ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Descartada suspeita de coronavírus em bebê de um ano internado no sul da Bahia, diz Sesab

São Paulo cria comitê de coronavírus e deve preparar leitos de hospital

Homem de 64 anos morre ao se lançar em um foguete caseiro nos Estados Unidos

Bebê de um ano é internado com suspeita de coronavírus no sul da Bahia, diz Sesab

Ator da Globo abaixa cueca e dança para foliões em Carnaval

Homem vindo da Itália para o Brasil testa positivo para coronavírus

Brumado: Motociclista fica ferido em acidente na BR-030, próximo a fábrica de cimento

Brumado: Caçador foge da PM e abandona espingarda e munições

The Voice Kids: Ituaçuense se despede do programa com muita emoção

Clínica Mais Vida - reumatologista fala sobre diagnóstico e tratamento da fibromialgia

Milhares de prefeituras podem ter seus recursos da saúde bloqueados por falta de dados no SIOPS

Feminicídio cresce na Bahia e segue tendência nacional

Cerveja é a bebida favorita de 92% dos foliões brasileiros

Rio de Contas: Carro de passeio com quatro pessoas cai em ribanceira na BA-148

Consultório Júlio Santos: Glaucoma tem tratamento?

Mega-Sena: Prêmio acumula pela 16ª vez e vai para R$ 200 milhões

PodoClin: Dicas para pular o carnaval com unhas e pés bem cuidados

Governo monitora navios na costa brasileira para evitar entrada de coronavírus

RotSat: Rastreamento de veículos ou de sua frota!


Secretário de Saúde e Prefeito são notificados pela justiça por não convocar aprovados em concurso público

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

Técnicos de enfermagem aprovados em concurso público no ano de 2017, entraram com mandado de segurança, com pedido liminar na justiça contra a Secretaria Municipal de Saúde e a Prefeitura Municipal. Segundo os candidatos, eles prestaram concurso em 24 de setembro de 2017 e foram convocados no dia 06 de fevereiro do mesmo ano para avaliação psicológica, no entanto, no dia 09 de fevereiro de 2017 foi publicado edital de suspensão da referida avaliação. Conforme os técnicos, a prefeitura realizou na mesma data do concurso, um Processo Seletivo, cujos candidatos aprovados para o mesmo cargo foram convocados. Os candidatos que até o presente momento não foram convocados, realataram ainda que o município vai de encontro com a realidade, pois segundo eles, servidores temporários estão ocupando vagas no Hospital Municipal Professor Magalhães Neto, quando na realidade deveriam ser reservadas a servidores aprovados no concurso público de 2017. Com o pedido de liminar, o município fica proibido de contratar empresas que preste serviços na área de enfermagem até posterior deliberação. A juíza Ely Christiane Esperon Lorena também determinou a suspensão do prazo de validade do concurso público para técnico em enfermagem do em Brumado. Além disso, o município foi notificado a prestar esclarecimentos sobre o assunto.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário