ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Brumado: Mais um acidente é registrado no cruzamento das ruas Dr. Guilherme Dias e Iluminato Lôbo

Número de mortos em explosão no Líbano passa de 100; equipes buscam desaparecidos

Governo Federal espera que 15 milhões de brasileiros estejam vacinados até dezembro de 2020

Frente fria chega forte no Sudoeste da Bahia; Brumado já registrou 14°C durante as madrugadas

Veja como usar cartão virtual do auxílio emergencial em Bete Fruits

Brumado: Faculdade de medicina terá acesso via rotatória na BA-262

Brumado: MP abre inquérito civil para apurar irregulares em obras nos canais dos riachos 'Bate-Pé' e 'Sapé'

Homem morre em confronto com a polícia em Caetité

E2 Engenharia apresenta novo empreendimento na cidade de Brumado

Bahia dá vexame e perde título da Copa do Nordeste para o Ceará

Beirute: Explosão em armazém causa destruição no Líbano

Brumado registra quinta morte por Covid-19, o novo coronavírus

Antes mesmo de ser lançada, estelionatários estão repassando notas falsas de R$ 200 na Região Sudoeste

Conquista: Mãe e filho são presos por tentar subornar PMs com R$ 40 mil

Decreto regulamenta classificação de rsico de atividade econômica em Brumado

Bahia: Escolas voltarão com aulas aos sábados e sem recesso de fim de ano, diz Governador

Impeachment de Bolsonaro não é prioridade da Câmara, diz Rodrigo Maia

8 municípios baianos ainda não possuem casos confirmados da Covid-19

Brumado registra mais oito novos casos da Covid-19 nas últimas 24h

Brumado: Mais um acidente com vítima fatal é registrado na rotatória que dá acesso ao bairro Esconso


Confirmada 1ª morte por H1N1 em Vitória da Conquista

Imagem do vírus H1N1 - Foto:divulgação

Nesta sexta-feira (23) foi confirmada pela Secretaria Municipal de Saúde de Vitória da Conquista, no sudoeste baiano,  a primeira morte pelo vírus H1N1 na cidade. O registro aconteceu nesta quinta (22), com a "confirmação de um caso da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), H1N1, no último dia 20 de agosto. A paciente, uma pessoa idosa com mais de 80 anos, recebeu todo atendimento e acompanhamento necessários, mas veio a óbito em decorrência de insuficiência cardíaca", diz a nota da unidade. O óbito ainda não entrou no balanço oficial da Secretaria Estadual de Saúde (Sesab), o que só acontece após exames feitos no Laboratório Central (Lacen). Segundo a coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Fátima Guirra, “Temos nove óbitos e 46 casos confirmados de janeiro até agora. Mas, não se trata de um surto, pois os casos são distribuídos e o surto se caracteriza por um aumento de registros em um local fechado, como uma creche, um bairro. Apesar de que tivemos 20 situações confirmadas em Salvador, mas são distribuídos em vários bairros. No estado, o número de mortes está disseminado por várias cidades”.

Médicos de todo estado foram comunicados a ficarem alertas e notificarem possíveis casos a Sesab.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário