ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Brumado: SMTT realiza ações na 'Semana Nacional de Trânsito 2021'

Números de Covid na Bahia não são divulgados por falha no sistema do governo federal

Município de Guanambi é condenado a indenizar donos de carro atingidos por queda de árvore

Foi preso em SP o suspeito de cometer latrocínio em Paramirim

Brumado: Parentes, amigos e colegas dão último adeus a Daniel Simurro

Osmar Botelho é o novo presidente da Auditoria Pública Cidadã Baiana

Mais de 600 mil doses de vacinas serão distribuídas na Bahia nesta terça

Brumado: Venha conhecer a loja Império Utilidades

Jornalista Daniel Simurro morre aos 58 anos em Brumado

Brumado: Há 19 dias município não registra morte por Covid-19

Guanambi: Rui entrega reforma de estrada e autoriza R$ 35 milhões em ações

Brumado: Blogueiro Daniel Simurro é internado após mal súbito em sua residência

Brumado: Sindicato dos Mineradores denuncia assédio moral em empresa de refino de talco

Brumado retoma vacinação de adolescentes com 16 e 17 anos nesta terça-feira (21)

Novas chamas atingem Chapada Diamantina entre Mucugê e Lençóis

Caetité lidera produção mineral baiana em agosto

Em carta, governadores desmentem Bolsonaro sobre alta da gasolina

Brumado: Manifestantes protestam contra Bolsonaro e prefeito Eduardo Vasconcelos em praça pública

Brumado: Após 1 ano e cinco meses, grupos de capoeira retornam com encontros em praças

Tem novidade na Gel Sol, sua representante Intelbras na Bahia


Aniversário de Brumado: Impasse entre barraqueiros e município continua após reunião

Os barraqueiros e ambulantes compareceram à reunião (Foto: Luciano Santos | 97NEWS)

A expectativa para que o impasse que se estabeleceu de forma prematura entre os barraqueiros e ambulantes quanto às taxas que irão ser cobradas nos festejos que acontecerão no mês de junho em Brumado fosse resolvido acabou virando frustração, pelo menos do ponto de vista do lado dos solicitantes. A reunião que ocorreu no auditório da prefeitura municipal na tarde desta quarta-feira (30), que seria para acertar os detalhes entre as partes, tratou somente da questão das inscrições e dos pontos que serão escolhidos pelos barraqueiros e ambulantes. No momento em que foi aberta uma possível discussão sobre as taxas que serão aplicadas, as quais estariam variando entre 200 e 500 reais, mesmo com uma certa pressão por parte do grupo, foi dito que essa questão iria ser levada ao gestor municipal para decidir se haverá uma redução ou será mantido os valores. Então o impasse irá continuar até que seja dada a palavra final por parte do prefeito Eduardo Vasconcelos.

Os representantes da administração municipal afirmaram que levaram a solicitação da redução das taxas ao prefeito municipal (Foto: Luciano Santos | 97NEWS)


Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário