ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Criança de 2 anos e oito meses morre após ser atropelada em Guajeru

Xiaomi apresenta robô humanoide que reconhece tristeza e 'consola'

Carta pela democracia atinge 1 milhão de assinaturas

Preço dos alimentos puxa inflação e salário mínimo é defasado

Justiça manda prender goleiro Bruno por atraso na pensão alimentícia

Acidente deixa três mortos na BA-142 entre os municípios de Ituaçu e Barra da Estiva

Brumado: Audiência discute intolerância religiosa e ataques a religião de matriz africana

Polícia descobre desmanche de carros durante operação em Caetité

Bahia tem nova redução e gasolina fica quase 10% mais barata; em Brumado o valor chega a R$ 5,09

Lacen realiza coleta de sangue de morador de Brumado com suspeita de Monkeypox

Vaca escorrega após invadir farmácia no Oeste da Bahia; vídeo viraliza na internet

'É melhor nos tratarem bem, senão vamos ligar o foda-se', diz Paulo Guedes em resposta à França

Homem é preso em operação de combate à pornografia infantil na Bahia

MP-BA lança cartilha digital que orienta sobre violência doméstica

Rosa Weber é eleita nova presidente do STF

Deputado João Carlos Bacelar discute com agentes de trânsito em Salvador

Brumado: MP instaura inquérito para apurar supostas irregularidades em concurso público da Prefeitura

Produção industrial baiana cresceu 11,9% em junho

Leilão de quase R$ 143 milhões ofertará esgotamento sanitário para Brumado

Manutenção emergencial interrompe abastecimento em Brumado e Malhada de Pedras



BUSCA PELO ARQUIVO "04/2021"

Brumado: Sem trabalho por conta da pandemia, cuidadora de idosos chegou alimentar filhos com farinha e água

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

A pandemia do coronavírus, além de deixar marcas em pessoas que perderam familiares, também trouxe pobreza e desemprego. Em 2021, Jeane Santana de Souza, 28 anos, jamais imaginou que  deixaria de comer para alimentar os dois filhos pequenos, um garoto de 11 anos e uma menina de 2 anos. Há um ano sem trabalho, a cuidadora de idosos passou por dificuldades sem uma renda fixa. "Você sabe o que acordar pela manhã e sua filha pedir bolacha e você não ter? Chega dar desânimo, só chorova [...] é muito difícil", conta Jeane. Segundo ela, seu medo maior, era de que os filhos ou ela própria morressem de fome. "Teve dias que eu fiz farinha com água para dar pra eles [filhos]. Meus vizinhos que me ajudavam", diz. A família viveu um período menos dramático com o auxílio emergencial. "Hoje eu só tenho o bolsa família, mas só da pra pagar a água e a luz. Ai eu tenho que escolher, se alimento os meus filhos, ou se fico sem água e luz", questionou Souza. 

Foto: Ilustrativa

O armário em que Jeane costuma armazenar alimentos começou a receber alimentos graça a doações de brumadenses, que ouviram na Rádio Alternativa  o desespero da mãe. Aos poucos, ela voltou a sorrir e ter o que comer a partir da ajuda da sociedade. "Eu estou muito feliz, sou muita grata a população de Brumado. Assim que falou na rádio começaram chegar as doações, só Deus pra agradecer vocês", disse Santana ao site 97NEWS. Segundo dados do IBGE, 16% da população do Brasil que já eram pobres em 2019, passaram para a extrema pobreza, com renda per capita inferior a R$ 157 em 2020. São 6,2 milhões de pessoas. Com a volta do auxílio emergencial em 2021, o número de brasileiros em insegurança alimentar, vai diminuir. Mas até quando?



Brumadense com guillain-barré está internada há mais de 30 dias em Vitória da Conquista à espera de medicamento

Zenilda está internada há mais de 30 dias á espera do medicamento - Foto: Arquivo Pessoal

Há mais de 30 dias, a brumadense Zenilda Damasceno, está internada no Hospital Crescêncio Silveira em Vitória da Conquista à espera de um medicamento. Ela foi diagnosticado com a síndrome de Guillain-Barré -- uma doença do sistema nervoso que provoca fraqueza muscular --. A família entrou na justiça para conseguir o medicamento, mas até agora ele ainda não recebeu o tratamento. "No último dia 08 de março, a justiça deferiu o pedido de antecipação de tutela e determinou que o estado da Bahia e o município de Brumado fornecessem, no prazo de dois dias, quatro frascos do medicamento imunoglobulina humana por dia, durante cinco dias, sob pena de multa diária de R$ 1 mil até R$ 30 mil, em caso de descumprimento, mas essa determinação ainda não foi cumprida", disse Alessandro Santana, parente de Damasceno ao site 97NEWS. Para receber o tratamento adequado, o juiz Antônio Carlos do Espírito Santo Filho também determinou a transferência do Hospital Professor Magalhães Neto em Brumado para a cidade de Vitória da Conquista, mas são mais de trinta dias internada no Hospital Crescêncio Silveira, a espera de um medicamento. "Mas o remédio não apareceu. Nós fomos até a prefeitura e a Secretaria de Saúde afirmou que não poderia comprar a medicação por é muito cara e nos encaminhou a Dires para cobrar do Estado", afirmou Santana. 

Nessa foto, Damasceno ainda não havia sido diagnosticada - Foto: Arquivo Pessoal

No entanto, e resposta foi inserta conforme Alessandro. "Eles disseram que a prefeitura não havia encaminhado nada ao órgão, mas eles ligaram em Salvador e a medicação estava em falta. Cobrei para que se liberasse o valor, mas ainda não obtivemos respostas", disse o vendedor. O medicamento, segundo o relatório médico é a imunoglobulina humana, e custa em torno de R$ 2 mil a dose, ficando o valor do tratamento total em R$ 40 mil. Entretanto, segundo o amigo, a família não dispõe de recursos nesse valor. "Enquanto o medicamento não é disponibilizado, nós estamos com campanhas como rifas, sorteio de brindes e recebendo doações, a Zenilda precisa viver", conta Alessandro. A liminar determinando que o medicamento seja comprado pelo Estado ou pelo Município com urgência sob pena de multa de R$ 1 mil ou até R$ 30 mil por dia, saiu no dia 08 de março, mas até agora, 31 dias depois, nada foi feito. Para doar basta depositar na conta: Banco do Brasil; Ag. 0730-7; Conta Corrente: 49527-1 - Nome: Sandra Meira Santos (sobrinha de Zenilda). Pix: 85889099523.



Bahia vacinou 12,5% da população contra Covid-19, diz consórcio de imprensa

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

Um total de 1.872.835 pessoas receberam a primeira dose do imunizante contra o coronavírus na Bahia, segundo o balanço da vacinação divulgado na noite de quinta-feira (7) pelo consórcio de veículos de imprensa. Com isso, 12,54% da população do estado foi vacinada contra a Covid-19. A segunda dose foi aplicada em 2,56% da população da Bahia: 382.804 pessoas. No total, 2.255.639 doses foram aplicadas na nação brasileira (80,17% das 2.813.282 doses recebidas pelo estado). No Brasil, 22.170.108 pessoas receberam a primeira dose (10,47% da população do país). Destas, 6.357.779 tomaram a segunda (3%). Foram utilizadas 28.527.887 vacinas para a ação (67,82% das doses recebidas pelos estados).



Brumado: PM apreende homem e adolescente com drogas na Praça da Cebola

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

Na quinta-feira (08), por volta das 11h, em rondas pelo bairro do Mercado, em Brumado, a guarnição da 34ª CIPM avistou dois homens em atitude suspeita conduzindo uma motocicleta no entorno da Praça da Cebola. Segundo a guarnição, ao avistar a viatura, um dos homens escondeu algo na boca. Ao dar ordem para parar a motocicleta, o condutor saiu em alta velocidade, mas foi alcançado algumas ruas depois. Ao serem abordados, um com idade acima dos 18 anos e outro, um menor de apenas 14 anos, estavam de posse de porções de maconha, e a motocicleta com restrições no sistema do Detran. Os dois suspeitos foram conduzidos a Delegacia de Brumado e estão a disposição da justiça.



presidente da Câmara de Brumado é transferido para Vitória da Conquista

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

Após testar positivo para Covid-19 na última terça-feira (6), o presidente da Câmara de Vereadores de Brumado, José Carlos Marques Pessoa (PSB), o "Zé Carlos de Jonas", foi transferido para a cidade de Vitória da Conquista. Zé Carlos passou pelo Centro de Atendimento Covid-19, localizado no bairro Malhada Branca, em Brumado, mas no final da tarde de quinta, foi transferido para o Hospital das Clínicas de Conquista (HCC). Segundo apurou o site 97NEWS, seu estado de saúde é estável e a transferência se fez necessária com porque o parlamentar estaria com 25% de sua capacidade pulmonar comprometida. Ele continuará o tratamento em um leito clínico semi-intensivo.

 

 



Bamin vence leilão da Fiol e retomará obra com aplicação de R$ 3,3 bilhões

Foto: Divulgação

A empresa Bahia Mineração S/A (Bamin) será a concessionária de 537 quilômetros da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol) no trecho ferroviário entre Ilhéus, Brumado e Caetité. O resultado da concessão foi divulgado na quinta-feira (8), após realização do leilão feito pelo Ministério da Infraestrutura (MInfra), por meio da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). Concorrente única na disputa, a Bamin passa a ser responsável pela finalização do empreendimento e operação do trecho 1, em uma concessão que vai durar 35 anos. Ao todo serão investidos R$ 3,3 bilhões, sendo que R$ 1,6 bilhão será utilizado para a conclusão das obras, que estão com 80% de execução. Esses investimentos também vão contribuir para a criação de 55 mil empregos entre diretos, indiretos e efeito-renda ao longo da concessão. A expectativa é de que o trecho 1 da Fiol entre em operação em 2025, transportando mais de 18 milhões de toneladas de carga. Em 10 anos, esse volume deve mais que dobrar, superando os 50 milhões de toneladas em 2035. O traçado da Fiol 1 atravessará as cidades de Ilhéus, Uruçuca, Aureliano Leal, Ubaitaba, Gongogi, Itagibá, Itagi, Jequié, Manoel Vitorino, Mirante, Tanhaçu, Aracatu, Brumado, Livramento de Nossa Senhora, Lagoa Real, Rio do Antônio, Ibiassucê e Caetité, todas na Bahia. A ferrovia será o modal de transporte para cargas como minério de ferro, alimentos processados, cimento, combustíveis, soja em grão, farelo de soja, manufaturados, petroquímicos e outros minerais. 



Brumado confirma três mortes de Covid-19 em 24h

Foto: Divulgação

Na quinta-feira (08), o município de Brumado registrou 7.445 casos confirmados da Covid-19, o novo coronavírus. O total de notificações suspeitas é de 17.771. Entre os diagnósticos: 48 internações, 136 óbitos, 708 pacientes em tratamento e 6.601 recuperados. No momento, 106 ainda aguardam resultado laboratorial e 9.133 já foram descartados. As notificações suspeitas abrangem pacientes com quadros de síndromes gripais diversas, dentre os quais alguns se encaixam nos critérios para realização do exame RT-PCR ou via teste rápido. Estes últimos estão sendo usados de forma criteriosa, em casos excepcionais, como estratégia para ampliar e tornar mais eficaz o enfrentamento à pandemia no município.



Novo lote com mais de 280 mil vacinas contra a Covid-19 chega à Bahia

Foto: Divulgação

Uma nova remessa com 281.400 doses da vacina contra à Covid-19 chegou ao aeroporto de Salvador, na manhã desta quinta-feira (8). De acordo com a Secretaria da Saúde (Sesab), 152 mil doses são da Astrazeneca/Oxford, e outras 129.400 produzidas pelo Butantan/Sinovac. Os imunizantes serão conferidos na sede do Grupamento Aéreo (Graer) da Polícia Militar e, posteriormente, distribuídos entre as cidades baianas em aeronaves da PM e da Casa Militar do Governador (CMG). Segundo a Sesab, os lotes que chegaram nessa remessa serão enviados, exclusivamente, aos municípios que já aplicaram 85% ou mais das doses anteriores - o que já havia sido definido pela Comissão Intergestores Bipartite (CIB), uma instância da Saúde que reúne representantes dos 417 baianos e o governo do estado. Ainda de acordo com o órgão, com essas novas doses, os municípios devem continuar vacinando o público-alvo e os municípios estão autorizados a ampliar as aplicações em idosos com 60 anos ou mais, caso tenham cumprido as metas da primeira fase do processo de imunização. Pelo que ficou definido na reunião da CIB, a população quilombola, pessoas com doença renal crônica em tratamento de hemodiálise e profissionais das forças de segurança também continuarão a ser vacinados.



Brumado: Estudantes do ensino superior denunciam corte no pagamento do PAEES

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

O PAEES - Programa de Acesso Estudantil ao Ensino Superior tem sido procurado por estudantes que estão no ensino superior. A Lei (n° 1810) sancionada em setembro do ano de 2017 buscava atenuar a situação dos estudantes, que encontravam-se em estado de vulnerabilidade socioeconômica. O valor destinado a classe era de R$ 500, e sempre pago no 10 ° dia útil de cada mês. No entanto, segundo os estudantes, nos últimos três meses deste ano, a Prefeitura Municipal de Brumado vinha atrasando os pagamentos. Na última segunda-feira (05), a Gestão Municipal, através da Secretaria de Educação, comunicou a suspensão do Programa PAEES. O benefício era pago para possibilitar a permanência dos estudantes de Brumado nas cidades onde são ministradas as aulas. Em entrevista aao site 97NEWS o estudante Gabriel Nunes dos Santos disse que a quantia de R$ 500 deixou de ser paga em fevereiro deste ano. "O programa foi suspenso sem nenhum aviso prévio, sem transparência, e de uma forma totalmente arbitrária e unilateral. Não foi nos dada nenhuma justificativa, simplesmente foi suspenso", relatou. Nunes alegou ainda que o auxílio foi cortado, segundo a Secretaria de Educação, em virtude da suspensão das aulas presencias por conta da pandemia. "Essa declaração se contradiz porque a maior parte dos estudantes, especialmente os de Medicina, já tiveram as aulas presenciais retomadas, e os estágios estão sendo presenciais", criticou. Para o estudante, a atitude é ilegal. "Foi um equívoco que poderia ter sido facilmente solucionado. Foi algo ilegal", diz. Os universitários vão recorrer da decisão judicialmente.

 



Governo leiloa hoje trecho de ferrovia Ilhéus, Brumado e Caetité

Foto: Divulgação

O governo federal vai leiloar hoje (8) um trecho da Ferrovia de Integração Oeste/Leste, entre Ilhéus, Brumado e Caetité, na Bahia. Chamado de Fiol 1, o trecho de 537 quilômetros de extensão entre as cidades poderá transportar mais de 50 milhões de toneladas de carga em 2035, conforme expectativas do governo. De acordo com o Ministério da Infraestrutura, a concessão vai destravar o projeto, algo considerado fundamental para transformar a logística no estado. Além disso, contribuirá com a meta de ampliar a participação ferroviária na matriz de transportes do Brasil. O vencedor do certame ficará responsável pela finalização do empreendimento e operação do trecho, em uma concessão que vai durar por 35 anos, totalizando R$ 3,3 bilhões de investimentos. Desse total, R$ 1,6 bilhão serão utilizados para a conclusão das obras, que estão com 80% de execução. Nas contas do governo federal, a concessão da Fiol vai permitir a criação de 55 mil empregos diretos, indiretos e efeito-renda ao longo da concessão. A expectativa é a de que o T aerorecho 1 (Ilhéus-Brumado-Caetité) comece a operar em 2025, já transportando, segundo estudos, mais de 18 milhões de toneladas de carga, entre grãos e o minério de ferro produzido na região de Caetité. O minério de ferro compõe a maior parte da carga a ser transportada no trecho, mas também serão transportados alimentos processados, cimento, combustíveis, soja em grão, farelo de soja, manufaturados, petroquímicos e outros minerais.



Itiruçu: Quadrilha explode agência bancária e dispara contra sede da PM

Foto: Reprodução l Rede Social

Em um terceiro ataque a banco na semana, uma quadrilha explodiu um agência do Bradesco de Itiruçu, no Vale do Jiquiriçá. O ataque ocorreu na madrugada desta quinta-feira (8), menos de 48 horas depois da explosão de um banco em Abaré, na divisa da Bahia com Pernambuco. Segundo a Polícia, a ação ocorreu por volta das 2h30 e envolveu um grupo de homens armados e encapuzados. Eles chegaram na cidade a bordo de um veículo e se dirigiram à agência, situada na Rua Juscelino Kubitschek. No local fizeram vários disparos e detonaram os explosivos. Ainda segundo as informações, apesar do pânico causado, não há registro de feridos entre os moradores. Os criminosos também realizaram disparos na sede da Polícia Militar da cidade. Até o momento não se sabe se os assaltantes levaram alguma quantia. 



PF cumpre mandados de busca e apreensão contra emigração ilegal em Vitória da Conquista

Foto: Divulgação l PF

A Polícia Federal deflagrou, nesta quinta-feira (08) a Operação London Eye (Olho de Londres), para combater crimes relacionados a falsificação de passaporte brasileiro e emigração ilegal para o Reino Unido. Pelo menos doze policiais federais cumprem três mandados de busca e apreensão e dois mandados de medidas cautelares na cidade de Vitória da Conquista. A operação parte de uma investigação iniciada em março deste ano quando um cidadão foi detido ao emitir um passaporte brasileiro com nome falso no posto do SAC de Vitória da Conquista. Outro brasileiro também já havia praticado a mesma fraude e teria emigrado, ilegalmente, para a Inglaterra, onde requereu visto de permanência com base em união familiar a partir do documento falso, informou a PF. O benefício migratório seria embasado na nova filiação criada pelos falsificadores. Duas irmãs, com nacionalidade brasileira e italiana, que residem na Inglaterra, permitiam que usassem seus nomes na condição de mãe dos envolvidos para facilitar a obtenção do visto. Durante o cumprimento das buscas, foram apreendidos celulares, documentos, cartões bancários e, ainda, uma arma sem registro e entorpecentes. As investigações estão sendo acompanhadas pela Interpol.



Em jantar em SP, empresários pedem a Bolsonaro 'esforço' por vacinação

Foto: Reprodução l Marcelo Camargo

O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), jantou na noite de quarta-feira (7) com empresários em uma casa nos Jardins, bairro nobre de São Paulo. Na saída do jantar, ministros que participaram da reunião falaram que o encontro foi de "apoio" e de afirmação de "aliança" do empresariado com o governo federal. Segundo eles, houve um pedido de que o governo se "esforce" em prol da vacinação. Participaram do jantar os ministros Fábio Faria (Comunicações), Marcelo Queiroga (Saúde), Tarcísio de Freitas (Infraestrutura) e Paulo Guedes (Comunicações). O evento ocorreu na casa do empresário do ramo de segurança Washington Cinel, próximo ao governador de São Paulo, João Doria (PSDB). Do lado do empresariado, participaram 25 empresários de vários setores, como banqueiros, empresários da área de saúde e empreiteiros. Queiroga voltou a dizer que a prática de "lockdown" no país não é viável e reafirmou que possui a meta de vacinar 1 milhão de pessoas por dia. Bolsonaro também falou contra as medidas restritivas. "Seria muito mais fácil a gente ficar quieto, se acomodar, não tocar nesse assunto, ou atender, como alguns querem, que eu posso fazer, o lockdown nacional. Não vai ter lockdown nacional", afirmou Bolsonaro antes do jantar. Já o ministro da Economia, Paulo Guedes, disse aos jornalistas que divergências na discussão do orçamento de 2021 da União, ainda em tramitação no Congresso Nacional, são "normais", visto que pela primeira vez, segundo ele, "governo e Congresso produzem a peça a quatro mãos". Ainda não há um acordo para que haja a sanção do Orçamento. As discussões envolvem supostos vetos de Bolsonaro às emendas parlamentares de responsabilidade do relator da proposta.



Brumado: Queima de entulho e lixo continua no bairro São Jorge

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

Os moradores do bairro São Jorge, em Brumado, enfrentam um problema há mais de um mês. Focos de incêndio em um terreno na área provocam uma fumaça que toma conta do ar na região e prejudica a saúde de quem reside nas proximidades. A dona de casa Elaine Melo mora próximo ao terreno e tem um bebê de 11 meses. A criança já foi internada três vezes por problemas respiratórios. "Vinte e quatro horas essa fumaça aqui, tanto que ela [bebê] está dormindo agora. À noite eu passei toda com ela acordada fazendo aerosol, senão ela não consegue dormir, fica chorando, eu também não durmo por causa da fumaça". 

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

Segundo os moradores, o problema de acúmulo e queima de lixo no terreno é antigo, mas há mais de um mês o problema se intensificou. Devido ao calor e ao tempo seco, a fumaça se alastra com mais facilidade. O mesmo problema ocorre no Residencial Brisas. A moradora Conceição Batista conta que é a própria população que reside na área que joga e queima entulho no local. "Tem um pessoal que o trabalho deles é catar o lixo na casa das pessoas e vir jogar aqui", disse.



Alergologista e imunologista da Clínica Mais Vida passa a ofertar o importante exame Prick Test

Foto: Divulgação

Prick Test?! Você conhece? Sabe o que é, para que serve e como é feito? Pois bem, vamos explicar. Trata-se de um teste cutâneo que também é conhecido como teste de puntura. É o método “in vivo” que é possível detectar quais alérgenos a pessoa é sensível. Quando a história clínica sugere o envolvimento de um mecanismo imunológico com a participação de um anticorpo chamado Ige (Imunogloblulina E), faz-se a pesquisa da Ige especifica a um determinado alérgeno. A especialista em alergologia e imunologia da Clínica Mais Vida, Dra. Pamela Araújo observa que o teste é bastante sensível e poder ser realizado em pessoas de todas as idades, sendo indicado para pessoas com sintomas respiratórios, cutâneos, gástricos ou oculares e pode identificar doenças como:

- Rinite alérgica

- Alergia a insetos

- Conjuntivite alérgica

- Asma / bronquite

- Dermatite atópica

- Alergia alimentar

Explica que o teste de Prick é rápido, capaz de detectar sensibilidade a inalantes como por exemplo: ácaros, gramíneas (pólens) fungos, epitélio do cão, epitélio de gato e baratas. Como também sensibilidade a alimentos: leite, gema e clara de ovo, trigo, soja, cacau, camarão, peixes e castanhas. Dra. Pamela destaca que o teste apresenta vantagens de sensibilidade e características relativas às alergias, maiores números de alérgenos disponíveis, resultado imediato, técnica mais fácil de resultados visíveis, realizado no consultório no momento da consulta e demonstração clara para os pacientes de suas alergias. Podendo ser realizado em qualquer idade, desde que haja evidências clínicas. É importante que os resultados do Prick test sejam avaliados pelo médico levando em consideração o histórico clínico da pessoa e resultado de outros exames de alergia. Procure um Alergologista para saber se você tem indicação de realizar esse teste. Faça seus exames na Clínica Mais Vida! Para maiores informações, ligue: (77) 3441-4545 / (77) 99951-4755 (77) 3441-4500 / (77) 9.9989-6868.



Brumadense de 62 anos é vacinado na Bahia no mesmo dia da filha de 31 anos que mora nos EUA

Foto: Reprodução l Arquivo Familiar

A baiana Diana Ribeiro, que mora nos Estados Unidos, tem o privilégio de falar que está vacinada contra o coronavírus aos 31 anos. A felicidade foi em dose dupla. No mesmo dia, o paizão, o brumadense Carlos Alberto Prates Ribeiro, que tem o dobro da idade dela, foi imunizado em Salvador, cidade onde ela viveu até fevereiro do ano passado. Carlos é filho de José de Souza Ribeiro, mais conhecido como Seu Zuzu do Cinema e da saudosa Edilce Prates Ribeiro. Ao site G1, a baiana, que é administradora, contou que mora no estado de Connecticut, com o marido, Diego, que foi para o país norte-americano à trabalho. Ela recebeu a primeira dose da Pfizer em 5 de abril. Carlos Ribeiro, na mesma data, a da Coronavac, no drive-thru da Universidade Federal da Bahia -- Campus Ondina. “Bastante coincidência. Aqui a vacina já está liberada para todos acima de 16 anos, que é o que de fato o teste da vacina permite, pessoas acima de 16 anos, que foi liberado no dia 1° de abril, aqui no meu estado. Cada um tem uma data diferente e é só com o horário marcado”, disse Diana Ribeiro. 

Diana e Diego moram nos Estados Unidos - Foto: Arquivo Pessoal

Carlos Ribeiro diz que a sensação foi a perda da “insegurança” que rondava a todos, mas alertou para a segunda dose, que ele deve tomar no mês de maio. “A gente sabe que ainda não é completo, que só foi a primeira dose, e o fato de minha filha também ter conseguido bem antes do que nós...é uma diferença muito grande, de ter conseguido ser vacinada lá nos Estados Unidos”, disse. A baiana destaca a diferença do público-alvo das campanhas de vacinação entre Salvador e a cidade onde mora atualmente. “Consegui marcar para o dia 5, exatamente, coincidentemente a data que meu pai também foi liberado para ser vacinado em Salvador. A diferença da idade: enquanto Salvador ainda está no grupo de idosos, aqui está sendo amplamente vacinado para toda a população”, contou. Diana Ribeiro mata a saudade semanalmente com a família através de chamada de vídeo em um aplicativo de mensagem. A irmã dela, Taísa Ribeiro, que mora em Salvador, também já está vacinada, por fazer parte do grupo de profissionais de saúde.



Produção da vacina Coronavac é suspensa pelo Butantan por falta de insumos

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

O Instituto Butantan vai suspender a produção da vacina Coronavac, utilizada contra a Covid-19. A paralização será feita de forma temporária por falta de matéria-prima. O Butantan ainda vai seguir com a entrega de vacinas na próxima semana, pois possui 2,5 milhões de doses já prontas aguardando o prazo do controle de qualidade. O instituto também informou que cumprirá os prazos estabelecidos nos contratos com o Ministério da Saúde, apesar do atraso na chega de insumos. O Butantan se comprometeu a entregar 46 milhões de doses até o fim de abril. Um novo carregamento de matéria-prima - o chamado IFA (Insumo Farmacêutico Ativo) - estava previsto para chegar da China na próxima sexta-feira, dia 9 de abril, mas foi postergado. O insumo é fornecido pela parceira do Butantan na Coronavac, a chinesa Sinovac. O atraso da remessa foi provocado pela intensificação da campanha de vacinação na própria China. Agora, a previsão de chegada de 6 mil litros de IFA em São Paulo é no dia 15 de abril, suficientes para produzir 10 milhões de doses.

 



Pessoas que tiveram casos leves de Covid podem ter sintomas mais fortes na reinfecção, aponta Fiocruz

Foto: Reprodução

Pessoas que tiveram formas leves da Covid-19 podem sofrer reinfecção e desenvolver casos mais graves, aponta um estudo liderado pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). De acordo com a pesquisa divulgada na quarta-feira (7), os pacientes assintomáticos ou com formas brandas da doença não chegaram a desenvolver a imunidade necessária para evitar uma nova infecção. A descoberta faz parte do estudo 'Evidência genética e resposta imunológica do hospedeiro em pessoas reinfectadas com Sars-CoV-2', coordenado pelo pesquisador da Fiocruz Thiago Moreno, do Centro de Desenvolvimento Tecnológico em Saúde (CDTS). A investigação será publicada em maio na revista Emerging Infectious Desease (EID), dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), dos Estados Unidos. Desde março de 2020, quando teve início a pandemia, os pesquisadores acompanharam semanalmente um grupo de 30 pessoas até o fim do ano de 2020. Do grupo inicial, quatro contraíram o vírus da Covid-19, sendo que algumas foram infectadas pela mesma variante. “O caso de ser infectado pela mesma variante acontece porque o paciente não teria criado uma memória imunológica. No caso de uma outra cepa, ela “escaparia” da vigilância, não seria reconhecida pela memória gerada anteriormente por ser um pouco diferente”, aponta a Fiocruz. A primeira infecção dos quatro casos relatados no estudo se deram de forma branda enquanto que na reinfecção os sintomas foram mais fortes e mais frequentes. Em nenhum dos casos observados foi necessário a hospitalização. “Essas pessoas só tiveram de fato a imunidade detectável depois da segunda infecção. Isso leva a crer que para uma parte da população que teve a doença de forma branda não basta uma exposição ao vírus, e sim mais de uma, para ter um grau de imunidade”, conta Moreno. “Isso permite que uma parcela da população que já foi exposta sustente uma nova epidemia”. Segundo Moreno, não é possível descartar a possibilidade de uma terceira infecação, já que não se sabe ao certo quanto tempo dura a imunidade pós-Covid. "Uma pessoa poderia ficar vulnerável a uma nova reinfecção ou mesmo a contrair uma variante diferente”, explica.



Brumado registra um óbito de coronavírus em 24h

Foto: Divulgação

Na quarta-feira (07), o município de Brumado registrou 7.366 casos confirmados da Covid-19, o novo coronavírus. O total de notificações suspeitas é de 17.640. Entre os diagnósticos: 48 internações, 133 óbitos, 713 pacientes em tratamento e 6.520 recuperados. No momento, 112 ainda aguardam resultado laboratorial e 9.098 já foram descartados. As notificações suspeitas abrangem pacientes com quadros de síndromes gripais diversas, dentre os quais alguns se encaixam nos critérios para realização do exame RT-PCR ou via teste rápido. Estes últimos estão sendo usados de forma criteriosa, em casos excepcionais, como estratégia para ampliar e tornar mais eficaz o enfrentamento à pandemia no município.



Cirurgia inédita salva criança de 10 anos na Bahia

Foto: Divulgação l Sesab

O mês de abril tem sido de muita festa para a família de Wanderlypio Novais Cardoso, 10 anos, que teve uma crise de dor cabeça e ficou desacordado por 12 dias até ser internado, no último dia 1º de abril, na Santa Casa de Misericórdia de Itabuna (SCMI). O menino foi submetido a uma embolização de aneurisma cerebral, um tratamento endovascular de aneurisma intracraniano inédito no sul da Bahia. Foi realizado o procedimento sem necessidade de perfurar o crânio do paciente. Morador do povoado Riacho Fundo, na zona rural de Barra da Estiva, o menino só foi diagnosticado pela equipe médica SCMI. “Ficamos desesperados quando ele passou mal, começou vomitar, reclamar das dores de cabeça e desmaiar. Levamos para um hospital na nossa cidade e o médico disse que o meu sobrinho sofria com diabetes. Por isso, estava naquela situação. Mas os profissionais daqui detectaram qual era realmente o problema”, conta Silene Jardim Novais, tia de Wanderlypio Novais. De acordo com o chefe do serviço de Neurocirurgia da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna, Sílvio Porto, o menino foi diagnosticado com hemorragia subaracnóidea espontânea por ruptura de aneurisma cerebral. E foi um sucesso o procedimento realizado pelos médicos Fernando Schmidt, Antônio Roberto de Campos Júnior e Rafael Cano Ribeiro no setor de hemodinâmica. Paciente do Sistema Único de Saúde (SUS), o menino deixa o hospital com todas as funções neurológicas funcionando perfeitamente. “A complicação de saúde foi descoberta logo que o paciente chegou ao hospital e os nossos profissionais fizeram um procedimento perfeito. Por isso, acredito que essa criança terá uma vida normal”, afirma a diretora técnica do Hospital Manoel Novaes, Fabiane Chávez.