ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Universitários de Brumado fazem campanha para ajudar amiga com câncer

Polícia Militar apreende produtos falsificados em farmácia de Brumado

Delegado Arilano Botelho fala dos seus planos de trabalho à frente da 20ª Coorpin

Mal de Alzheimer: Cuidados essenciais para quem sofre com essa doença

Brumadenses superam a distância entre o sonho e a realidade do futebol feminino

Mineração de urânio da INB traz à tona memória de contaminação nos municípios de Caetité e Lagoa Real

Pax Nacional fecha parceria com faculdade Faveni

Chuva em Brumado surpreende moradores e ameniza temperatura no 'Sertão Produtivo'

Gás de cozinha aumenta nas distribuidoras a partir de hoje (22)

Brumado: PSD não deverá sair das mãos do advogado Thiago Amorim

Brumado: Projeto de Lei que prevê empréstimo de R$ 5 milhões volta à pauta do Legislativo

Auditoria vai apurar como 17 municípios baianos fizeram gastos em saúde

Apae de Brumado realizará assembleia geral ordinária para eleição da nova diretoria executiva

BA-148: Motociclista de 37 anos morre após sofrer acidente próximo ao distrito de 'Fazendinha'

Incêndio de grandes proporções atinge área de vegetação em Rio de Contas

PodoClin, Podologia Avançada em Brumado

Brumado: Tempo continua quente na Região Sudoeste e pode chover na quinta-feira (24)

Modelo brumadense realiza sonho de desfilar na São Paulo Fashion Week

Maetinga: Motorista de 36 anos morre em capotamento na BA-263

Lagoa Real: Idoso morre carbonizado após tentar apagar fogo em lavoura


Brumado: Se aprovado na Câmara projeto de monumento terá uma balança ou machado como simbologia; diz sacerdote

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

Sendo alvo de várias discussões em Brumado, o projeto 07/2019, ao contrário de que muitos especulam, não terá uma escultura de um orixá no canteiro central da Avenida Lindolfo Azevedo Brito. Em entrevista ao 97NEWS, o sacerdote Dionata de Xangô, explicou como será o monumento se for aprovado em duas votações na Câmara Municipal de Brumado. Como já foi afirmado pelo próprio sacerdote, defensor da religião de Matriz Africana, o monumento será custeado por iniciativa privada e por adeptos da religião Afro-Brasileira. "Ao contrário de que muitos criticam, o monumento está entre dois objetos sagrados. Um é a balança, que representa a Justiça, ou pode ser o machado de dois gumes, que também é uma ferramenta sagrada do orixá Xangô", ressaltou Dionata, que ainda destacou que acredita na Justiça e na Constituição. "Mediante ao que acontecer na sessão desta sexta-feira, estarei apto a tomar as devidas providências junto ao Ministério Público, porque eu não vou me sentir rejeitado, não vou ser descriminado, porque acredito na minha crença e no meu credo", afirmou o sacerdote ao esclarecer que a religião Africana sempre foi de resistência, "então nada disso me amedronta, nada disso me faz recuar", disse ao 97NEWS. 



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário