ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Brumado: Empresário Gilson Dias declara apoio ao pré-candidato Tiago Amorim

APLB-SINDICATO: 66 anos de uma luz que nunca se apaga

Brumado: Família pede apoio para tratamento de Igor Carvalho que nasceu com 'ossos de cristal'

Junior Brumado é novamente convocado para Seleção Brasileira Sub-20

Após incessantes apelos dos moradores, começa a limpeza do Bairro Irmã Dulce

RotSat: contrate o rastreamento de seu veículo ou de sua frota onde você tem confiança e qualidade

Convocatória da APLB de Brumado

Brumado: Esgoto em rua de uma casa só gera questionamentos; SEINF explica

Brumado: Tiro de Guerra realizou atividades em alusão a semana do Exército Brasileiro

Tanhaçu: Homem morre atropelado por retroescavadeira

Brumado: Em tentativa de homicídio adolescente é alvejado no início da tarde desta terça-feira (24)

Coelba: Nota de esclarecimento aos moradores da zona rural de Aracatu

Brumado: Polícia Civil intensifica investigações no intuito de prender os autores do arrombamento em loja de móveis

Vulneráveis: Sites de prefeituras sofrem cada vez mais ataques cibernéticos

SEINF garante que irá resolver problemática de rua arrasada no Bairro Olhos D'água

BA-262: Caminhão com carga de eucalipto pega fogo próximo a Aracatu

Polícia Federal cumpre mandado na Câmara dos Deputados

Viralizou: Vídeo de PM em roda de capoeira durante a Micareta de Feira faz sucesso nas redes sociais

Eletroencefalograma Digital com mapeamento cerebral, no Centro Médico São Gabriel

Brumado: No dia do aniversário da mãe, adolescente é assaltado e tem arma apontada na cabeça por bandido


Chapada: Região registra surto de esquistossomose; Menina perdeu movimentos após banho

Além da garota, um grupo de 32 turistas mineiros também contraíram a doença, após tomarem banho no mesmo local, que já foi interditado pela Secretaria de Saúde de Lençóis (Foto: Reprodução)

Uma menina de nove anos está sem conseguir andar após contrair esquistossomose, depois de tomar banho de rio em Lençóis, na Chapada Diamantina, na Bahia. A criança, que é da cidade de Itaberaba, visitou a região com a família em janeiro desse ano e, somente em abril, começou a apresentar os sintomas da doença. Os parentes dizem que só desconfiaram que a menina estava com a doença depois de verem uma reportagem sobre 32 turistas mineiros que também contraíram esquistossomose após um passeio na Chapada. Os turistas tomaram banho em um ponto turístico conhecido como Poção, que fica dentro de uma fazenda particular. A menina de 9 anos também passou pelo local com os parentes. A área foi interditada após os visitantes mineiros serem diagnosticados com a doença. Ainda conforme os familiares, dois irmãos da criança também foram contaminados, mas não manifestaram a doença. Os pais aguardam resultados de exames para saber se também foram infectados. Além do Poção, dois locais utilizados por moradores da cidade baiana de Lençóis para banho foram interditados após uma análise detectar presença de caramujos infectados com esquistossomose na água. Os dois locais de banho interditados agora foram o “Poço Verde” e o “Banho da Ponte”, que fica às margens da BR-242. Segundo a secretária de Turismo da cidade, Lilian Andrade, esses locais estão no leito do Rio Santo Antônio, assim como o “Poção”, e por isso todos foram fechados. Os turistas mineiros infectados, que são praticantes de trilhas com bicicletas, só descobriram a doença dois meses após o passeio na Bahia.

 

“O Rio Santo Antônio recebe dejetos de comunidades ribeirinhas e foram detectados presença de caramujos contaminados nesses três pontos. A vistoria foi realizada pela Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab) e pela Vigilância Epidemiológica do município. Fizemos a coleta na colha do rio e detectamos o problema”, destacou, em contato com o G1 nesta quarta-feira (21). A secretária disse que o “Poço Verde” e o “Banho da Ponte” não são locais turísticos e que são utilizados para banho somente pela população local. O Poção, por sua vez, que fica localizado dentro de uma fazenda particular do município, foi aberto por um período de três meses como atrativo turístico, mas fechado logo depois de os turistas mineiros serem detectados com a doença. “Logo quando começou a circular as informações sobre a suspeita da doença nos turistas, o proprietário [da fazenda] fechou e continua fechado até hoje”, disse a secretária. Lilian Andrade disse que ainda não há uma previsão de quando os locais serão liberados. “Isso é imprevisível, porque, para se ter uma certeza, é preciso uma ação do poder público, não só em nível municipal, como estadual e federal. Falta saneamento básico”, destaca. A prefeitura informou que está tomando providências para realizar uma campanha de prevenção junto à população, incluindo as escolas do município e agentes de turismo local. A médica infectologista Letícia de Mello Mota, que realizou o tratamento de alguns dos turistas infectados, diz que a esquistossomose é adquirida mediante o contato com águas contaminadas com ovos do Schistosoma e a presença do caramujo, onde o parasita passa uma parte do desenvolvimento dele e tem a sua maturação para a forma larval denominada cercaria. A especialista diz que, após o diagnóstico da doença, é preciso fazer um monitoramento com os pacientes até que seja eliminada a possibilidade de liberação desse óvulos pelas vítimas da doença.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário