ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Em audiência pública, Prefeitura apresenta proposta do Orçamento 2022

Brumado: Horta comunitária vira exemplo de inclusão social e produtiva em Pedra Preta

Itapetinga: Polícia recupera animais furtados avaliados em mais de R$ 100 mil

Coruja branca aparece no centro de Brumado e é resgatada por populares

Relatório mostra efeito da pandemia no mercado de shows no Brasil

Vacinação contra Covid segue para pessoas com 17 anos ou mais em Brumado

Dia 'D' da Campanha Antirrábica será no próximo sábado (18)

Brumado: Casos ativos de Covid-19 continuam caindo no município

Ituaçu: Justiça determina abertura de CPI para investigar supostas irregularidades na prefeitura

Brumado: Incêndio é controlado com ajuda de videomonitoramento e caminhão pipa

Com cesta básica consumindo até 47% do salário mínimo, brumadenses diminuem compras no supermercado

RotSat: 15 de Setembro - Dia do Cliente

Conquista: Polícia prende homem de 37 anos por tráfico de drogas, lavagem de dinheiro e fraudes bancárias

Sindicato dos Bancários distribui mais de uma tonelada de alimentos em Brumado e Livramento

Brumado registra menos de 100 casos ativos por conta da Covid-19

Leilão virtual do Detran-BA disponibiliza 491 lotes de veículos conservados e sucatas

Com cerimônia realizada em Conquista, Major Leila toma posse como nova comandante da 34ª CIPM de Brumado

Rio de Contas: Barragem Luiz Vieira está com 63,84% de sua capacidade

Bahia cresce 3% em julho e interrompe série negativa no consumo nas classes C e D

Avião cai em área de mata e sete pessoas morrem no interior de SP


Conheça os 8 deputados baianos que contribuiram pela absolvição do condenado Natan Donadon

Uns estiveram ausentes e outros se abstiveram de votar. Todos os casos contribuiram para o resultado favorável ao parlamentar preso -Foto: divulgação

Dos 39 baianos que compõem a bancada do Estado na Câmara dos Deputados, quatro não compareceram á sessão de quarta-feira última, na qual foi votado o processo de cassação do parlamentar presidiário Natan Donadon, que já foi expulso do PMDB. E o pior; outros quatro baianos compareceram à sessão e se abstiveram do voto.

 

Na sessão, houve 233 votos a favor da cassação do mandato, 131 contra e 41 abstenções. Para cassação, eram necessários pelo menos 257 votos. A votação foi secreta. Dos 513 deputados da Câmara, 104 não votaram, apesar de 50 terem registrado presença na Câmara. Os baianos que registraram presença no painel e não votaram: Cláudio Cajado, do DEM, e Sérgio Brito, José Carlos Araújo e Edson Pimenta, todos do PSD (nesta ordem a partir da esquerda no quadro de cima da imagem). Os ausentes foram Alice Portugal (PCdoB), Fernando Torres (PSD) e os petistas Josias Gomes e Luiz Alberto (nesta ordem da esquerda para direita no quadro acima).

Para ser cassado, Natan Donadon, que está preso há dois meses no presídio da Papuda, em Brasília, eram necessários mais 24 votos. Em sendo assim, os oito baianos tiveram papel importante num dos mais tristes episódios protagonizados pelo Congresso em sua história, o de manter o mandato de um presidiário condenado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) a mais de 13 anos de prisão em regime fechado. Vale lembrar ainda que a sentença já é transitada em julgado. Ou seja, sem possibilidade de recurso.

Por: Bahia247



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário