ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Governo federal anuncia que vai comprar 46 milhões de doses da vacina chinesa

Brumado: Em mais uma operação, Embasa descobre e retira 'gatos' de água na região dos 'Sem Terra'

Decreto presidencial libera uso das Forças Armadas para a segurança das eleições 2020

Brumado: Colisão entre carro e ônibus deixa duas vítimas com ferimentos na BA-262

Brumadense é uma das vítimas na explosão de caminhão da EPCL em Cocos

Brumado: Apdemb inaugura sede própria e dá posse à nova diretoria

Ampliando quadro de especialistas Clínica Mais Vida firma parceria com Dr. Clênito Monteiro

Brumado registra 16 novos casos de coronavírus nas últimas 24h

Caminhão da empresa EPCL explode e mata pelo menos três pessoas no Oeste da Bahia

Covid-19: Profissionais de saúde de Brumado recebem cartas de apoio durante o combate a pandemia

Brumado: Cresce a procura por plantas para ter natureza dentro de casa durante isolamento social

Iguaí: Homens invadem casa e matam menino de 7 anos

Sem Réveillon e Carnaval, Ecad estima queda de R$ 35,8 mi em arrecadação

Prefeitura vai desapropriar 5 imóveis para ampliação de escolas em Brumado

Brumado: Venha conhecer a loja Império 10

Registros de armas de fogo aumentam 120% em 2020 no Brasil

Gel Sol: Uma empresa especializada em renovar o seu Consumo de Energia!

Estudo comprova presença do coronavírus no cérebro de pacientes

Mulher é presa com 45 mil comprimidos usados no golpe 'Boa Noite Cinderela'

Brasil não terá horário de verão pelo segundo ano consecutivo


Cavalo usando tornozeleira eletrônica é flagrado no Paraná

Foto: Divulgação

Um cavalo foi flagrado usando uma tornozeleira eletrônica em Ponta Grossa (PR). Nesta quinta-feira (28), Policiais Militares e um agente do Depen (do Departamento Penitenciário do Estado do Paraná) foram até o local na manhã desta quinta-feira (28) para tirar o equipamento do animal. De acordo com o G1, o detento que usava a tornozeleira perdeu o benefício e, atualmente, cumpre pena no regime semiaberto. O aparelho tinha sido desativado em fevereiro deste ano. Confira na íntegra a nota da Sesp:”A Secretaria da Segurança Pública e Administração Penitenciária informa que a tornozeleira encontrada está desativada desde fevereiro deste ano. Já o detento, perdeu o benefício e cumpre pena em regime semiaberto. Cabe esclarecer que os indivíduos são monitorados 24 horas por dia por agentes penitenciários capacitados que atuam na Central de Monitoramento do Depen e também no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), da Secretaria da Segurança Pública e Administração Penitenciária.

O indivíduo que recebe o benefício da tornozeleira eletrônica é monitorado dia e noite e não pode tirar o equipamento para dormir e nem para tomar banho. Tampouco pode ultrapassar uma área restrita determinada pela Justiça – caso o faça, o dispositivo com tecnologia GPS vibra, emite sons de alerta e comunica a violação à central de monitoramento. Todas as vezes em que há rompimento do lacre da tornozeleira ou desligamento (seja provocado ou por falta de bateria) um sinal é acionado no Centro Integrado. Os agentes entram em contato com o monitorado para que o equipamento seja corretamente usado. Caso seja caracterizado alguma violação das condições impostas, o Depen comunica imediatamente o Judiciário, um novo mandado de prisão é expedido e os detentos perdem o benefício e regridem no regime prisional. Atualmente são 391 monitorados por tornozeleiras eletrônicas em Ponta Grossa”.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário