ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Prefeitura de Brumado realizou mutirão de combate a criadouros do Aedes aegypti

Brumado: Homem é preso em flagrante por ameaçar de morte ex-companheira

Brumado: Projeto de Lei do Executivo que aumenta o IPTU deve criar nova polêmica no fechamento das cortinas políticas em 2018

Homem é preso por cultivar pés de maconha em casa em Livramento de Nossa Senhora

BA-262: Jovem morre em grave acidente próximo a Coaraci

Delegados desistem de entregar cargos e aguardam negociações com o governador Rui

Prêmio da Mega-Sena acumula e deve chegar a R$ 48 milhões

Caetité: Homem fica ferido após colidir em traseira de caminhão na BR-030

Casos de câncer infantojuvenil aumentam 30% na Bahia em dez anos

Café da Manhã: Uma variedade de delícias com uma qualidade inigualável você só encontra na Padaria Divina

Eduardo Bolsonaro quer implantar pena de morte para crimes hediondos e traficantes

Barra do Choça: Grave acidente na tarde deste sábado (15)

Homem invade quartel da PM, esfaqueia sargento e é baleado por soldado

Possível ponto de venda de entorpecentes na Vila Presidente Vargas é objeto de ação policial

Brumado: Abastecimento de água será interrompido na terça-feira (18)

Milagres: Carga de cigarros avaliada em quase R$ 3 milhões é apreendida

Conquistense está entre as vítimas que foram abusadas por 'João de Deus'; MP-GO pediu prisão do médium

‘Governo parece que ficou com raiva da Educação’, diz sindicalista após projeto de corte

Brumado: Eleita a nova mesa diretora do Poder Legislativo para o biênio 2019/2020

Livramento: Tio é esfaqueado pelo sobrinho após forte discussão


Youtuber Whindersson ajuda fã com Paralisia Cerebral e caso acaba na Justiça

Foto: Reprodução

Conhecido como um dos maiores youtubers do Brasil, Whindersson Nunes atrai a cada vez mais fãs por todo o Mundo. Mas o youtuber está tendo uma dor de cabeça enorme com uma boa ação praticada por ele que acabou indo para a esfera da Justiça. Em fevereiro do ano passado, Whindersson se comoveu com o comentário de um seguidor: o estudante gaúcho André Nachtigall, diagnosticado com paralisia cerebral, pedia ajuda para adquirir um triciclo adaptado para poder frequentar as aulas na faculdade. O comediante prometeu ajudar na compra do veículo e o fez. Whindersson transferiu o valor e a Honda, ao tomar conhecimento do caso, também doou o valor relacionado à moto, o triciclo é feito em cima de uma moto. Ao todo, foram doados cerca de R$ 25 mil. No entanto, o dono da empresa responsável não fabricou a peça. André levou o caso à Justiça e duas audiências já foram realizadas, mas até agora, não houve acordo. Segundo o estudante, o empresário que faria o veículo adaptado mora em Ananindeua, no Pará, e foi escolhido por ser considerado o único no país que faz a documentação para triciclo. Por sua vez, o proprietária da empresa responsável afirma: “Não somos bandidos, simplesmente, não tenho condições de devolver. Estamos atravessando por uma dificuldade, como qualquer microempresa que foi afetada pelo maldito governo”. A empresa também diz não poder fixar um prazo para a entrega. Diagnosticado no nascimento com a doença, Nachtigall é morador da cidade de Pelotas, no Rio Grande do Sul, e estudante de engenharia da computação na Universidade Federal de Pelotas. Ele conta com a ajuda da mãe para realizar a locomoção diariamente, mas que, devido à sobrecarga e ao conflito de horários, decidiu buscar outras alternativas. No entanto, o jovem continua na mesma situação. Nachtigall afirma que Whindersson chegou a oferecer outro triciclo, mas ele não aceitou.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário