ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

Brumado: Homem com mandado de prisão em aberto recebe PM a tiros e fica ferido

Homem é preso por abusar das filhas de 11 e 15 anos em Santo Antônio de Jesus

Clínica Mais Vida amplia quadro de especialista em psiquiatria renovando parceria com Dr. Renato Franco

Brasil: Oposição investiga repasse de dinheiro federal para laboratórios produzirem hidroxicloroquina

Com vaga nas oitavas de final, Juazeirense já garante mais de R$ 5 milhões em premiação

Jaguaquara: Durante discussão, filha joga água fervente em mãe

Vereador Beto Bonelly parabeniza Brumado pelos 144 anos

Brumado: Município registra 20 novos casos de Covid-19 nas últimas 24h


Multas de trânsito poderão ter defesa gratuita por empresa `startup´

Foto: Arquivo/97news

Em 2016 as multas de trânsito foram salgadas para os motoristas de todo Brasil, o aumento teve uma porcentagem de 52,8% á 244,73%. Mas uma empresa baiana, do tipo "startup", a Defesas e Recursos criou um serviço gratuito online de defesas de multas de trânsito, que permite ao motorista multada preencher um formulário, informando os dados, da infração, do condutor e do veículo. Com isso o sistema gera uma defesa pronta para ser impressa, e após ser assinada, o cidadão poderá enviar ao Detran. Albert Moreira, criador do site Defesa e Recursos disse a nossa reportagem que os modelos de defesa foram constituídos depois de um estudo da resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) e do direito administrativo. Ainda segundo ele, o motorista que receber a multa, deve levar a defesa gerada pelo sistema juntamente com a cópia da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e uma cópia do documento do carro ao órgão de trânsito. “A intenção do site é ajudar motoristas que não tem acesso as leis ou advogados, assessorando na sua defesa de maneira gratuita”, observa Moreira. Para acessar o sistema, visite a página, www.defesaserecursos.com.br.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário