ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Honestidade: Mulher que achou quase R$ 1500 em Brumado encontra a dona e devolve o valor

Criação do União Brasil deve ser oficializada em fevereiro, diz Neto

Senado aprova medida provisória que cria Auxílio Brasil

Suspeito de chefiar esquema de lavagem de dinheiro em SP é preso na Bahia

Atlético-MG vence de virada, conquista o título e complica a vida do Bahia

Conquista: Jovem de 18 anos é presa ao tentar levar cocaína, armas e munições em ônibus

Gabriel, ex-jogador do Flamengo, estará presente no Futebol Solidário 2021

Caminhão baú de Brumado tomba entre o Distrito de Cascavel e Mucugê

Brumado: Mulher encontra quase R$ 2 mil próximo a banco e procura por dono da quantia

Infectologista da Clínica Mais Vida, em entrevista a TV Sudoeste, fala sobre o Dia Internacional da Luta contra a AIDS

Empresário Emanoel Araújo participa do lançamento da pré-candidatura de ACM Neto

Tema Livre Podcast desta semana recebeu o produtor de eventos e artista plástico 'Kezinha'

Municípios relatam atraso em entrega de vacina BCG; cidades sofrem com desabastecimento

Criança morre depois que parede de casa desaba em Itapetinga

Governo da Bahia publica mudanças em mais de 50 comandos da Polícia Militar

Infectologista da Clínica Mais Vida fala sobre o Dia Mundial de Luta contra a AIDS e a importância do diagnóstico precoce

Dom Basílio: Morre o blogueiro Aderson Caires, vítima de doença neurodegenerativa

Política: Jair Bolsonaro assina filiação ao PL

Homem em estado grave aguarda transferência do Hospital Municipal de Brumado para uma unidade de saúde em Vitória da Conquista

PM algema homem a moto em movimento em São Paulo e vídeo viraliza


Joaquim Barbosa na disputa eleitoral tira votos de Lula e Bolsonaro

(Foto: Reprodução)

A quase certa entrada do ex-presidente do STF Joaquim Barbosa vai impactar a corrida eleitoral. As pesquisas revelam que o eleitor está atrás de um nome "novo", e o virtual candidato do PSB à presidência da República tem condições de tornar palpável essa abstração política. E deve sangrar, principalmente, o capital de votos acumulado por Lula e Bolsonaro.  Embora esteja longe há um bom tempo dos holofotes, Joaquim Barbosa ainda é o magistrado mais identificado com a faxina feita pelo Judiciário nos desmandos praticados pelo governo Lula. O antipetismo escancarado molda muitos dos que seguem Bolsonaro. Não obstante, Barbosa carrega uma história que o aproxima da agenda de esquerda. Negro e pobre, superou as adversidades gigantescas impostas a quem nasce na sua condição no Brasil para ocupar um dos mais altos cargos da República. E, para isso, recebeu a ajuda fundamental do próprio Lula, que o indicou para o Supremo. Dito isso, não é fantasioso supor que Joaquim Barbosa possa erguer uma ponte inimaginável, hoje, que una seguidores de Lula e Bolsonaro. No período em que comandou a mais alta corte do País, ele não esmagou a coerência dos seus votos nem foi acusado de favorecer interesses privados. Barbosa passou intacto pelo escrutínio da opinião pública, e isso pode ser determinante numa época em que o brasileiro, de modo geral, procura alguém distante do terreno corroído da política tradicional. Se vai chegar lá é outra coisa completamente diferente. Até porque, a política é feita para quem gosta de política. E Joaquim Barbosa já demonstrou em inúmeras ocasiões que, assim como Dilma Rousseff, não tem traquejo e paciência para jogar esse jogo, onde as máscaras caem com uma velocidade impressionante. Pesam contra ele, ainda, um temperamento mercurial e um autoritarismo latente.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário