ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Carreta de empresa brumadense carregada com cimento tomba na região de Caetité

Menina de sete anos morre após ser atingida por caixa de som em festa

Brumado: Agentes de trânsito e populares salvam criança de 5 anos esquecida em carro no estacionamento do Mercado

Parceria entre TCE e Abin visa apurar irregularidades com recurso público na Bahia

Brumado: Prefeitura realiza assinatura da ordem de serviços para modernização do Campo da Vila Presidente Vargas no valor de R$ 250 mil

Brumado: Moradora denuncia lixo jogado fora de horário por vizinhos no bairro Santa Tereza

Clínica Master: Ecocardiograma

Brumado: Homem passa mal no Mercado Municipal após beber cachaça e morre

Em defesa da democracia e contra a reforma da previdência, Waldenor e Zé Raimundo realizam Plenária em Vitória da Conquista

Brumado: Agricultores brumadenses buscam cada vez mais o recurso 'usucapião'

Brumado: Projeto Cineclube abre caminhos para alunos aprenderem sobre produção audiovisual

Bahia: Pró-semiárido promove capacitação em associativismo na cidade de Umburanas

Ministério Público baiano pede remoção de vídeos com Desafio do Momo que ensina crianças a suicidarem

Bahia: Adutora rompe e quatro casas são atingidas por 'mar de lama'

Adolescente é resgatado por PMs pouco antes de ser morto por suspeitos de tráfico

Falso médico é preso por usar nome de profissional verdadeiro na Bahia

Brumado: Casal fica ferido após colisão entre carro e moto na Av. João Paulo I

Brumado: Pino de segurança de peça hidráulica se solta de caminhão da EPCL e destrói carro no centro

Carro capota após motorista desviar de buraco na Av. Cleóbulo Meira, em Brumado

Embasa liderou ranking de reclamações dos consumidores em 2018 na Bahia


Brumado: Servidor público é exonerado por gravar áudio criticando atual gestão e sair em foto de rival do prefeito

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

O servidor público Robson Wilson, o "Galego", foi exonerado do cargo no dia 25 de fevereiro após gravar áudios criticando alguns vereadores e a atual gestão do prefeito Eduardo Vasconcelos (PSB), por não terem apoiado o Campeonato do bairro São Felix, realizado no último mês. O pedido reforçado de exoneração do funcionário veio do auto escalão do paço municipal, após uma foto do atual opositor do prefeito, o então ex-prefeito, Geraldo Azevedo vazar na internet. No registro, é possível ver "Galego" ao fundo sem esboçar nenhuma pose, o que comprova que o funcionário não fazia parte daquele momento, considerado pelo grupo do prefeito, como apoio ao opositor. Em entrevista ao 97NEWS, Galego falou da exoneração e afirmou, em nenhum momento ele pediu para ser efetivado no quadro da Secretaria de Educação, Esporte e Cultura. "Após o Campeonato Brumadense de 2018, me chamaram para trabalhar na prefeitura, fizeram uma reunião, e eu não aceitei o pedido. Mas após a insistência deles eu aceitei, mas sem nenhum cunho político", relatou Robson. 

A foto da discórdia - Foto: Reprodução l Redes Sociais

Reafirmando o seu pensamento no quadro político atual, Galego destacou que não mentiu ao gravar o áudio e disparar nas redes sociais. "Eu não menti, os vereadores só aparecem no bairro de quatro em quatro anos. Eu falei a verdade", afirmou. Ao ser questionado sobre a participação do ex-prefeito, Geraldo Azevedo no evento como cunho político, Galego ponderou e disse, "eu não o convidei para o evento, mas como ele tem o direito de ir e vir, nós da organização não poderíamos proibir ele de assistir o Campeonato", ressaltou e completou dizendo que o ex-prefeito foi convidado a entregar o troféu por um patrocinador. "Ele participou só na entrega do troféu, ai tiraram aquela foto. Mas para mim não é comprometedora. Não considero um ato político", disse ao 97NEWS, o servidor exonerado. Ainda segundo Galego, nenhum político fez o uso da oratório no microfone, uma decisão tomada por eles antes da final do Campeonato. "A nossa comissão resolveu que, como nenhum vereador ou prefeito apoiou o Campeonato, não abriríamos espaço para nenhum deles. E assim foi feito", finalizou Galego. A prefeitura ainda não se manifestou sobre o afastamento do servidor público que trabalhava no Estádio Gilberto Cardoso.



Comentários

  • Genilson Pereira

    "Quero aqui deixar a minha indignação pelo ato feito pelo "alto escalão" como mencionaram na matéria. Em um determinado trecho da matéria o senhor Robson Wilson disse: em nenhum momento ele pediu para ser efetivado no quadro da Secretaria de Educação, Esporte e Cultura. Me chamaram para trabalhar na prefeitura, fizeram uma reunião, e eu não aceitei o pedido. Mas após (a insistência deles) eu aceitei, mas sem (nenhum cunho político). Na minha opinião isso não passou de uma falta de respeito, porque o mesmo disse: Mas “ após a insistência deles eu aceitei ”, mas sem nenhum cunho político. Entenderam ou precisa que eu faça um desenho explicando que o senhor Robson Wilson disse: aceitou sem NENHUM CUNHO POLÍTICO? E como vai ficar a situação prefeito? Para um gestor que não ouve as sugestões, não busca saber as necessidades locais da população, do que vai adiantar comandar uma cidade com tantas situações difíceis como Brumado? Não esqueça do lema prefeito, que pelo visto você não utiliza: Educar para libertar. "

Deixe seu comentário