ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

MP arquiva procedimento que recomendou às escolas privadas descontos nas mensalidades em Brumado

Brumado confirma a 7ª morte por coronavírus; trata-se de um idoso de 71 anos

Senhor do Bonfim: PRF-BA apreende 40 'bananas' de dinamite na BR-407

Comércio varejista na Bahia tem queda de 12,6% em junho ante mesmo mês em 2019

Brumado: Pandemia do coronavírus afeta mercado de casamentos, e empresas recorrem à outros seguimentos

Embasa informa que fornecimento de água será interrompido em Brumado e Malhada de Pedras na sexta (14)

Dra. Mellyssa Matos, cardiopediatra, passa a fazer parte da equipe da Clínica Mais Vida

Auxílio Emergencial deve ser prorrogado até março com valor de R$ 300

Pesquisa do IBGE aponta que vendas do varejo baiano aumentaram 7% em junho

Com constantes melhorias, SGE Bravo muda o cotodiano da comunidade escolar no interior baiano

Boa notícia: Cai o número de casos ativos da Covid-19 em Brumado

Em primeiro debate, pré-candidatos a prefeito apresentam propostas para Brumado

Polícia prende traficante que recebia drogas via Correios em Conquista

46ª CIPM de Livramento de Nossa Senhora inauguração novos alojamentos

PF cumpre mandados na Bahia em operação contra tráfico internacional de drogas

LAB: Você conhece o teste de paternidade?

Bahia registra 4.670 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas

Brumado registra 6º óbito por Covid-19, trata-se de um idoso de 77 anos

Brumadense morre em acidente de moto na zona rural de Caculé

BA-148: Caminhão pipa tomba entre Dom Basílio e Livramento de Nossa Senhora


TJ-BA licita salgadinhos de festa por R$ 309 mil, evento poderia custar até R$ 1,4 milhão

(Fotocomposição: 97NEWS)

O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) poderá comprar R$ 309 mil em salgadinhos de festas, por um ano, para atender eventos da Corregedoria Geral de Justiça. Mas a conta poderia ser bem maior. De acordo com o edital de licitação, somente para buffet, a Corregedoria poderia gastar R$ 535 mil. O custo total do evento, de acordo com a ata de registro de preço, poderá chegar a R$ 770 mil. Mas o valor total também poderia ser superior, ou quase o dobro: R$ 1,4 milhão. Os eventos poderão atender 700 participantes e terão como alimentação café da manhã regional, almoço, jantar, brunch, coffe break e coquetel volante. A licitação apresenta possíveis cardápios, como pãezinhos de queijo, brioches, mugunzá, bolos, milhos, tapiocas, aipim, inhame e batata doce e frios diversos. No almoço, poderão ser servidos crepes, filé mignon ao molho de champignon, salmão ao molho de maracujá, camarões ao molho de uvas, croquetes de bacalhau, sequilhos, salgados e doces finos. Além da comida, foram registrados preços para recursos humanos, no valor total de R$ 49 mil. Com este valor, poderão ser contratados fotógrafos, garçons, mestres de cerimônia, coordenadores de eventos, operadores de equipamentos audiovisuais, auxiliares de cozinha, fritadores, operadores de luz, entre outros. Também há registro de preços para itens de comunicação visual no valor de R$ 81,5 mil e locação de equipamentos e serviços audiovisuais no valor de R$ 32,4 mil. Em arranjos florais, poderão ser gastos R$ 15,6 mil. Já em diárias de carros, R$ 9 mil. Com hospedagens, poderão ser gastos até R$ 35 mil. A justificativa da contratação no edital é de que, “considerando que as necessidades da Administração são muito superiores a sua capacidade de atendimento, em virtude da falta de estrutura própria para realizá–los e por não serem serviços que constituem em sua atividade-fim, assim, se faz necessário uma contratação, para um futuro e eventual fornecimento de bens e prestação de serviços solicitados pelo Gabinete da Corregedoria Geral da Justiça, no âmbito da Capital e do Interior”.



Comentários

  • Gerson de Aquino

    "Isso é um absurdo. Será por isso que as custas dos processos tiveram uma alta inaceitável. Realmente as coisas nesse país estão cada vez mais estranhas."

Deixe seu comentário