ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Aracatu: Coelba desativa gatos de energia no município

Bahia: Detran capacita novos coordenadores de unidades de trânsito da capital e do interior

Brumado: Jovem tem bicicleta furtada dentro de casa no distrito de Lagoa Funda

Brumado: Clientes da Oi reclamam que telefones fixo e internet não funcionam

Tremor de terra é registrado em Jacobina

Faustão quebra o silêncio, confirma saída da Globo e não descarta deixar o país

Covid-19: Bahia já recebeu mais de meio milhão de vacinas imunizantes

Brumado confirma 27 novos casos de coronavírus nas últimas 24h

Jogador brumadense assina contrato com o Palmeiras por quatro anos

ONU defende que licenças para produção de vacinas sejam dadas ao Brasil e Índia

Bahia ultrapassa 84 mil pessoas que tomaram 1ª dose de vacina contra a Covid-19

Fura-filas da vacinação não terão direito à segunda dose e poderão ser presos

Morre em decorrência da Covid-19 o médico de 44 anos, Dr. Lívio

New Kenko Purificadores: Beba água de qualidade e garanta a saúde para sua família

Brumado: Sem espetáculos há quase oito meses, circo volta a realizar apresentações ao público

Justiça Federal nega liminar contra prefeito de Candiba que furou fila de vacinação

Falso policial civil é preso por aplicar golpe em Livramento de Nossa Senhora

Super promoção da Loja Império 10: duas peças por somente R$ 15

Brumado: Município recebe 480 doses do imunizante desenvolvido pela universidade de Oxford

RotSat: Rastreamento de veículos ou de sua frota!


Segundo empresário, Banda Calcinha Preta não irá se apresentar no São Pedro de Aracatu

A Banda Calcinha Preta não deverá se apresentar no São Pedro de Aracatu (Foto: 97NEWS Conteúdo)

Após o Ministério Público Estadual acionar a Prefeitura Municipal de Aracatu por supostos gastos desarrazoados com as festividades do tradicional São Pedro da cidade, um novo fato colocou ainda mais sob suspeita a realização da festa, já que no cartaz oficial consta a presença da Banda Calcinha Preta, só que, segundo o empresário da banda, Guto Rodrigues, da Axemais Entretenimento Eireli isso não irá acontecer, já que a contratação não se efetivou, ou seja, a banda não irá se apresentar. A polêmica cresceu ainda mais com a divulgação pela mídia local da comparação contratual com os festejos em Livramento de Nossa Senhora, que teria apresentado uma forte discrepância, já que no referido município os valores pagos estariam quase 4 vezes mais elevados. A notícia causou ainda mais estranheza e deixou muita gente em dúvida, já que os rumores sob um possível cancelamento da festa, caso o prefeito de Aracatu não atenda às recomendações do Ministério Público Estadual, vem aumentando muito. 



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário