ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Mantida indenização de R$ 3 mil a homem que se machucou em buraco na via pública

Itapetinga: Coordenadora da Vulcabrás que se auto-envenenou acidentalmente não resiste e morre

Planalto registra 2º assassinato em menos de 24 horas. Vítima foi identificada

Suposto causador da tragédia na BR-116 não tinha idade para dirigir micro-ônibus

Brumado: Polícia Civil prende condenado por tráfico de drogas

Envolvidos em sequestro de ex-prefeito de Valença são transferidos para Salvador

Domingo: Vitória e Bahia fazem primeiro grande teste da temporada

CNJ: Maioria dos integrantes do Conselho Nacional de Justiça recebeu acima do teto

Tragédia: Bebê de 1 ano e 4 meses morre afogado após cair em balde

Sorte: Apostador ganha sozinho prêmio da Mega-Sena no valor de R$104,5 milhões

Brumado: PMB convida população para audiência pública dos relatórios das `Metas Fiscais do 3° Quadrimestre de 2017´

Bahia: Escritório da Embasa contrata empresa de advocacia sem licitação por R$ 343,8 mil

Resposta à comunidade: PM realiza abordagens em busca de criminosos que cometeram assaltos em Livramento

Bahia: Bancários baianos não vão aderir a greve geral na segunda-feira (19)

Absurdo: Idosa recebe soco no rosto porque não tinha dinheiro para pagar dívida de R$ 40

Brumado: Polícia prende homem com drogas no bairro São Felix; o mesmo já tinha mandado de prisão em aberto

Mito ou Verdade? Jovem diz que engravidou com espermatozoide voador e deixa a cidade em pânico

Janaúba: Pai esquece a filha dentro de carro e menina acaba morrendo por asfixia

Lealdade: Cão fica à espera do dono morto por atropelamento na Av. Centenário

Brasil: Intervenção federal é usada pela primeira vez em mais de 30 anos no país


Brumadense, Genivaldo Portela não resiste à AVC e morre em São Paulo

Foto: Divulgação

O brumadense Genivaldo Portela (Côco), de 42 anos, acabou falecendo nesta quinta-feira (19) em razão de complicações causadas por um AVC (Acidente Vascular Cerebral) hemorrágico. Ele estava internado no Hospital Dante Pazzanese de Cardiologia, em São Paulo, desde que realizou a última cirurgia cardíaca. Côco havia realizado procedimento no dia 06 de abril deste ano, e segundo os próprios médicos ele apresentava uma considerável melhora. Mas infelizmente nesta quinta, Côco não resistiu e acabou falecendo. Genivaldo sofria com problemas cardiovasculares por causa da Doença de Chagas. A família já prepara o translado de Genivaldo para Brumado, onde será sepultado. O 97NEWS expressa os sentimentos de pesar à família enlutada. 



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário