ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Prefeitura de Brumado abre Concurso Público para Cuidadores de Creche e Agentes de Endemias; Edital já está disponível

MPF e Paratinga (BA) firmam acordo para aplicação de R$ 20 mi em precatórios do Fundeb

Bala perdida vinda de perseguição policial acaba tirando a vida de uma mulher em Itabuna

PRF realiza Operação Proclamação da República

Sport e Vitória não saem do zero na Ilha do Retiro

Sindicato cobra atuação do Procon nos bancos de Conquista

Baguetes recheadas da Padaria Divina: a pedida certa para o seu lanche do fim de tarde

Pai e filho são presos dentro da operação ‘Anjos da Lei’ em Guanambi

Bolsonaro: 'Cubano que quiser pedir asilo aqui, vai ter'

Aprovada MP que cria o Fundo Nacional de Desenvolvimento Ferroviário

MPF requer nulidade de contrato advocatício firmado pela prefeitura de Esplanada (BA) por desvio de R$6,5mi da Educação

Efeito Bolsonaro: Cuba confirma fim da parceria com o Brasil no Programa Mais Médicos

VCA: Polícia Civil desmonta esquema em sítio onde estavam enterradas drogas e vários armamentos de uso restrito

Polícia Civil aprofunda as investigações sobre o assassinato do assessor parlamentar da deputada Ivana Bastos

Partido Novo se estabelece em Brumado de olho nas eleições de 2020

ADAB confirma a hipótese de intoxicação alimentar como a causa da morte do gado em fazenda em Tanhaçu

Sal com ureia pode ter sido a causa da morte do gado na Fazenda Pica-pau em Tanhaçu

Polícia Civil realiza Operação ‘Anjos da Lei’ na Bahia; não há ainda divulgação se existiram ações em Brumado

Enem 2018 terá gabarito oficial divulgado nesta quarta (14)

MPF denuncia esquema criminoso por desvio de mais de R$ 2 mi no hospital de base de Itabuna (BA)


Brasil deixa de gerar R$ 56 bilhões com sistema de saneamento básico precário

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

Ao passo em que várias frentes discutem o assunto, a Confederação Nacional da Indústria (CNI) juntamente com outras instituições, realizou na quarta-feira (7) um seminário para tratar do tema. Um dos pontos mais destacados foi a necessidade de aprovação da Medida Provisória 844/2018, que estabelece competência à Agência Nacional de Águas (ANA) para elaborar normas nacionais para os serviços públicos voltados à área de saneamento básico. Na ocasião, o diretor de relações institucionais da Associação Brasileira das Operadoras Privadas de Saneamento (ABCON), Percy Soares Neto, disse que as críticas em cima da MP são poucas e pontuais. O especialista também afirma que o ambiente regulatório ficará mais estável se o marco legal do saneamento básico for alterado. “Há uma tendência de maior aporte de capital privado e hoje o Brasil consegue investir apenas R$ 11bilhões, sendo que R$ 2 bilhões são do setor privado. Então a gente está dizendo que a melhora do marco regulatório pode trazer um adicional de investimento no setor de saneamento até 2030, de R$ 20 bilhões somente do setor privado.” A MP prevê que a ANA também fique responsável pela atuação nas áreas de abastecimento de água, esgotamento sanitário, limpeza urbana, manejo de resíduos sólidos e drenagem urbana. Para se tornar lei definitivamente e continuar com as normas vigentes, a matéria ainda precisa passar por aprovação nos Plenários da Câmara dos Deputados e do Senado Federal.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário