ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Brumado: Irregularidades em Licitação pode ser um dos motivos de impeachment do Prefeito

Polícia desarticula quadrilha de receptação de caminhões furtados em Guanambi

Brumado: Em patrulhamento pelo bairro Dr. Juracy, Polícia apreende drogas

LEM: Homem é suspeito de agredir companheira e colocar fogo na casa

46ª CIPM inicia campanha contra a violência doméstica na região de Livramento de Nossa Senhora

Embasa lança Agência Virtual com diversos serviços

Auxílio de R$ 600 tira temporariamente 72% da extrema pobreza, diz ministério

Pagamento do Fies está suspenso até dezembro

Hemoba tem estoque crítico de bolsas de sangue por causa de queda nas doações

Faça seu exame de PSA no LAB

Brumado chega a 247 casos do novo coronavírus e 56 em tratamento

Cerca de meia tonelada de maconha é apreendida em Campo Formoso e Curaçá

Rui diz que cidades com aumento de casos da Covid-19 terão medidas mais duras de restrição

Tanhaçu registra primeiros casos de contaminação pelo novo coronavírus

86% das prefeituras baianas estão irregulares na transparência dos gastos com Covid-19, aponta TCM

Homem ateia fogo em residência e tira a própria vida no município de Livramento de Nossa Senhora

Brumado: Mesmo sendo na modalidade 'pregão presencial', população questiona contrato entre Câmara e casa de peças no valor de 122 mil

Pré-candidato a vereador é preso com carro de luxo roubado em Contendas do Sincorá

Brumado: Caminhão carregado com gesso perde o freio e bate em muro no bairro Olhos D'água

Bahia tem mais de 3.500 novos casos de Covid-19 em 24h


‘Rui Costa pelo amor de Deus paga o nosso dinheiro, pois já vai fazer um ano sem receber, não estou aguentando mais’, declara brumadense que trabalhava na Contrate

A brumadense Zelita Maria dos Santos está querendo receber o salário do mês de julho de 2016 (Foto: Carlos Silva | 97NEWS)

O dilema que envolveu os funcionários das empresas terceirizadas que prestavam serviços para o governo do estado, principalmente na área da educação, ainda continua tendo suas sequelas. Nesta quinta-feira (29), uma ex-funcionária da empresa Contrate, Zelita Maria dos Santos (42), foi ouvida pelo repórter Carlos Silva. Ela afirmou que “eu trabalhava na Contrate e o novo responsável lá de Caetité fez uma reunião com a gente no CEEP e garantiu que os pagamentos iam ser todos efetuados e que ninguém iria ser mandado embora” e continuou explicando que “então, diante disso, continuamos trabalhando normalmente, mas acabamos demitidas e até agora, a palavra não foi cumprida”. E subiu o tom ao afirmar que “tive que abrir uma conta no banco, sendo que, todo mês tenho que eu tenho que depositar R$ 13,00, mas como posso fazer isso se estou desempregada, então que eles paguem para nós fecharmos a conta”. E finalizou disparando que “como o governador garantiu que ninguém iria ficar sem receber, fica aqui o meu apelo, pague o meu mês de julho que já vai fazer um ano que estou sem receber. Tenho filhos para criar e eles estão passando necessidades, então fica aqui o meu pedido”. 



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário