ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Carreta de empresa brumadense carregada com cimento tomba na região de Caetité

Menina de sete anos morre após ser atingida por caixa de som em festa

Brumado: Agentes de trânsito e populares salvam criança de 5 anos esquecida em carro no estacionamento do Mercado

Parceria entre TCE e Abin visa apurar irregularidades com recurso público na Bahia

Brumado: Prefeitura realiza assinatura da ordem de serviços para modernização do Campo da Vila Presidente Vargas no valor de R$ 250 mil

Brumado: Moradora denuncia lixo jogado fora de horário por vizinhos no bairro Santa Tereza

Clínica Master: Ecocardiograma

Brumado: Homem passa mal no Mercado Municipal após beber cachaça e morre

Em defesa da democracia e contra a reforma da previdência, Waldenor e Zé Raimundo realizam Plenária em Vitória da Conquista

Brumado: Agricultores brumadenses buscam cada vez mais o recurso 'usucapião'

Brumado: Projeto Cineclube abre caminhos para alunos aprenderem sobre produção audiovisual

Bahia: Pró-semiárido promove capacitação em associativismo na cidade de Umburanas

Ministério Público baiano pede remoção de vídeos com Desafio do Momo que ensina crianças a suicidarem

Bahia: Adutora rompe e quatro casas são atingidas por 'mar de lama'

Adolescente é resgatado por PMs pouco antes de ser morto por suspeitos de tráfico

Falso médico é preso por usar nome de profissional verdadeiro na Bahia

Brumado: Casal fica ferido após colisão entre carro e moto na Av. João Paulo I

Brumado: Pino de segurança de peça hidráulica se solta de caminhão da EPCL e destrói carro no centro

Carro capota após motorista desviar de buraco na Av. Cleóbulo Meira, em Brumado

Embasa liderou ranking de reclamações dos consumidores em 2018 na Bahia


Brumado: Em triste coincidência, gari que se feriu com caco de vidro agora foi atingido por agulha de seringa; ele correu risco de infecção

A agulha de cerca de dez centímetros perfurou a perna do gari que precisou de tratamento médico especial (Fotos: 97NEWS)

A negligência da população de Brumado em relação à seleção do lixo que é colocado para fora das residências para a respectiva coleta atingiu desta feita um grau muito preocupante, que coloca as autoridades e as empresas responsáveis pela limpeza pública em alerta, para que, no mínimo, uma grande campanha de conscientização seja veiculada para tentar reverter esse quadro. Em apenas 23 dias, o ano de 2019 já registrou dois acidentes dessa natureza, sendo o primeiro no dia 07 e o segundo nesta quarta-feira (23). A grande coincidência é que o mesmo gari foi vítima dos dois episódios, sendo que, o de ontem foi de maior gravidade, já que ele foi atingido por uma agulha que causou ferimentos e sangramento. Diante disso, o 97NEWS entrou em contato com o gari Alexandre França Alves (38), o qual confirmou o fato dizendo “estávamos fazendo a coleta na Rua Visconde de Ouro Preto, quando fui pegar o lixo de uma residência e, de repente, senti uma agulhada e quando fui ver era uma seringa que estava sem a devida proteção”. Questionado se o lixo poderia ser de alguma empresa médica ele respondeu que “não, era de uma residência”.

A forma correta de se fazer o descarte das seringas (Arte: 97NEWS)

Então, o incidente é grave, pois seringas são materiais que entram na qualificação de lixo hospitalar e deveriam ter um descarte especial, diferenciado da coleta normal, já que envolve sangues e pode ser um risco muito alto de se contrair infecções graves, dependendo do caso, então elas deveriam primeiramente ser devidamente acondicionadas em garrafas pet e, em seguida, serem levadas à unidade de saúde mais próxima, como no gráfico acima. Alexandre relatou que, devido ao ferimento, ele foi para Vitória da Conquista receber o devido tratamento, inclusive com a ministração de medicamentos caros, já que existia mesmo o risco de infecções. Ele, que está se recuperando em casa, aproveitou para reiterar o alerta à população para que ao fazer o descarte das seringas e materiais cortantes, que o façam dentro de uma garrafa pet, que é um processo bem simples e que evita acidentes como esse. Fica aqui então o alerta à toda a população brumadense para que se tomem as medidas nesse sentido, pois a integridade física e, por que não dizer, a vida dos garis corri riscos se não houver essa mudança de postura ao se colocar o lixo das residências para a coleta.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário