ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Brumado: Homem é preso por tentativa de feminicídio contra a companheira no residencial Brisas II

Brumado: Major PM Leila Silva realiza sua primeira visita institucional à 20ª Coorpin

Brumado: Com redução de casos, Sesau encerra atividades de UTIs Covid

Mãe e filho morrem após casa onde moravam pegar fogo em Vitória da Conquista

Governo da Bahia aumenta público de eventos para 1,1 mil pessoas

Brumado: SMTT realiza ações na 'Semana Nacional de Trânsito 2021'

Números de Covid na Bahia não são divulgados por falha no sistema do governo federal

Município de Guanambi é condenado a indenizar donos de carro atingidos por queda de árvore

Vereadora Verimar solicita instalação de equipamentos adaptados em praça pública para crianças com deficiência física

Foi preso em SP o suspeito de cometer latrocínio em Paramirim

Brumado: Parentes, amigos e colegas dão último adeus a Daniel Simurro

Osmar Botelho é o novo presidente da Auditoria Pública Cidadã Baiana

Mais de 600 mil doses de vacinas serão distribuídas na Bahia nesta terça

Brumado: Venha conhecer a loja Império Utilidades

Jornalista Daniel Simurro morre aos 58 anos em Brumado

Brumado: Há 19 dias município não registra morte por Covid-19

Guanambi: Rui entrega reforma de estrada e autoriza R$ 35 milhões em ações

Brumado: Blogueiro Daniel Simurro é internado após mal súbito em sua residência

Brumado: Sindicato dos Mineradores denuncia assédio moral em empresa de refino de talco

Brumado retoma vacinação de adolescentes com 16 e 17 anos nesta terça-feira (21)


Natural de Muritiba, funcionária de banco é assassinada pelo marido com golpes de marreta

Carmelita Rosa Topázio Barbosa era funcionária do Bradesco e foi morta a marretadas dadas pelo seu próprio marido (Foto: Reprodução)

Neste último domingo, 29, Carmelita Rosa Topázio Barbosa, 57 anos, morta com golpes de marreta pelo próprio marido , foi a 36ª mulher vítima de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs) em Salvador e Região Metropolitana este ano. Os dados são do boletim de ocorrências da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA). Ela era natural da cidade de Muritiba, no Recôncavo Baiano, e era funcionária do banco Bradesco. Ela também havia trabalhado no extinto Banco do Estado da Bahia (Baneb). A informação foi confirmada pelo Sindicato dos Bancários da Bahia. 

De acordo com Adelmo Andrade, diretor de imprensa do Sindicato, a morte de Carmelita foi lamentada entre colegas de trabalho. Uma das colegas de Carmelita, inclusive, chegou a ir até o Instituto Médico Legal (IML) neste domingo ao saber da morte da amiga, mas não coseguiu reconhecer o corpo. Segundo informações o crime aconteceu no Caminho das Árvores, bairro de classe média de Salvador. E de acordo com a SSP-BA, policiais da 35ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Iguatemi) receberam um chamado através do telefone 190 e, ao chegarem ao local, um apartamento na Rua do Benjoim, prenderam em flagrante José Sampaio Barbosa, 63 anos. A marreta usada no crime foi apreendida. O filho do casal, de 30 anos, também ficou ferido. Ele deverá ser indiciado pelo crime de feminicídio. José Barbosa, que é natural de Cabaceiras do Paraguaçu, também no Recôncavo, foi funcionário da Petrobras. Nas redes sociais, ele mantém uma foto da família. De acordo com porteiros de prédios vizinhos ao local onde ocorreu o crime, o casal costumava passear junto pelo bairro. Após ser preso em flagrante pelo crime de feminicídio, José Barbosa foi encaminhado ao Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Em casos de prisão em flagrante, o preso passa por uma audiência de custódia em até 24 horas, onde um juiz determina se ele permanecerá preso ou não. Não há informações sobre o resultado da audiência de José Barbosa até o momento.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário