ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Familiares cobram de Rui Costa inauguração do presídio de Brumado, prevista para o fim de julho

Brasil: Bolsonaro afirma que extrapolou durante discursos nas manifestações de 7 de Setembro

Azeite da Chapada Diamantina conquista medalha de ouro durante concurso em Paris

Vitória da Conquista: Mulher é presa com maconha, cocaína e lança-perfume em ônibus

Brumado: Avenida Lindolfo Azevedo Brito será duplicação de 1 km e meio e terá ciclovia

Brumado: Busca pela 3ª dose da vacina contra a Covid tem sido satisfatória

Infectologista da Clínica Mais Vida destaca a importância de acompanhamento médico para síndrome pós Covid 19

Com queda de internações, Brumado poderá encerrar atividades da UPA Covid

Brumado: Boletim aponta 49 pessoas em tratamento por conta da Covid-19

Na Semana Nacional de Trânsito, SMTT realiza blitz educativa no centro de Brumado

Moradores registram vazamento de água no centro de Brumado; veja vídeo

Pediatra é assassinado dentro de consultório no oeste da Bahia

Brumado: Dois foragidos da operação 'Apópeira' se entregam à Polícia

Colisão entre ônibus que seguia para Abaíra e veículo de passeio deixa mortos e feridos

Brumado: Um homem foi preso durante operação das Polícias Civil e Militar; dois ainda são procurados

Bahia: Governo nomeia 39 investigadores da Polícia Civil e anuncia convocação de mais 171 professores

Brumado: Casos ativos da Covid-19 continuam em queda no município

Brumado: Com baixa adesão, Prefeitura realiza coleta itinerante de embalagens vazias de agrotóxicos

Brumado: Homem é preso por tentativa de feminicídio contra a companheira no residencial Brisas II

Brumado: Major PM Leila Silva realiza sua primeira visita institucional à 20ª Coorpin


Vazamento de comunicado interno causa constrangimento para o Facebook

(Reprodução)

Um comunicado interno do Facebook vazou para o público, causando constrangimento para a rede social. No documento é dito que tudo que se fez para a empresa crescer foi justificado e que isso seria uma "verdade inconveniente". O autor do texto diz que tudo não passou de apenas uma "provocação". O executivo Andrew Bosworth escreveu o memorando em 18 de junho de 2016. O texto foi revelado pelo site Buzzfeed, que afirma que a declaração do executivo se aplicaria mesmo a situações em que pessoas poderiam morrer como resultado de bullying ou terrorismo. "É um fato que nós conectamos mais pessoas. Isso pode ser ruim se usuários transformarem o conteúdo em algo com efeito negativo. Talvez custe uma vida ao expor alguém a bullying. Talvez alguém morra em um ataque terrorista coordenado com nossas ferramentas. E, ainda assim, nós seguimos conectando pessoas.", escreveu Bosworth. Tanto ele quanto o presidente da companhia, Mark Zuckerberg, negaram de fato crer nisso, mas o vazamento pode minar os esforços do Facebook para conter outro escândalo. O Facebook está sob intensa vigilância dos usuários da rede desde que admitiu ter recebido relatórios informando que uma consultoria política, a Cambridge Analytica, não havia destruído os dados coletados de cerca de 50 milhões de usuários há alguns anos.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário