ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Prefeitura de Brumado implantará processo eletrônico 'Regin' para abertura de empresas

Brumado: Continua a limpeza no pátio da 20ª Coorpin, veículos são levados para a 18ª Ciretran

Brumado: Superintendente da SMTT diz que responsabilidade de sinalização semafórica de 'Passagem em Nível' é da FCA

Brumado: Vende-se casa com piscina e área de lazer

Banco do Brasil vai contratar adolescentes para auxiliarem como jovem aprendiz em Brumado

Pai é acusado de sequestrar filha de 11 meses após fim de relacionamento com a ex-mulher

Reunião entre CDL e SMTT discutem sobre atual situação do trânsito e mobilidade em Brumado

Brumado: Unicorp realizou curso de mediação e conciliação em parceria com o Cejusc

Exames detectam alumínio no sangue de três bombeiros de Brumadinho

Jovem denuncia padrasto por tortura e estupro contra ela e a mãe

Bahia: STJ decide quem julga superlotação de presos em delegacias

Principais fraudes sofridas por micro e pequenas empresas envolvem cheques e cartões falsos

Clínica Master: Endocrinologia você encontra aqui

Comerciários de Brumado, Poções e Livramento autorizam o desconto em folha da contribuição sindical urbana

Inusitado: Médico agride mulher em trabalho de parto no Amazonas

Criança de 3 anos atropelada na zona rural de Brumado morre no Hospital Geral em Vitória da Conquista

Brumado: Trabalhadores em educação realizam ato de protesto em frente ao INSS contra a Reforma da Previdência

Durante assalto vítima fica nua para provar a bandido que nao tem mais dinheiro

Idoso morre após ter membros amputados por ataque de pit bulls

Locutor xinga Pabllo Vittar e diz que artista 'não tem música de sucesso'; fãs relatam boicote


Sherlock: Habilitação em Detetive Particular já pode ser feita no país

(Imagem Ilustrativa)

Está sendo lançado para todo o país o curso de tecnólogo em Investigação Profissional, habilitação para Detetive Particular,  inédito no Brasil, com duração de dois anos, na modalidade a distância. A profissão foi reconhecida pelo Governo Federal em abril de 2017, por meio da Lei 13.432/2017. Após a regulamentação, o detetive particular pode acompanhar investigações policiais, desde que o acompanhamento seja autorizado pelo contratante e também tenha o aval do delegado de polícia. “Para isso, é necessário um profissional que tenha habilidades para planejar, estruturar, analisar e sintetizar as informações colhidas e sistematizá-las em relatório”, explica Jorge Bernardi, vice-reitor da Uninter e idealizador do curso. O profissional poderá atuar em situações como localização de pessoas desaparecidas, investigação de crime, roubos cibernéticos, violações de direitos e contraespionagem, desde que contratado pelo interessado. Poderá também trabalhar em empresas de segurança e participar de concursos públicos que exijam formação nas áreas dos diversos órgãos da Policia Militar, Civil e Federal. A estrutura curricular é dividida nas áreas de: Investigação e Inteligência, Polícia Científica: Prova e Local do Crime, Segurança e Proteção, Criminologia e Tecnologia Aplicada à Investigação. A graduação aproximará o estudante de novos métodos, técnicas e recursos tecnológicos. “Além dos livros, fornecemos gratuitamente um kit de investigação profissional, com instrumentos como aparelhos de gravação de vídeo e áudio, entre outros”, detalha Bernardi.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário