ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Vídeo mostra briga generalizada no Show de Gusttavo Lima em Brasília

O outro lado da história: Pai afirma que o parto da filha aconteceu em sua residência

Mãe mata filho de 5 anos em Vitória da Conquista; arma usada no crime pertence ao pai

Após suspender visita à Brumado nesta segunda-feira (23), Rui Costa anuncia para quarta-feira (25) assinatura de obras no município

Brumado: Projovem abre inscrições em Brumado; saiba mais

Brumado: Em coletiva, ACM Neto criticou atualização das alíquotas como fator para elevação do combustível na Bahia

RotSat: Rastreamento de veículos ou de sua frota!

Brumado: Município tem aumento de 100% em número de crianças com síndromes respiratórias

A Pax Nacional tem credibilidade e compromisso comprovado, não aceite imitações

Trabalhadores do comércio de Brumado e Região tem direito no Benefício Social e já podem aproveitar

Sem saber que estava grávida, jovem entra em trabalho de parto e é auxiliada por policiais em Brumado

Rui Costa suspende viagem à Brumado nesta segunda-feira (23) que autorizaria obras no município

Governo federal vai cortar R$ 8,2 bi em verbas de ministérios

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

Peritos médicos do INSS encerram greve e voltam a atender na próxima segunda (23)

Bahia: IBGE divulga resultado da seleção do Censo 2022

Em visita à Brumado, ACM Neto critica segurança pública da Bahia

Governo do Estado vai autorizar obras de abastecimento de água, estrada e esportes em Brumado


Brumado: Empresário do ramo alimentício, ‘Alex do Pirão’, indignado com a Embasa

O empresário garante que não utiliza o valor cobrado pela Embasa (Foto: Leitor 97NEWS)

As denúncias de cobranças abusivas por parte da Embasa em Brumado continuam aumentando e, agora, não é só na zona urbana, mas também no meio rural. Na manhã desta sexta-feira (23) o empresário do ramo alimentício, Alexandre Caíres Meira (47), popularmente conhecido como “Alex do Pirão”, que é muito conceituado e que tem um restaurante localizado na Comunidade do Jacaré procurou a redação do 97NEWS para expressar a sua profunda indignação contra a Embasa. A primeira reclamação feita foi do atendimento, que ele definiu como “desrespeitoso”, já que, segundo ele, a sua esposa foi diversas vezes tentar resolver o problema no escritório da Embasa, mas negou-se o atendimento. “O que estão fazendo com a gente chega a ser desumano, pois além do desrespeito e falta de comprometimento no atendimento, acredito estar existindo uma exploração. Olha que não sou só eu que digo isso, são muitos casos como o que está acontecendo aqui em casa espalhados por todo o município”. Questionado sobre os motivos da sua revolta, ele explicou que “minha conta sempre veio em torno de R$ 25,00, mas, agora, esse valor subiu para R$ 135,00, um aumento que nem na Venezuela acontece. Eu queria saber os motivos, mas eles não nos atendem”. Subindo os degraus da indignação, ele disparou que “eu só utilizo a água da Embasa no restaurante, então não tem lógica vir um valor abusivo como esse. Eu vendo é comida, não é droga não” e emendou falando que “tenho que ressaltar que durante dois dias da semana ficamos sem água da Embasa, então eles devem estar cobrando o ar que vem na rede, pois não é possível um valor desse que equivale a 54 caixas. Eu garanto que nós não usamos nem ¼ disso”. 



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário