ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Brumadense suspeito de tentativa de homicídio tem prisão preventiva decretada; ele também poderá responder por falsidade ideológica

Um Coração saudável é um coração feliz, 14 de Agosto dia do Cardiologista

Mistério: Pró-reitor do Ifba é encontrado morto dentro de seu apartamento

Farejador: Durante viagem, policial sente cheiro suspeito e apreende 13 kg de maconha

São Paulo: Jovem leva facadas no rosto e se finge de morta para escapar de namorado, que se suicidou

RotSat: Contrate o rastreamento de seu veículo ou de sua frota onde você tem confiança e qualidade

Rosa Weber assume presidência do TSE nesta terça

Guajeru: Polícia frustra tentativa de feminicídio; 5 armas foram apreendidas

Asfaltamento de estrada entre Itambé e o Tomba/Ribeirão do Largo deve começar dentro de 30 dias

Clidemar Amorim declara apoio a Luciano Ribeiro

Brumado: Congresso das Testemunhas de Jeová reuniu centenas de pessoas da microrregião

Sua moeda de 1 real comemorativa, pode valer ate 700 reais, fique ligado e saiba os valores

Brumado: Feminicídios são considerados como casos esporádicos pela Polícia Civil

Caetiteense que passa por tratamento quimioterápico em Salvador, tem sonho realizado por policiais militares em seu aniversário

‘A galinha da macumba incomoda muito mais do que milhares de jovens negros mortos’, afirma Doutor em Direito Hédio da Silva Jr.

Brumado: Começam os exames feitos por meio da ‘Carreta Mamamóvel’

Caetité: Presidentes de empresas chinesas avaliam obras da Ferrovia Oeste-Leste e exploração de mina de ferro

Projeto quer agilizar medidas protetivas para vítimas de violência

Brumado: Volta à cena o risco de se contrair raiva por meio do consumo de carne e leite clandestinos

Jaques Wagner receberá R$ 1,3 milhão do PT para campanha ao Senado


Operação Cartão Vermelho: Casa de Jaques Wagner é alvo da investigação da PF

Ex-governador Jaques Wagner (Foto: Luciano Santos | 97NEWS)

A Operação Cartão Vermelho, deflagrada pela Polícia Federal na manhã desta sexta-feira (26), cumpre mandado na casa do ex-governador Jaques Wagner, gestor na época da demolição da antiga Fonte Nova, alvo da ação. Segundo informações da Polícia Federal, os mandados foram expedidos pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região e estão sendo cumpridos em órgãos públicos, empresas e endereços residenciais dos envolvidos em um esquema que envolve os crimes de fraude a licitação, superfaturamento, desvio de verbas públicas, corrupção e lavagem de dinheiro. De acordo com a apuração da operação, batizada de Cartão Vermelho, a licitação que culminou com a Parceria Público Privada nº 02/2010 foi direcionada para beneficiar o consórcio Fonte Nova Participações (FNP), composto pelas empresas Odebrecht e OAS. De acordo com laudo pericial, a obra foi superfaturada em valores que podem chegar a mais R$ 450 milhões de reais após correção, sendo grande parte desviado para o pagamento de propina e o financiamento de campanhas eleitorais.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário