ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Brumado registra 61 óbitos por conta da Covid-19; município ultrapassa 5 mil casos confirmados e 335 em tratamento

Brumado: Uma pessoa é flagrada desrespeitando toque de recolher

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

Restrição de atividades: Saiba o que poderá funcionar na Bahia de sexta a segunda

Bahia: Rui Costa prevê que Brasil vai ‘mergulhar no caos em duas semanas’ por causa de Covid-19

Auxílio deve voltar em março com parcelas de R$ 250, diz Governo

Dono do hit ‘Gordinho Gostoso’, Neto LX é detido com carro roubado

Vacinação contra o coronavírus é retomada nesta sexta-feira (26)

Prosel 2021: Abertas inscrições para o Processo Seletivo do Ifba/Brumado

Brumado: É Fake o vídeo que circula nas redes sociais na qual torcedores do Flamengo estariam nas ruas em comemoração ao título

Governador proíbe cirurgias eletivas em hospitais públicos e privados da BA por 7 dias

Flamengo é campeão brasileiro mesmo após perder para o São Paulo no Morumbi

Brumado: Incêndio destrói casa na Rua Nazaré no bairro Dr. Juracy; não havia ninguém na residência

Brumado: Mãe de empresário é atropelada por motocicleta na Avenida Centenário

Brumado: Jovem de 24 anos é morto a tiros na Av. Antônio Mourão Guimarães

Brumado: Município registra 59 mortes por conta da Covid-19; 30 estão hospitalizados


Conheça os 8 deputados baianos que contribuiram pela absolvição do condenado Natan Donadon

Uns estiveram ausentes e outros se abstiveram de votar. Todos os casos contribuiram para o resultado favorável ao parlamentar preso -Foto: divulgação

Dos 39 baianos que compõem a bancada do Estado na Câmara dos Deputados, quatro não compareceram á sessão de quarta-feira última, na qual foi votado o processo de cassação do parlamentar presidiário Natan Donadon, que já foi expulso do PMDB. E o pior; outros quatro baianos compareceram à sessão e se abstiveram do voto.

 

Na sessão, houve 233 votos a favor da cassação do mandato, 131 contra e 41 abstenções. Para cassação, eram necessários pelo menos 257 votos. A votação foi secreta. Dos 513 deputados da Câmara, 104 não votaram, apesar de 50 terem registrado presença na Câmara. Os baianos que registraram presença no painel e não votaram: Cláudio Cajado, do DEM, e Sérgio Brito, José Carlos Araújo e Edson Pimenta, todos do PSD (nesta ordem a partir da esquerda no quadro de cima da imagem). Os ausentes foram Alice Portugal (PCdoB), Fernando Torres (PSD) e os petistas Josias Gomes e Luiz Alberto (nesta ordem da esquerda para direita no quadro acima).

Para ser cassado, Natan Donadon, que está preso há dois meses no presídio da Papuda, em Brasília, eram necessários mais 24 votos. Em sendo assim, os oito baianos tiveram papel importante num dos mais tristes episódios protagonizados pelo Congresso em sua história, o de manter o mandato de um presidiário condenado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) a mais de 13 anos de prisão em regime fechado. Vale lembrar ainda que a sentença já é transitada em julgado. Ou seja, sem possibilidade de recurso.

Por: Bahia247



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário