acionar a sociedade contra o modelo de política de Parente e do governo Temer, além de pedir a redução do preço do gás de cozinha, do óleo diesel, da gasolina, acabar com as privatizações e defender a Petrobras. “A sociedade não aguenta mais preço do gás de cozinha chegar a R$ 80. A gasolina, em alguns estados, está sendo vendida a R$ 5,50 e R$ 6. Um preço extremamente alto para a sociedade brasileira.” Sobre o presidente da Petrobras, Pedro Parente, a categoria espera que ele seja removido do cargo: “Esperamos que o governo federal demita ele. Sua política é extremamente equivocada. Atende mais os interesses internacionais que os do nosso país. Estamos praticamente doando todo nosso patrimônio à estatais, outras empresas estrangeiras”. “Ele é interessante ao público internacional. Ao brasileiro ele não está trazendo este retorno. Pedimos que ele saia do cenário para que possamos ter uma política para a Petrobras e para o povo brasileiro”.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário