ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Brumado Sunset: Virada de preço vai acontecer hoje à meia-noite; corra e garanta já o seu ingresso

SindComerciários: Horários especiais de funcionamento das lojas

Dermatologia e medicina estética na Clínica Master com Drª. Stephane Spínola

Ações trabalhistas caem quase 70% com indefinições sobre nova legislação

Tragédia em Belo Campo: Identificada mulher que morreu eletrocutada ao tocar em varal

Lula e Ciro fazem acordo para 2018

Caculé: Trágico acidente tira a vida de jovem de apenas 22 anos; amigos e familiares estão abalados

Morre aos 98 anos a atriz Eva Todor

Convenção do PSDB tem confusão e até cadeiras voando

Conquista: Fogo atinge casa no bairro Brasil; ninguém se feriu

E agora? Exército destitui general de cargo por ter criticado Temer

'Acontece de tudo': Jatinho do cantor Leonardo atola em pista do aeroporto de Barreiras

Comitê do Contas toma nova deliberação sobre irrigação do agronegócio em Piatã

De goleada: Bellintani vence as eleições e é o novo presidente do Bahia

SindComerciários: Poções e Região também abraçou a Campanha Salarial 2017/2018

Repórteres, ouçam o que estão falando alto nas mesas dos botecos

Estação Noel abre suas portas no Arquivo Histórico Municipal Memória de Brumado

Polêmica: Filho de Bolsonaro critica professora da Uesb que 'simulou sexo' com camisinha

Rui eleva tom e dispara contra opositores: 'menininhos ricos, mimados e que só vivem no luxo'

Sócios definem neste sábado futuro presidente e Conselho Deliberativo do Bahia


Brumado: Desordem estrutural prejudica mobilidade urbana

Rua Cassimiro P. Azevedo, Centro, próximo a praça dos Meira (Foto: Luciano Santos | 97NEWS)

A frase "quem planeja tem futuro, quem não planeja tem destino" é aplicada por muitos políticos, inclusive era uma das favoritas do atual prefeito de Brumado, o engenheiro Eduardo Vasconcelos (PSB) que desde o início de sua primeira gestão em 2005 ergueu a bandeira da acessibilidade, já que o defícit nesse sentido era muito alto. Passados 12 anos, apesar da insistência verbal, muito pouco foi feito para reverter a situação, já que, num rápido passeio pelas ruas da cidade fica claro o grande sofrimento porque passam os cadeirantes, que, muitas vezes, têm que disputar o espaço com os veículos na via pública, o que não deixa de ser um risco considerável.

Rua João 23, Bairro das Flores (Foto: Luciano Santos)

O planejamento para o desenvolvimento urbano não foi pensado pelos antigos gestores, que deixaram a cidade crescer de forma desordenada, o que provocou alguns gargalos estruturais que se tornaram grandes desafios para os governantes, pois existem algumas ruas que já estariam totalmente fora da sincronia viária moderna, além das calçadas, que, em alguns pontos chegam próximo da aberração, impedindo até que os cidadãos em perfeito estado físico possam ter um dos seus direitos mais elementares de ir e vir. 

Av. Antônio Mourão Guimarães bem no centro da cidade (Foto: Luciano Santos | 97NEWS)

Entulhos e materias de obras muitas vezes também ficam no meio do caminho, prejudicando a locomocação dos pedestres e até dos veículos. A equipe do 97NEWS em um rápido tour pela cidade encontrou alguns pontos que exprimem com exatidão essa situação deficitária, que prejudica severamente a mobilidade urbana. A grande questão é que, como são casos históricos, nenhum gestor partiu realmente para o enfrentamento para mudar esse quadro, o que cria um aspecto de atraso para uma cidade que poderia estar estabelecida como um grande polo regional. 



Comentários

  • OSINEI MARCELO

    "Sobre esta aberração na rua Cassimiro P azevedo, até os próprios vizinhos já reclamaram mas os donos do estabelecimento fazem ouvido de porta e não ligam. Onde está o poder público para agir corretamente em casos como este? Na hora de cobrar taxa de luz e IPTU não precisa ir procurar que eles mandam entregar na porta de casa. "

Deixe seu comentário