ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Bahia: Segunda etapa do Mutirão de Cirurgias deve realizar dez mil procedimentos

Brumado: Empresário Gilson Dias declara apoio ao pré-candidato Tiago Amorim

APLB-SINDICATO: 66 anos de uma luz que nunca se apaga

Brumado: Família pede apoio para tratamento de Igor Carvalho que nasceu com 'ossos de cristal'

Junior Brumado é novamente convocado para Seleção Brasileira Sub-20

Após incessantes apelos dos moradores, começa a limpeza do Bairro Irmã Dulce

RotSat: contrate o rastreamento de seu veículo ou de sua frota onde você tem confiança e qualidade

Convocatória da APLB de Brumado

Brumado: Esgoto em rua de uma casa só gera questionamentos; SEINF explica

Brumado: Tiro de Guerra realizou atividades em alusão a semana do Exército Brasileiro

Tanhaçu: Homem morre atropelado por retroescavadeira

Brumado: Em tentativa de homicídio adolescente é alvejado no início da tarde desta terça-feira (24)

Coelba: Nota de esclarecimento aos moradores da zona rural de Aracatu

Brumado: Polícia Civil intensifica investigações no intuito de prender os autores do arrombamento em loja de móveis

Vulneráveis: Sites de prefeituras sofrem cada vez mais ataques cibernéticos

SEINF garante que irá resolver problemática de rua arrasada no Bairro Olhos D'água

BA-262: Caminhão com carga de eucalipto pega fogo próximo a Aracatu

Polícia Federal cumpre mandado na Câmara dos Deputados

Viralizou: Vídeo de PM em roda de capoeira durante a Micareta de Feira faz sucesso nas redes sociais

Eletroencefalograma Digital com mapeamento cerebral, no Centro Médico São Gabriel


MEC deverá definir hoje (12) o reajuste do piso salarial dos professores para 2017; projeção é de 7,5%

(Foto: Reprodução)

O Ministério da Educação (MEC) vai se reunir na manhã de hoje (12) com representantes dos estados, municípios e trabalhadores para discutir o reajuste do piso salarial dos professores de 2017. A pasta confirmou que deverá fazer o anúncio oficial do aumento do piso que, de acordo com cálculos de entidades educacionais, deverá ser de aproximadamente 7,5%. Com isso, o menor salário a ser pago a professores da educação básica da rede pública deve passar dos atuais R$ 2.135,64 para um valor entre R$ 2.285 a R$ 2.298.O piso salarial dos docentes é reajustado anualmente, seguindo aa regras da Lei 11.738/2008, a chamada Lei do Piso, que define o mínimo a ser pago a profissionais em início de carreira, com formação de nível médio e carga horária de 40 horas semanais. Pela lei, o anúncio do reajuste deve ser feito sempre em janeiro. O ajuste deste ano deverá ficar 1,2 ponto percentual acima da inflação de 2016, que fechou em 6,29%.A reunião é a primeira do ano do Fórum Permanente para Acompanhamento da Atualização Progressiva do Valor do Piso Salarial Nacional, criado em 2015 com o objetivo de discurtir formas mais sustentáveis de pagar os professores. O Fórum é composto por representantes do MEC e por entidades como o Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) e a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE).



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário