ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Em nova ação em prol da zona rural de Brumado, Zé Carlos de Jonas participa de cerimônia junto com o governador Rui Costa

Brumado: Mais uma obra da Embasa atrapalha o desenvolvimento urbano da cidade

Deputado Daniel Almeida garante recursos para o São Pedro dos Olhos d’Água

Brumado: Prefeitura antecipa 50% do 13º salário dos servidores para o dia 20 de junho

Donos de lotéricas cobram o fim de impasse entre a Caixa Econômica e Coelba; empresários pedem a população para acionar o Ministério Público

Alternativa FM em Luto: Faleceu na noite desta segunda-feira a 'Dona Neuza' mãe do secretário Ivan Oliveira

Salvador: Policial é preso por negociar armas com suspeitos de tráfico

Equivocados: Brasil tem a 2ª população mais fora da realidade do mundo

Crea realiza da Caravana BIM em Brumado e mais 16 cidades da Bahia

Comandante da PM não confirma que mortes em Feira tenham relação com homicídio de policial

Salvador: Homem é preso em flagrante acusado de espionar mulheres em banheiro de igreja

Forró do Sítio Novo 2018: Valeu Brumado!

Agricultores de Palmas de Monte Alto recebem trator agrícola

‘Sertânia’: Filme que retrata o cangaço está sendo rodado em Brumado

RotSat: Contrate o rastreamento de seu veículo ou de sua frota onde você tem confiança e qualidade

Brumado: Coelba vai autorizar novos postos de pagamento para conta de luz; transtornos continuam

Brumadense é preso transportando cocaína na BR-030, próximo a Caetité

Fonoaudiologia na Clínica Master com Drª Marcela Cássia

Conquista: Lojistas protestam contra feira de negócios

Mega-Sena acumula e pode premiar R$ 35 milhões na próxima quarta


Correios suspendem serviço de e-Sedex a partir de hoje (19)

(Foto: Reprodução)

Os Correios vão encerrar, a partir desta segunda-feira, o e-Sedex, serviço de encomenda expressa para produtos comprados pela internet. Em nota, a estatal informou que a mudança faz parte da nova política comercial da empresa e que novas postagens de encomendas deverão ser realizadas por Sedex tradicional ou PAC. O fim do e-Sedex estava previsto desde o fim de 2016, mas uma ação movida pela Associação Brasileira de Franquias Postais (Abrapost) acabou postergando esse término. Na época, os Correios alegavam que a extinção da modalidade era uma forma de conter a crise e reduzir custos internos de operação, visto que o e-Sedex trabalhava com logística e prazos menores de Sedex, mas com preço de encomendas comuns - com entrega mais demorada. "Além desses serviços (PAC e Sedex), os Correios possuem parcerias com os maiores marketplaces do país e prosseguem com a implantação do novo serviço Correios Log - Comércio Eletrônico, também conhecido como e-Fulfillment, que possibilita à loja virtual ter toda a sua operação de armazenamento, preparação de pedido, postagem e logística completamente realizada pelos Correios, com otimizações operacionais e de custos para os clientes", disseram os Correios em nota. Segundo a Abrapost, o e-Sedex representa 30% do faturamento das lojas franqueadas. Quando recorreu à Justiça, a Abrapost alegava que o custo maior para enviar encomendas agora deverá ser repassado ao consumidor. Há ainda o risco, teme a Abrapost, de os consumidores optarem por outras empresas de entrega, concorrentes dos Correios. O e-Sedex era restrito a algumas cidades e tinha limite de peso para objetos postados - de até 15 quilos.


 



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário