ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Vereadora Verimar do Sindicato, em audiência com o secretário da SERIN, discute proposta para asfalto que liga Brumado ao Distrito de Terra Vermelha

Brasil: 75% das famílias têm dívidas, aponta Mapa do endividamento

Ministério da Saúde oferece mais de 21 mil vagas para Médicos pelo Brasil

Judiciário da Bahia inaugura varas em duas cidades baianas

Novas regras da Tarifa Social devem beneficiar mais de 11 milhões de pessoas

Polícia extermina plantação com mais de 18 mil pés de maconha em Curaçá

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

Brumado: Divulgado o calendário de funcionamento do comércio no mês de dezembro

Mês de novembro apresentou menor número de mortes violentas na Bahia

Região Nordeste concentra quase metade das pessoas em situação de miséria, aponta IBGE

Nordeste: Comitê Científico do Consórcio recomenda cancelamento de Réveillon e Carnaval

Brumado: Após passar pela Secretaria Municipal de Esportes, Paulo Sérgio volta a presidência da LBF

Agência é explodida em Iguaí, Sudoeste do Estado

Bahia recebe 150 mil doses de vacina BCG após municípios enfrentarem desabastecimento


WhatsApp: golpe com times de futebol atrai 2 milhões de torcedores

Mensagem diz o seguinte: "Que bacana! Personalizei o fundo do meu WhatsApp com o tema do Palmeiras" (Foto: Divulgação/PSafe)

Um novo golpe no WhatsApp, que oferece a instalação de tema visual inspirado em times de futebol, já alcançou mais de 2 milhões de brasileiros. Em apenas seis dias, este foi o total de internautas que tentaram acessar a página com o suposto tema esportivo, de acordo com um relatório da empresa de segurança PSafe divulgado com exclusividade pelo TechTudo. O esquema consiste no recebimento de mensagens, enviadas em chats com amigos ou em grupos, convidando o usuário a clicar numa suposta promoção para personalizar o aplicativo com o visual do time preferido. Em tese ele funcionaria nas versões para AndroidiPhone e Windows Phone. O criador do golpe usa links com endereço iniciado em goo.gl, um encurtador oferecido pelo Google. Em seguida há uma listagem com diversos clubes, entre eles Palmeiras, Corinthians, Chapecoense, São Paulo, Flamengo, Sport e Santa Cruz.

Ao clicar, a vítima é levada a uma página que pede para encaminhar o suposto serviço a oito amigos ou dez grupos de WhatsApp. Ainda de acordo com a Psafe, o internauta também é induzido a preencher um formulário com informações pessoais e número de telefone, o que pode resultar na assinatura – mesmo sem querer – em serviços premium, como aqueles para recebimento de dicas de música, por exemplo. Entre os links compartilhados, mais de 409 mil torcedores rubro-negros tentaram abrir a suposta oferta. Na sequência aparecem os palmeirenses (393 mil) e corinthianos (368 mil).  O gerente de segurança Emilio Simoni, da PSafe, explicou ao TechTudo que os golpes do Whatsapp "são de fácil disseminação e o hacker não precisa se preocupar em espalhar o ataque, já que esta disseminação fica a cargo dos próprios usuários do mensageiro". Vale lembrar que o programa, pertencente ao grupo econômico do Facebook, é utilizado por mais de 100 milhões de brasileiros. "Apps como o Facebook Messenger e o Telegram também têm sido monitorados, mas até o momento não identificamos nenhum ataque com esta frequência e abrangência", finaliza o especialista em segurança digital.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário