ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Número de mortos pelo coronavírus foi maior do que o esperado para 63% dos baianos

Brumado: Servidores públicos que pertencem ao grupo de risco serão afastados durante a pandemia

34ª CIPM: 31 policiais testam negativo para o coronavírus após colega contrair o vírus

Veja o número de casos e mortes por coronavírus no Brasil e na Bahia

Macaúbas: Paciente com Covid-19 morre após traumatismo craniano

Brumado registra 40 casos de Coronavírus e 25 pacientes estão com o vírus ativo

Brumado: Mais um profissional de saúde do hospital municipal testa positivo para o novo coronavírus

Brumado: Pré-candidato a prefeito Alessandro Lobo é condenado a 8 anos de inelegibilidade por abuso de poder econômico

Brumado: Câmara aprova requerimento 05/2020 que prevê a devolução de quase R$ 800 mil ao Executivo

Brumado: Enfermeira da UTI testa positivo para Covid-19

Funcionários da Assembleia Legislativa da Bahia testam positivo para Covid-1

Brumado: 'Cuidem de nossas famílias' cobra diretor da CDL ao destacar relaxamento da população no combate a Covid-19

Mortes por Covid-19 no Brasil dobram em 16 dias, chegando a 30 mil

Brumado: Número de casos da dengue chega a 294; 13 possuem sintomas grave da doença

Otorrino da Clínica Mais Vida chama a atenção para a essencial importância do uso da máscara

Brumado: Mulher de 40 anos que estava internada na Central de Atendimento a Covid-19 não resiste e vem a óbito

Servidores da Secretaria de Saúde de Brumado são monitorados após apresentarem sintomas de Covid-19, diz Sesau

Decreto que suspende aulas e eventos na Bahia é prorrogado até 21 de junho

Brumado: Fabrício Abrantes e Move Mulher querem retorno dos seis meses Licença Maternidade e a inclusão das mães adotivas

Brumado: Policial Militar testa positivo para Covid-19 e 34ª CIPM será monitorada


ANTT realiza operação de combate ao transporte clandestino de passageiros na Região Sudoeste

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

A fim de combater o transporte clandestino realizado na região Sudoeste da Bahia, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), em parceria com a Polícia Militar, realizou operação integrada em rodovias da região. A ação, que teve início na última segunda-feira (21), tem como foco veículos oriundos de cidades da microrregião. Segundo o corrdenador da ANTT, Carlos Santos, o objetivo da operação é coibir essa atividade irregular que coloca em risco a vida dos usuários que utilizam esse tipo de transporte. "Muitas vezes esses veículos trafegam nas rodovias sem as mínimas condições de segurança, em mal estado de conservação e com condutores inabilitados”, disse ao site Sudoeste Bahia. Ainda segundo o Carlos, passagens por valores inferiores ao que é praticado pelo sistema regular de transporte urbano ou interestadual é o principal atrativo para os passageiros. "Esses preços são mais baixos devido à falta de compromisso dos infratores com questões regulamentadas, tais como inspeção veicular prévia, antecedência criminal dos motoristas, itens e equipamentos obrigatórios e, principalmente, a não observância aos direitos dos usuários”. O valor da autuação para quem for flagrado realizando o transporte clandestino é de R$ 6.744,48, bem como aplicada a medida administrativa de apreensão dos veículos por no mínimo 3 dias, 72 horas em pátio credenciado da ANTT, além de responder pelo Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) lavrado pelos policiais do BPTRAN e BPRv. 



Comentários

  • Genilson Pereira

    "O que precisaria era uma operação geral, completa em todos os sentidos. Quantas vezes vimos os veículos da Viação Novo Horizonte pela cidade em péssimas condições de viagens e ninguém ver isso? Pode até ver, mas NÃO TEM CORAGEM de fazer NADA, porque quem fala mais alto é quem tem dinheiro e poder. Esse tipo de operação tem que ser semestralmente, não pode ser ali uma vez e só, e fingem que esqueceu. Eles levam vidas humanas, não são simplesmente passageiros de uma empresa de ônibus. São poucos os empresários do ramo que se importa com esta questão, exemplo contrário ao empresário desta empresa que roda a anos aí na cidade, que não ver melhoria alguma. "

Deixe seu comentário