ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Vitória da Conquista registra aumento no número de picadas de escorpiões

Maxxnet lança promoção para o Dia dos Pais

WhatsApp já permite sair de grupo sem alarde e escolher quem pode ver você online

Parque Tecnológico da Bahia irá receber mais de R$ 9 milhões de investimento

Brumado: Câmara de Vereadores promulga lei que reserva vagas de estacionamento para gestantes, lactantes e pessoas com crianças de colo

Bom Jesus da Lapa reúne 600 mil fiéis em evento religioso

Brumado: Adolescente de 14 anos é encontrada na casa de uma amiga

Corpo de idosa chilena é encontrado em estado de decomposição no interior da Bahia

Brumado: Família pede ajuda para localizar adolescente de 14 anos

Ministério da Saúde lança Campanha Nacional de Vacinação

Brumado: Polícia apreende homem após colocar fogo em residência no bairro Olhos D'água

Seleção de advogados de Brumado vence Serrinha e avança para semifinal da Copa CAAB

Empresa Gel Sol de Brumado recebe prêmio nacional da Intelbras

Brumado: Município investiga primeiro caso suspeito de varíola dos macacos

MP da Bahia lança novo número para atendimento ao cidadão

Inflação muda comportamento dos brasileiros, diz pesquisa

Caminhoneiros começam a receber benefício emergencial nesta terça

TSE divulga patrimônio de sete presidenciáveis; o maior valor ultrapassa 24 milhões

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

Vem aí o 13º Agosto Gospel


Zé Raimundo reforça discurso pela Diretas Já

(Foto: Divulgação)

Ao repercutir os últimos protestos realizados na semana passada, assim como os  desdobramentos da crise política no Palácio Planalto, o deputado Zé Raimundo (PT) alertou para a iminência de uma crise revolucionária, caso não seja ouvido o clamor popular  expresso nas manifestações das ruas, na internet e nos diversos espaços públicos para a realização de eleições diretas para presidente da República. “Vamos ter uma crise revolucionária a qualquer momento, se não ouvirmos o clamor popular pela realização das Eleições Diretas e da eleição de uma constituinte capaz de assegurar uma profunda reforma política”, disse Zé Raimundo, em pronunciamento na sessão plenária desta tarde, na Assembleia Legislativa da Bahia. Ele ainda destacou que enquanto a população se levanta pelas “Diretas Já”, os “golpistas” e seus apoiadores alegam que a Constituição Federal estabelece um calendário eleitoral, mas os ideais liberais e os grandes pensadores defendem que na democracia, apesar da eleger de seus representantes, a soberania continua com o povo.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário