ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Orthodontic Center abre vaga para promotor de vendas em Brumado

Brumado: Ator dos filmes, 'Tropa de Elite 2' e 'Sertânia' apresentará monólogo premiado nesta terça (26) na cidade

VLI e Prefeitura de Brumado se reúnem para alinhamento de ações

Estudantes da rede estadual de Aracatu apresentam projeto sobre meio ambiente em Salvador

Últimos preparativos para o São Pedro dos Olhos D'Água

‘Aqui tem muito assalto e imagina agora sem luz’, relatam moradores da Rua Vereador Paulo Chaves

Mecânico brumadense cai em golpe aplicado por estelionatário; prejuízo foi de R$ 45mil

Solidariedade: Promoter se sensibiliza e realiza sonho de menino de ter uma bicicleta

Reumatologia é no Centro Médico São Gabriel com Dr. José Alberto Simões

Barbaridade: Homem é encontrado morto com pés e as mãos decepados em Guanambi; ex-mulher é suspeita de participação no crime

Programa de TV faz leitura labial em Neymar e revela show de xingamentos

Brumado: Caso suspeito de H1N1; paciente está internado na UTI do HMPMN em estado grave

Fonoaudiologia na Clínica Master com Drª Marcela Cássia

Copa da Rússia: Decisão do líder do Grupo A e definição do Grupo B

Rui Costa reúne ‘conselho político’ para apresentar chapa; anuncio não passa dessa semana, apostam aliados

Ministro do STF homologa duas delações fechadas pela PF; casos estão em sigilo

97NEWS deseja a todos um Feliz São João

Irresistível: As delícias do São João com uma qualidade inigualável você só encontra na Padaria Divina

A síndrome metabólica e o sedentarismo

'Fui traída por todos eles', afirmou Deborah Secco sobre polêmica envolvendo ex-namorados


Amor & Veneno: Baiana mata namorados envenenados com chumbinho

Mulher foi presa em Itabuna suspeita de matar dois namorados envenenados no período de oito meses (Foto: Divulgação/Policia Civil)

A mulher que foi presa na tarde de segunda-feira (11), em Itabuna, no sul da Bahia, suspeita de matar dois namorados envenenados, no período de oito meses, teria dado chumbinho a um deles dentro de um hospital quando ficou sabendo que a vítima teria alta médica depois de ser intoxicado pela primeira vez por ela. De acordo com a polícia, Wane Brenda Oliveira utilizou chumbinho para matar dois parceiros assim que descobriu que eles tinham intenção de terminar o relacionamento com ela. As investigações apontam que as vítimas namoraram com Wane em 2017. A mulher negou os crimes, mas foi levada para o presídio da cidade. Uma das vítimas foi Evandro Bonfim de Souza, de 40 anos. Ele foi o segundo a ser morto envenenado por Wane. Após ser envenenado pela primeira vez por ela, Evandro ficou internado por cerca de nove dias e e quando deveria receber alta médica, teve uma parada cardíaca. Brenda, segundo a polícia, esteve o tempo todo o acompanhando na unidade médica e por isso foi levantada a suspeita de que ele tenha sido envenenado pela segunda vez. "O médico realmente suspeitou contando com o resíduo gástrico, o retorno que veio da sonda nasogástrica. Realmente, estava um aspecto parecendo chumbinho. E quando subiu para o CTI, depois de alguns dias, eu insisti em fazer um [exame] toxicológico de urina. Então eu queria que realmente fosse desvendado mesmo. E a suspeita veio dela, porque da primeira vez ele estava com ela e da segunda vez ela estava com ele. É uma pessoa má, perversa", disse a irmã de Evandro, Eumara Bonfim.

Evandro Bonfim (à direita) teria sido envenenado duas vezes pela mulher; Edvaldo Araújo Alves (à esqueda) também foi morto com chumbinho. (Foto: Reprodução/Redes Sociais)


Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário