ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

PMs de Contendas do Sincorá e Vitória da Conquista são investigados por homicídios em 2018 e 2019

Bahia confirma mais dois casos da varíola dos macacos nesta sexta

Badalado restaurante de Livramento é demolido pelos proprietários após decisão Judicial

Atleta vai representar Brumado no Campeonato Baiano de Karatê em Salvador

Brumado: Câmera flagra homem furtando caixa de som em loja de utilidades do centro; assista

Brumado: 34ª CIPM intensifica segurança e realiza blitz na cidade

Criança de 2 anos e oito meses morre após ser atropelada em Guajeru

Xiaomi apresenta robô humanoide que reconhece tristeza e 'consola'

Carta pela democracia atinge 1 milhão de assinaturas

Preço dos alimentos puxa inflação e salário mínimo é defasado

Justiça manda prender goleiro Bruno por atraso na pensão alimentícia

Acidente deixa três mortos na BA-142 entre os municípios de Ituaçu e Barra da Estiva

Brumado: Audiência discute intolerância religiosa e ataques a religião de matriz africana

Polícia descobre desmanche de carros durante operação em Caetité

Bahia tem nova redução e gasolina fica quase 10% mais barata; em Brumado o valor chega a R$ 5,09

Lacen realiza coleta de sangue de morador de Brumado com suspeita de Monkeypox

Vaca escorrega após invadir farmácia no Oeste da Bahia; vídeo viraliza na internet

'É melhor nos tratarem bem, senão vamos ligar o foda-se', diz Paulo Guedes em resposta à França

Homem é preso em operação de combate à pornografia infantil na Bahia

MP-BA lança cartilha digital que orienta sobre violência doméstica


Prefeito de Iuiu alega que repassou dinheiro a Câmara e diz que vereador é quem deve

Foto: Divulgação

As acusações que pesam sobre Carlos Wagner Lopes Frota (PT), o Vaguinho, prefeito de Iuiu, no sudoeste da Bahia, segundo ele, são falsas. Em nota enviada ao Bahia Notícias, o petista contou a sua versão da história e alega ter depositado o duodécimo, no valor de R$ 64 mil. Vaguinho responsabilizou ainda o presidente da Câmara, Roberto Pereira. Segundo ele, “a mesa diretora da Câmara Municipal de Iuiu deixou de pagar as contribuições previdenciárias referentes a todo o período de janeiro de 2013 até o mês de novembro do mesmo ano. Com isso, gerou prejuízos para o município”. Os desfalques alegados pelo alcaide teriam impossibilitado que a prefeitura obtivesse repasses federais e fizesse convênios, o que agravou ainda mais a dívida. “O presidente da Câmara Roberto Pereira Mesquita foi procurado por três vezes pela atual gestão a fim de regularizar tal pendência [a dívida] de forma amigável. Entretanto, foi categórico em afirmar que não pagaria tal obrigação de forma injustificada”, contou. Como forma de pressionar o presidente da Casa a sanar o débito, o gestor promoveu ação de consignação de pagamento que visava o debito previdenciário da Câmara. “Nessa mesma oportunidade foi feito o deposito do duodécimo para a compensação referente ao debito previdenciário que a Câmara tem com o município, debito esse de R$ 59 mil Portanto, ao contrario do que disse o presidente da câmara municipal Roberto Mesquita o município disponibilizou sim o duodécimo do mês de novembro de 2013 à Câmara Municipal. Porém, o fez através de medidas judicial para forçar o Roberto a cumprir a obrigação legal, no caso, o ressarcimento ao município do pagamento da contribuição previdenciária em questão”, disse. O prefeito promete ainda ingressar com uma ação contra Pereira. “Já estão sendo tomadas as devidas providencias judiciais que vão deste a interpelação do vereador até ação e recuperação civil pelas ofensas proferidas”, ameaçou.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário