ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Vitória da Conquista registra aumento no número de picadas de escorpiões

Maxxnet lança promoção para o Dia dos Pais

WhatsApp já permite sair de grupo sem alarde e escolher quem pode ver você online

Parque Tecnológico da Bahia irá receber mais de R$ 9 milhões de investimento

Brumado: Câmara de Vereadores promulga lei que reserva vagas de estacionamento para gestantes, lactantes e pessoas com crianças de colo

Bom Jesus da Lapa reúne 600 mil fiéis em evento religioso

Brumado: Adolescente de 14 anos é encontrada na casa de uma amiga

Corpo de idosa chilena é encontrado em estado de decomposição no interior da Bahia

Brumado: Família pede ajuda para localizar adolescente de 14 anos

Ministério da Saúde lança Campanha Nacional de Vacinação

Brumado: Polícia apreende homem após colocar fogo em residência no bairro Olhos D'água

Seleção de advogados de Brumado vence Serrinha e avança para semifinal da Copa CAAB

Empresa Gel Sol de Brumado recebe prêmio nacional da Intelbras

Brumado: Município investiga primeiro caso suspeito de varíola dos macacos

MP da Bahia lança novo número para atendimento ao cidadão

Inflação muda comportamento dos brasileiros, diz pesquisa

Caminhoneiros começam a receber benefício emergencial nesta terça

TSE divulga patrimônio de sete presidenciáveis; o maior valor ultrapassa 24 milhões

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

Vem aí o 13º Agosto Gospel


Caso Kauã: Após 5 meses do caso que chocou Brumado e região, novidades nas investigações podem acelerar o processo de elucidação

A morte do pequeno Émerson Kauâ chocou a todos os brumadenses e ainda está sem solução (Fotocomposição: 97NEWS)

A equipe de reportagem do 97NEWS entrou em contato com o delegado titular da DPT de Brumado, Dr. Leonardo Soares, o qual voltou a falar sobre o caso do menino Emérson Kauã, que foi brutalmente assassinado no dia 21 de dezembro de 2016, se constituindo num dos piores crimes da história de Brumado. Por telefone ele relatou que a equipe de investigadores da 20ª Coorpin conseguiu colher novos dados e informações que poderão acelerar o processo e encerrar de vez, as investigações sobre o crime. “Realmente é um caso envolto em muitos mistérios, mas é uma questão de honra para a nossa equipe desvendá-lo", destacou. Ainda segundo Soares, “a 20ª Coorpin, tanto os delegados plantonistas, titular, coordenadores e investigadores, ou seja, todo o quadro da coordenação vem trabalhando todos os dias para que os processos que estavam engavetados possam ser reabertos, e assim darmos continuidade, em parceria com Juiz Dr. Genivaldo Guimarães, a todas as nossas pendências”. E finalizou citando que “já elucidamos este último caso, que foi dos três indivíduos que acabaram tirando a vida de um fazendeiro e seu filho na fazenda Penha, também já encaminhamos para a justiça e o Detran, o relatório de todos os veículos que possam ir para leilão, a fim de liberar o pátio da delegacia, então, estamos trabalhando firmes para dinamizarmos ainda mais as nossas ações”.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário