ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Caminhão baú de Brumado tomba entre o Distrito de Cascavel e Mucugê

Brumado: Mulher encontra quase R$ 2 mil próximo a banco e procura por dono da quantia

Infectologista da Clínica Mais Vida, em entrevista a TV Sudoeste, fala sobre o Dia Internacional da Luta contra a AIDS

Empresário Emanoel Araújo participa do lançamento da pré-candidatura de ACM Neto

Tema Livre Podcast desta semana recebeu o produtor de eventos e artista plástico 'Kezinha'

Municípios relatam atraso em entrega de vacina BCG; cidades sofrem com desabastecimento

Criança morre depois que parede de casa desaba em Itapetinga

Governo da Bahia publica mudanças em mais de 50 comandos da Polícia Militar

Infectologista da Clínica Mais Vida fala sobre o Dia Mundial de Luta contra a AIDS e a importância do diagnóstico precoce

Dom Basílio: Morre o blogueiro Aderson Caires, vítima de doença neurodegenerativa

Política: Jair Bolsonaro assina filiação ao PL

Homem em estado grave aguarda transferência do Hospital Municipal de Brumado para uma unidade de saúde em Vitória da Conquista

PM algema homem a moto em movimento em São Paulo e vídeo viraliza

Menina de 12 anos morre após cair de telhado em Ilhéus

Homem é preso suspeito de tentar subornar policiais na Chapada Diamantina

Dois casos da variante ômicron são confirmados no Brasil

Governo Federal pede que 625 mil devolvam o auxílio emergencial

Seabra: Grupo é preso acusado de usar e repassar R$ 1,3 mil em notas falsas

Paramirim: Mulher, criança e bebê de 1 ano morrem em grave acidente na BA-156

Guanambi: Caminhão carregado com carvão pega fogo


Alunos de escolas debatem sobre a mobilidade urbana em Brumado

Em algumas vias do centro, postes da rede elétrica tomam conta das calçadas que não passam de 40 cm (Foto: Luciano Santos l 97NEWS)

Andar a pé ou de bicicleta, visto como interesse minoritário por muito tempo, pode ser um desafio em Brumado. A mobilidade ativa vem gradualmente se evidenciando nos debates na redes sociais, especialmente por estudantes. A bicicleta, ainda que de maneira tímida, tem conquistado espaço pelos jovens. Porém, andar a pé continua tão esquecido quanto o planejamento, construção e manutenção das calçadas. Os questionamentos foram enviados a redação do 97NEWS, e muitos perguntaram. "Em décadas de planejamento urbano direcionado ao carro, não está na hora de repensar na humanização de seus espaços que, hoje, apresentam desigual uso do solo?", pergunta um dos alunos. Outra estudante foi além, "afinal, os deslocamentos a pé não recebem infraestrutura adequada. É fácil encontrar falta de sinalização, tempo de semáforo insuficiente ao pedestre, pouca qualidade e espaço das calçadas, ausência de acessibilidade. E não é preciso caminhar ou procurar muito. Aqui em frente a nossa escola tem um orelhão desativado há muitos anos". Comentou a jovem.

O orelhão fica em frente a uma escola particular na Rua Tibúrcio Leite, impedindo que os alunos usem a calçada (Foto: Luciano Santos l 97NEWS)

Mesmo considerando Brumado como cidade de pequeno porte, um internauta comentou, "a disputa da mobilidade a pé com meios motorizados de transporte, já deveria ser coisa do passado. Todos nós entendemos que as cidades são feitas para as pessoas, porém precisamos começar a colocar isso em prática". Quando falamos de Brumado especificamente, o incentivo da mobilidade a pé esbarra em uma cultura de pouco espaço nas calçadas, que chega a ser absurda, antigas construções possuem apenas, 20 ou 30cm de espaço. O que precisamos imediatamente em Brumado é parar de repetir que a cidade não foi planejada no passado, pois isso todo mundo já sabe, precisamos reverberar que mesmo sendo uma cidade que começou andando à cavalo, Brumado se transformará em uma cidade mais humana e mostrará a região sudoeste que as cidades sempre serão o maior espaço de troca e convívio dos seres humanos.

Essa outra via, a TV. Inocêncio Neves o passeio tem apenas 20 cm (Foto: Luciano Santos l 97NEWS)

O então prefeito Eduardo Vasconcelos, desde sua primeira gestão vem mostrando bastante interesse no intuito de fornecer subsídios e diretrizes para o desenvolvimento de legislação e políticas públicas ao pedestre. Além de tudo isso, pode-se afirmar sem medo de erro que carro faz mal à saúde, e não apenas por causa do ar poluído e da poluição sonora. As doenças que o sedentarismo tem provocado, como: hipertensão, obesidade e diabete. Segundo a medicina moderna, o remédio para todos nós, é caminhar e pedalar. Não cura, mas diminui em muito os riscos.

A prefeitura municipal tem solicitado dos comerciantes a instalação de várias rampas de acesso ao cadeirante


Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário