ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Famílias celebram Dia Internacional da Síndrome de Down em Brumado

Guanambi: PM prende suspeita de tráfico de drogas é presa com 295 pedras de crack

Cabeceira de ponte começa a desabar na BA-148 entre Brumado à Livramento de Nossa Senhora

Brumado: Idoso recém operado do coração morre dentro de ônibus na Av. Centenário

Brumado: Polícia recupera bens furtados em galpão; três suspeitos foram ouvidos e liberados

Clínica Master: Ginecologia e Obstetrícia

Chuva causa alagamentos em diversos pontos de Brumado; veja fotos

Ex-presidente Michel Temer é preso pela Lava Jato no Rio de Janeiro

Apresentadora Xuxa solta o verbo e diz, 'Estou velha, pele enrugada e não faço plástica', sobre cobranças pelo corpo

Brumadinho: Total de mortes confirmadas sobe para 209

Caetité: Cidade receberá em maio a 'Corrida do Trabalhador'

Brumado: Dois indivíduos tombaram em troca de tiros com o PETO no bairro Irmã Dulce

Bloqueio de celulares irregulares começa no dia 24 de março nas regiões Norte, Nordeste e Sudeste

Enfim ela chegou: Começa a chover forte em Brumado e na Região Sudoeste

Clínica Master: Atendimento em Psiquiatria

Brumado: Morte do garoto Vitor Maciel completa 30 dias; polícia aguarda laudo médico para encerrar investigações

Brumado: Faculdade Pitágoras oferece palestra gratuita no mês da mulher

Brumado: Alunos da zona rural ficam sem ir à escola por causa das estradas ruins na região de Baraúnas e Casa Nova

Brumado: Polícia apreende suspeito de assalto no bairro São Jorge; indivíduo estava com uma porção de maconha em sacola

Justiça determina que restaurante devolva a cliente R$ 1,50 por caruru e R$ 0,56 por pimenta após cobrança indevida


Liberação de R$ 600 milhões do BB para Rui em ano eleitoral irrita aliados de Temer

Foto: Anderson Riedel / Planalto

Os R$ 600 milhões liberados recentemente pelo Banco do Brasil (BB) ao governo da Bahia têm irritado os aliados do presidente Michel Temer (PMDB). De acordo com informações da colunista Andreza Matais, no Estadão, DEM e PPS estão descontentes porque a verba chega para o petista Rui Costa justamente no ano eleitoral de 2018, quando seu principal oponente é ACM Neto (DEM). Segundo a publicação, apoiador do prefeito de Salvador, o baiano Arthur Maia (PPS) chegou até a cogitar deixar a relatoria da Previdência, em revide à liberação de Temer. O senador Otto Alencar (PSD-BA), aliado de Rui, no entanto, diz que o presidente prometeu o empréstimo em troca da ajuda dos deputados baianos do partido na votação da segunda denúncia contra ele. Embora os cinco parlamentares do PSD da Bahia tenham votado contra Temer, a presença deles no plenário ajudou a garantir a sessão que decidiu pelo arquivamento da acusação. A colunista destaca ainda que o empréstimo saiu dois meses após a votação, quando já havia uma ordem judicial para que o dinheiro fosse liberado.  



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário