ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Brumado: Terminal Rodoviário passa por manutenção e conservação

Conquista: Comerciante é preso vendendo celulares com restrição de roubo

Bahia receberá primeira Copa Indígena de Futebol

Empresa brumadense está entre as classificadas para o Prêmio BBM de Logística 2021

Caminhoneiros acusam ministro de se empenhar para desarticular greve

Itapetinga: Homem é preso suspeito de se passar por funcionário de bancos e aplicar golpes de mais de R$ 50 mil

Brumado: Moradores da rua Bocaiuva reclamam que coleta não está sendo realizada e lixo se acumula pela rua

Novo decreto que vai liberar 50% da capacidade dos estádios na Bahia

Brumado: Moradores da Rua Princesa Leopoldina rompem manilha de esgoto após alagamento de casas

Brumado: Moradores reclamam de criação de porcos perto de residências no bairro São Felix

Brumado: Câmara recua e não vota proposta para volta das máscaras de proteção

Conquista: Acidente entre carro de passeio e carreta deixa quatro mortos

Senhor do Bonfim: Operação prende empresário considerado 'príncipe do tráfico'

Após reivindicação da vereadora Verimar, operação 'Água Potável' é iniciada em Brumado

Petrobras sobe novamente preços da gasolina e do diesel

Brumado: OAB vai acionar prefeito na Justiça após decreto que liberou uso de máscaras

Brumado: Colisão lateral entre veículo de passeio e moto deixa dois feridos na BA-148

Motociclista de 42 anos morre em acidente na BA-148

Brumado: Venha conhecer a loja Império Utilidades

Obras da Fiol entre Ilhéus e Caetité vai gerar até 60 mil novos empregos


Brumado: Caminhoneiros garantem que mobilização continuará mesmo após a saída de alguns caminhões

Os caminhoneiros que deixaram o local nos envergonharam com esta atitude, disse um dos líderes (Foto: Luciano Santos l 97NEWS)

Após nove dias de paralisações dos caminhoneiros e com reflexos sendo sentidos em praticamente todos os segmentos, na última quarta-feira, 23, o Governo Federal anunciou, no Palácio do Planalto, um acordo e a suspensão da greve por 15 dias. Conforme o comunicado, em troca da trégua na paralisação, a Petrobras irá reduzir R$ 0,46 no preço do litro do diesel por 60 dias, e a isenção de pagamento de pedágio para eixos suspensos de caminhões vazios, e buscará formas de reduzir os preços. Apesar do anúncio, em Brumado, representantes da categoria continuaram no entroncamento da BA-262 e BR-030. Mas na tarde desta terça-feira (29), após um comunicado feito pela Polícia Militar, informando que, os caminhoneiros que quisessem deixar o local e seguir viagem, garantindo o direito de ir e vir, a PM estaria a disposição desses motoristas. E assim foi feito, alguns caminhões carregados com gasolina, gás de cozinha e caminhões frigoríficos deixaram o local. Em entrevista ao 97NEWS, os representantes da categoria relataram que mesmo com a saída de alguns colegas, eles seguirão mobilizados e garantem que não irão deixar as manifestações. De acordo com o caminhoneiro João Caires, o João da Pinha, um dos líderes do grupo em Brumado, o movimento segue firme e a greve não tem data para acabar. “Nós não nos sentimos representados por esse acordo assinado com o governo. Isso não significa nada. Não vai acabar nesta terça e nem amanhã. Tenho certeza. As conversas que estamos tendo com todos é para ninguém recuar”, afirmou convicto. Motoristas acampados ao lado das rodovias, em contato com a reportagem, informaram com a mesma convicção que permanecerão em greve. Até o fechamento desta edição, os caminhoneiros permaneciam no local. Apenas ao longo da semana será possível saber o real desdobramento e os reflexos da situação.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário