ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Brumado: Homicídio na madrugada deste domingo (22)

Caminhão limpa fossa cai na represa de esgoto em Livramento de Nossa Senhora

Salvador: Primeira Maratona tem 3,5 mil inscritos e prefeitura quer tornar evento um dos maiores do Brasil

Apesar de fundo de R$ 1,7 bi, líderes partidários afirmam que caixa 2 continuará a existir

Conquista: Oficina sobre Desenvolvimento Social, Políticas para Mulheres e Igualdade Racial reúne 31 municípios da região Sudoeste

Proximidade das eleições de 2018 fez estados desistirem de privatizações

Está chegando a hora: Mega Estrutura da Arena Safadão começou a ser montada na manhã deste sábado (21)

Guarda Municipal de Brumado realiza a distribuição de milhares de brinquedos arrecadados na Campanha 'Doe brinquedos e ganhe sorrisos'

Jovem é morta a tiros na noite desta sexta em Poções; Vítima foi identificada

`A educação pública brasileira está sendo dilapidada´, afirma Waldenor

Justiça nega habeas corpus à empresário brumadense `Cézar de Lim´

Oito pessoas são presas em flagrante durante operação contra pedofilia em Salvador

Com Finados chegando, situação da infraestrutura do Cemitério Jardim Santa Inês é crítica; terceirização é provável

Casal de pastores é indiciado por estupros: 'Sacrifício de Abraão'

Estudantes mortos em escola serão enterrados neste sábado (21)

'Infelizmente, o candomblé continua sendo alvo de discriminação religiosa em Brumado', afirma babalorixá Dionata de Xangô

Vereadora Lia Teixeira: 'os enfermeiros da rede pública são fundamentais para o bom andamento da Saúde de Brumado'

Esgoto rompe bem debaixo de poste da Coelba no Brisa IV

Brumado: Enfermeiros da rede pública vão ao Legislativo pedir apoio dos vereadores em defesa do SUS

Goiânia: Filho de PM que sofria `Bullying´ atira em colegas dentro de escola e deixa dois mortos e feridos


Câmara adia votação do PLP 343 pela segunda vez esta semana

(Foto: Reprodução)

Após prolongada obstrução da oposição, pela segunda vez esta semana, a Câmara dos Deputados, adia a votação do Projeto de Lei Complementar 343/17, do governo Michel Temer, que cria o Regime de Recuperação Fiscal dos Estados e do Distrito Federal.Articulado pelo deputado federal Afonso Florence, a oposição defende o substitutivo, por ele apresentado, que autoriza a renegociação das dívidas sem impor arrocho salarial aos servidores, retirada de benefícios previdenciários e privatizações. A medida de Temer prevê a suspensão temporária das dívidas e das restrições da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), por até seis anos, a partir da adesão do estado a um plano de contrapartidas, entre as quais a elevação da alíquota de contribuição previdenciária de servidores de 11% para 14%, o congelamento de reajustes salariais e a restrição à realização de concursos públicos.O parlamentar lembra que já tinham derrotado o PLP 257, e eles [governo] voltam a apresentar para 343. “Em um dos três requisitos cumulativos propostos pelo Deputado Pedro Paulo (PMDB/RJ) os Estados têm que ter atingido a dívida líquida consolidada e os salários dos servidores em 70% da RCL. No nosso, basta 35%”, pontua. O substitutivo apresentado por Florence propõe que todos os outros Estados possam renegociar as suas dívidas e, se fizerem um plano de ajuste fiscal, poderão ter um rebate de até 50% nas suas mensalidades. Além disso, terão que apresentar ao Governo Central uma proposta de rigor fiscal, sem necessariamente arrochar os salários de servidores públicos estaduais, do Judiciário, do Ministério Público, da Defensoria Pública, de policiais militares, de professores e de policiais civis. “Quem defende o texto do Governo defende arrocho salarial, entrega do patrimônio público, a iniciativa privada, num momento de baixa de preços. No nosso substitutivo, os Estados serão obrigados a apresentar um plano de ajuste sem necessariamente privatizar e sem necessariamente fazer arrocho salarial”, completa Afonso.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário