ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Descartada suspeita de coronavírus em bebê de um ano internado no sul da Bahia, diz Sesab

São Paulo cria comitê de coronavírus e deve preparar leitos de hospital

Homem de 64 anos morre ao se lançar em um foguete caseiro nos Estados Unidos

Bebê de um ano é internado com suspeita de coronavírus no sul da Bahia, diz Sesab

Ator da Globo abaixa cueca e dança para foliões em Carnaval

Homem vindo da Itália para o Brasil testa positivo para coronavírus

Brumado: Motociclista fica ferido em acidente na BR-030, próximo a fábrica de cimento

Brumado: Caçador foge da PM e abandona espingarda e munições

The Voice Kids: Ituaçuense se despede do programa com muita emoção

Clínica Mais Vida - reumatologista fala sobre diagnóstico e tratamento da fibromialgia

Milhares de prefeituras podem ter seus recursos da saúde bloqueados por falta de dados no SIOPS

Feminicídio cresce na Bahia e segue tendência nacional

Cerveja é a bebida favorita de 92% dos foliões brasileiros

Rio de Contas: Carro de passeio com quatro pessoas cai em ribanceira na BA-148

Consultório Júlio Santos: Glaucoma tem tratamento?

Mega-Sena: Prêmio acumula pela 16ª vez e vai para R$ 200 milhões

PodoClin: Dicas para pular o carnaval com unhas e pés bem cuidados

Governo monitora navios na costa brasileira para evitar entrada de coronavírus

RotSat: Rastreamento de veículos ou de sua frota!


Irregularidades em convênios entre Prefeituras e Ligas ameaçam Intermunicipal 2019

Foto: Composição l 97NEWS

Apesar de a competição ser amadora, é considerado o maior campeonato de futebol do Mundo. Mas o Intermunicipal pode está ameaçado, devido as práticas que são utilizadas por algumas prefeituras da Bahia. Atualmente 99% das Ligas têm convênios e recebem recursos públicos das prefeituras -- com exceção a de Brumado e outras poucas cidades que dependem da própria Liga ou de empresários --, atletas recebem salários para atuar, muitos deles com salários superiores aos pagos em clubes profissionais. E para conseguirem bancar, as Ligas Municipais recorrem às prefeituras. Os convênios entre Ligas e Prefeituras, permitem o pagamento da folha salarial das Seleções, uma prática muito antiga, mas porém, está ameaçada. Isso porque o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) mudou seu entendimento e tem considerado o modelo de convênio irregular, com base jurídica. Diversas prefeituras vêm sendo punidas pelo órgão. Na última quinta-feira (30), por exemplo, o TCM notificou a Prefeitura de Eunápolis, por um repasse de R$ 540 mil à Liga em 2015. O montante foi gasto com a Seleção que disputou o Intermunicipal naquele ano. O ex-prefeito da cidade, Demétrio Guerrieri Neto, foi multado em R$ 3 mil, além do ressarcimento, em conjunto com o ex-presidente da Liga, de R$ 297 mil aos cofres públicos, "pelo pagamento de auxílio atleta sem regulamentação legal". Na decisão, o Tribunal abriu a possibilidade de utilização do "Bolsa Atleta" para pagamentos. Porém, o benefício só é autorizado para atletas de alto rendimento, o que não é o caso dos jogadores de futebol amador. A situação já gera uma ampla discussão, e pode até atrapalhar o andamento do maior campeonato de futebol do Mundo.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário