ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Barra do Choça: Mulher é encontrada morta dentro de casa; suspeito possuía dívida de R$15 mil

Acusado de furtar seringas, servidor foi encontrado morto antes de ser ouvido em Conquista

Fim de semana com alimentos saudáveis é na Bete Fruits

47 novos casos de coronavírus são registrados nas últimas 24h em Brumado

Brumado; Presidente da Câmara afirma que áudio em que ele pede 'farra' no primeiro salário, 'não passou de uma brincadeira entre eles'

Índia autoriza exportação de vacina para o Brasil, diz agência Reuters

Municípios atendidos pela Central de Atendimento Covid em Brumado registram aumento nos casos de coronavírus

Cinco morrem em incêndio em prédio do Instituto Serum, fabricante de vacinas contra Covid-19 na Índia

Em suposto áudio gravado no aplicativo de mensagens, presidente da Câmara de Brumado informa primeiro pagamento dos edis e ironiza; 'galera é pra fazer farra viu'

Mutuípe: Médico de 95 anos escolhido para ser primeiro vacinado contra Covid-19 morre horas antes de ser imunizado

Mais de 19 mil baianos já tomaram a primeira dose da vacina contra Covid-19

Vitória da Conquista: Juiz autoriza paciente a plantar maconha para tratar fibromialgia

Bahia: MP aciona prefeito de Candiba por improbidade; prefeito 'furou' fila da vacinação

Brumado: Casal morre e três ficam feridos em grave acidente na rotatória da BA-262 e BR-030

Bahia registra recorde na média móvel de casos de Covid-19

Brumado confirma a 47ª morte por conta do novo coronavírus

Caoa pode substituir Ford na fábrica de Camaçari, afirma coluna

Vacina negociada pelo Governo da Bahia é rejeitada pela Anvisa

Município de Brumado serviu como base de distribuição da Coronavac para microrregião

Brumado: Em nota, vereador denuncia que recebeu gabinete sem móveis e computadores


Faltando 4 meses para final do curso de Medicina, aluno questiona expulsão da UESB

Maurício Guilherme Nunes frequentava a Universidade desde 2011 e foi relacionado ao grupo que fraudou as cotas dos quilombolas (Foto: Reprodução)

Um aluno do curso de Medicina da UESB, punido indevidamente por fraude nas cotas, questiona decisão da autarquia em expulsá-lo. Mesmo provando ao Ministério Público, que já ordenou retirada de seu nome do processo, o estudante quilombola Maurício Guilherme Nunes, de Livramento de Nossa Senhora, teve sua matrícula cancelada pela Universidade. Maurício, que entrou na UESB em 2011, alega que até hoje frequenta sua comunidade de origem. Faltando 4 meses apenas para concluir o curso, ele foi notificado em 9 de junho que estava sendo expulso por “falsidade ideologica”. Ele entrou na Justiça para ser reintegrado.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário