ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Morre aos 73 anos, uma das personalidades mais conhecidas de Brumado: 'Zé Borracheiro'

Quatro motoristas de aplicativos são torturados e assassinados na Bahia

Brumado: PETO apreende jovem com corrente de ouro roubada e drogas no bairro Baraúnas

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

Contendas do Sincorá: Policiais civis da 20ª Coorpin prendem falsa médica que atuava de forma ilegal na Região Sudoeste

Brumado: Idoso morre ao ser atropelado por moto no bairro São Jorge

Brumado: Golpistas usam nome de mulher que teve casa incendiada no Brisa 1 para pedir no comércio

CICOM de Brumado auxilia no resgate com casal de turistas perdidos em trilha da Chapada Diamantina

Brumado: Em visita a comunidade de Campo Seco, Fabrício Abrantes diz que vai priorizar a zona rural

Brumado: 'Nem abaixo assinado resolveu', dizem moradores do Apertado do Morro cobrando melhorias para o bairro

Brumado: Prefeitura concede alvará para início das obras da faculdade de medicina

TSE aprova normas para Eleições Municipais em 2020

Brumado: Bandido se passa por paciente, fica em fila e tenta roubar idoso

Clínica Master realizou workshop: ‘Saúde Ocupacional e o Faturamento de Sua Empresa’

Brumado: Em busca do selo Unicef, audiência pública debate o papel de meninas e mulheres como líderes

Adolescentes são suspeitos de estuprar menino de 7 anos em banheiro de escola em Vitória da Conquista


Notas falsas de R$ 50 e R$ 100 estão sendo identificadas no comercio de Brumado

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

Um empresário de Brumado do ramo de alimentação recebeu em seu comercio uma nota falsa de R$ 100, na última semana. Ele que sempre utilizou a caneta que identifica a notal falsa da verdadeira, porém no dia, devido o grande movimento não usou o teste. "Eu estava no açougue quando chegou um rapaz e pediu um energético e entregou a nota, No momento não fiz a identificação, peguei a nota e voltei o troco. Mais tarde fiz a identificação, e a nota era falsa", conta o comerciante. Ele acabou ficando com o prejuízo, e procurou a Delegacia para registrar um Boletim de Ocorrência. "A gente trabalha a vida toda, investe no comércio e esses [vagabundos] chegam e dão o golpe", relata. A reportagem do 97NEWS, esteve na Delegacia, para acompanhar o caso. Segundo o empresário, essa é a segunda vez que sua família recebe notas falsas e cobra das autoridades mais ações que possam prender os suspeitos. "Nesses últimos dias têm aparecido várias notas falsificadas nos valores de R$ 50 e R$ 100", disse. Ele ainda alertou aos colegas que analisem bem todas as notas desses valores ao receber em seu comercio, tendo em vista que as instituições financeiras não vão receber essas cédulas, e nem mesmo reembolsar os clientes que porventura forem vítimas, ao receberem essas notas falsas. “Digo aos amigos que observem bem cada nota que receber, para não serem prejudicados, pois temos observado que nesses últimos dias várias cédulas falsificadas estão circulando na praça”, conta o comerciante. A Polícia Civil abriu um inquérito para investigar se há uma quadrilha na cidade envolvida no crime, já que segundo às vítimas, os suspeitos aparentam ser de outra cidade e estão agindo em grupo.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário