ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Conquista: Comerciante é preso vendendo celulares com restrição de roubo

Bahia receberá primeira Copa Indígena de Futebol

Empresa brumadense está entre as classificadas para o Prêmio BBM de Logística 2021

Caminhoneiros acusam ministro de se empenhar para desarticular greve

Itapetinga: Homem é preso suspeito de se passar por funcionário de bancos e aplicar golpes de mais de R$ 50 mil

Brumado: Moradores da rua Bocaiuva reclamam que coleta não está sendo realizada e lixo se acumula pela rua

Novo decreto que vai liberar 50% da capacidade dos estádios na Bahia

Brumado: Moradores da Rua Princesa Leopoldina rompem manilha de esgoto após alagamento de casas

Brumado: Moradores reclamam de criação de porcos perto de residências no bairro São Felix

Brumado: Câmara recua e não vota proposta para volta das máscaras de proteção

Conquista: Acidente entre carro de passeio e carreta deixa quatro mortos

Senhor do Bonfim: Operação prende empresário considerado 'príncipe do tráfico'

Após reivindicação da vereadora Verimar, operação 'Água Potável' é iniciada em Brumado

Petrobras sobe novamente preços da gasolina e do diesel

Brumado: OAB vai acionar prefeito na Justiça após decreto que liberou uso de máscaras

Brumado: Colisão lateral entre veículo de passeio e moto deixa dois feridos na BA-148

Motociclista de 42 anos morre em acidente na BA-148

Brumado: Venha conhecer a loja Império Utilidades

Obras da Fiol entre Ilhéus e Caetité vai gerar até 60 mil novos empregos

Tem novidade na Gel Sol, sua representante Intelbras na Bahia


Janeiro Branco: campanha para saúde mental é foco do mês

Foto: Reprodução

A saúde mental é um dos maiores problemas da sociedade contemporânea. Por isso a Campanha "Janeiro Branco", foca justamente na prevenção às doenças mentais causadas pelo estresse. Os mais afetados pelo problema são os executivos. De acordo com um estudo realizado pelo Ministério da Saúde, há 10 anos, o percentual de pessoas que ocupavam estes cargos e sofriam de estresse era de 35%. Hoje, esse valor subiu para 39%, um salto preocupante. Quem não trabalha diretamente com o comando de pessoas também sofre do mal, cerca de 35%. Assim, a Organização das Nações Unidas já alerta: uma em cada quatro pessoas sofrerá de algum problema relacionado à saúde mental. “Responsabilidade em excesso, multiplicidades de papéis, acúmulo de trabalho e compromissos contribuem para o estresse nocivo, que prejudica a saúde e pode estar associado a doenças como hipertensão, diabetes e alterações na tireóide”, afirma Walter Viterbo, idealizador da campanha. O ideal é buscar atividades que tragam tranquilidade, como acupuntura, massoterapia, corridas e malhação. Tudo ajuda a dissipar os problemas.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário