ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Brumado: Iniciada a vistoria dos veículos que atuam no Transporte Escolar do município

Caculé: oposição e deputados buscam ampliação da oferta de água para a cidade

Sertanejo de Raiz: Dupla Nadim e Beira-Rio participa de programa na 97FM

Globocop cai na orla da Zona Sul do Recife e deixa dois mortos

Conquista: Em protesto a favor de Lula, integrantes do MST fecham a BR-116; idoso falece durante a manifestação

Sorteio Eletrônico para o ano letivo de 2018 na Rede Municipal de Ensino acontece em clima de tranquilidade

Sorteio eletrônico das vagas para o ano letivo de 2018 terá somente a participação do MP, educadores, conselhos e imprensa; secretária explica os motivos

Inscrições para o Sisu começam nesta terça-feira (23)

Engenheiro civil de Mucugê sofre acidente de carro entre os municípios de Brumado e Sussuarana

Vitória negocia retorno do zagueiro Victor Ramos

Começou a matrícula de estudantes do Ensino Médio que desejam ingressar na rede estadual

Adolescência agora vai até os 24 anos de idade, e não só até os 19, defendem cientistas

Obrigado Brumado! Verão Vip 2018 foi um sucesso

‘Existe claramente uma perseguição política a Lula’, afirma presidente do PT de Brumado

Brumado: Sorteio eletrônico das vagas para o período letivo de 2018 acontecerá nesta terça-feira (23)

Brumado: Vende-se casa com piscina e área de lazer

Ibiassucê: Ginásio de esportes paralisado há anos é concluído com apoio de Waldenor e Zé Raimundo

Brumado: Creche do bairro São José será construída com recursos federais e apoio do município; obra está orçada em mais de R$ 1 milhão

Brumado: Serviço de Internação Domiciliar é implantado no município

Livramento: Advogado acusa PM de agressão com soco no rosto



BUSCA PELA CATEGORIA "Polícia"

Cipe-Chapada é homenageada pelo governador e comandante regional da Chapada Diamantina

A placa de homenagem foi entregue ao major Ricardo Passos, comandante da Cipe-Chapada, pelo governador Rui Costa | FOTO: Divulgação/Cipe-Chapada

Durante inauguração do Comando Regional da Chapada Diamantina, na manhã da última sexta-feira (10), a Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe-Chapada) foi homenageada pelo governador Rui Costa e pelo tenente-coronel Valter Araújo, comandante regional. A entrega da placa comemorativa aconteceu em razão do apoio dado às unidades orgânicas deste comando, resultando na redução, no primeiro semestre deste ano, de 10,6% do número de homicídios em toda a região chapadeira. Nas imagens, a placa é entregue ao major Ricardo Passos, comandante da Cipe-Chapada. Ele agradeceu a honraria e informou que a placa é destinada a todos os policiais militares da Cipe, “que diariamente, de forma ininterrupta, patrulham a região da Chapada Diamantina, dando tranquilidade e segurança aos turistas e moradores da região”. O secretário estadual de Segurança Pública, Maurício Barbosa, também participou da homenagem.



Mulher é executada dentro de restaurante em Guanambi. Namorado foi baleado

(Fotos: Reprodução)

Uma mulher identificada como Paula Valeska Gomes dos Santos, de 31 anos, foi assassinada a tiros dentro de um restaurante no Bairro Brasília em Guanambi. De acordo com informações obtidas pela reportagem, um homem entrou no estabelecimento por volta de 19h desta sexta-feira (10), e efetuou diversos disparos contra a vítima. Ela morreu na hora. Segundo o Boletim de Ocorrência, um homem identificado como, André Pereira Paez, de 29 anos, que seria namorado da vítima e estava no local no momento do crime, também foi atingido pelos disparos. Ele foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192) e encaminhado para o Hospital Regional de Guanambi (HRG). A Polícia Civil abriu inquérito e suspeita que o crime tenha ligação com o tráfico de drogas. Equipes do 17º Batalhão de Polícia Militar (BPM) foram acionadas pouco após o assassinato. Os policiais militares isolaram a área do crime até a chegada do Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Guanambi, que fez a remoção do corpo. A PM ainda fez buscas pela região, mas não conseguiu encontrar nenhum suspeito. 



Brumado: Pacientes que iam para Salvador são vítimas de assalto

A ação dos bandidos é rápida e parece premeditada (Foto: Reprodução Youtube 97NEWS)

Já não bastasse a dor de ter que ir buscar um tratamento de saúde pública em um local distante, numa viagem desgastante, vários pacientes que iam para Salvador, na noite da última quarta-feira (08), por volta das 20h, tiveram que que enfrentar também a mira de um revólver de dois bandidos que chegaram em uma motocicleta e, com uma arma em punho, fizeram a limpa nos pacientes, levando carteiras e celulares. O fato aconteceu na Rua Tenente Amarílio da Silva Leite, no Bairro das Flores, onde os pacientes ficam reunidos à espera do transporte que os levaria para Salvador. A ação dos bandidos é rápida, eles chegam em uma motocicleta e rendem as vítimas que, sem ter muito o que fazer, entregam os seus pertences. A cena, que foi revelada por um vídeo que está circulando no Whatsapp, mostra a falta de um policiamento mais ostensivo em Brumado, que vem esbarrando na falta de investimentos na área da segurança pública, já que o contingente policial no município vem sendo insuficiente há muito tempo. A Polícia já tem pistas dos autores do assalto, os quais devem ser presos a qualquer momento. Diante deste cenário, uma notícia que vem circulando na cidade de que uma base da Caesg será instalada nas proximidades do Presídio, traz uma perspectiva muito positiva no combate à criminalidade. Essa é uma antiga reivindicação da população, que sempre foi frustrada nesse anseio, mas, que, agora, parece que será atendida. Veja o vídeo abaixo: 

 



Brumado: Polícia Militar recupera Pop 100 que foi objeto de assalto na terça-feira (07)

A Pop 100 foi encontrada abandonada na Ponte do Padre (Foto: Divulgação Polícia Militar)

Os assaltos a motociclistas voltaram a assumir a posição de ato criminoso mais executado pelos bandidos em Brumado. Nos últimos dias várias ocorrências nesse sentido vêm acontecendo na cidade, o que faz com que as autoridades se mobilizem na busca de prender os autores desses delitos. Na última terça-feira (07), uma Pop 100, de cor azul e placa policial OZD 7371 foi objeto de um assalto. Este referido modelo, que foi notabilizado por uma música do "Rei da Cacimbinha", é muito "desejado", pois é fácil de ser conduzido e, sendo assim, é muito utilizado para a prática de roubos. Em uma ronda rotineira, já nas primeiras horas desta quinta-feira (09), uma guarnição da Polícia Militar encontrou a referida motocicleta abandonada na Ponte do Padre, nas proximidades do Bairro Jardim de Alah. Ela foi levada para o pátio da DPT e está à disposição de seu proprietário para ser retirada, após a apresentação da documentação cabível. 



Operação Fraternos: empresa LTX colaborava para ocultação do dinheiro desviado, afirma PF

(Foto: Reprodução)

Deflagrada na manhã desta terça-feira (7) pela Polícia Federal (PF), Controladoria Geral da União (CGU) e Ministério Público Federal (MPF), a Operação Fraternos investiga a prefeita de Porto Seguro, Cláudia Oliveira (PSD), seu marido e também prefeito de Eunápolis, Robério Oliveira (PSD), e o prefeito de Santa Cruz Cabrália, Agnelo Santos (PSD) por contratos fraudados somam aproximadamente 200 milhões de reais. Durante a coletiva, a PF informou que a empresa LTX transferia os recursos para pessoas que colaboram na ocultação desse dinheiro para difilcutar a origem ilícita dos recursos e que, posteriormente, estes recursos são repassados a empresas pertencentes a um dos investigados, que é um agente poítico.  “Basicamente, era um grupo de empresas interligadas entre si, numa rede formada por parentes, sócios, pessoas que mantinham vínculo. Estas empresas simulavam licitações para dar um ar de legitimidade à concorrência. Mas na verdade não existia concorrência nenhuma, era um jogo de cartas marcadas. Estas empresas se alternavam nas vitórias das licitações. A partir da contratação da empresa, parte do recurso pago pela prefeitura era desviada, passava por contas de “passagem” para tentar desvincular o dinheiro da sua origem ilícita e acabava retornando para o grupo criminoso”, disse Daniel Madruga, superintendente da Polícia Federal. Ainda segundo a PF, alguns contratos foram mapeados e a contratação de bandas para festas somam a maioria dos contratos. A oriegm dos recursos está sendo investigada.



PF faz operação para afastar três prefeitos baianos suspeitos de fraudar contratos

Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta terça-feira (07), a Operação Fraternos, para desarticular organização criminosa criada por prefeitos parentes entre si, responsáveis por fraudar licitações nas Prefeituras de Eunápolis, Santa Cruz Cabrália e Porto Seguro, todas no extremo sul da Bahia. Cerca de 250 policiais federais, com apoio de 25 auditores da Controladoria-Geral da União e de membros do Ministério Público Federal, cumprem, nos estados da Bahia, São Paulo e Minas Gerais, 21 (vinte e um) mandados de prisão temporária, 18 (dezoito) de condução coercitiva e 42 (quarenta e dois) de busca e apreensão, expedidos pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região. As investigações apontam que as prefeituras envolvidas contratavam empresas relacionadas ao grupo familiar para fraudar licitações, simulando a competição entre elas. Após a contratação, parte do dinheiro repassado pelas Prefeituras era desviado, utilizando-se de “contas de passagem” em nomes de terceiros para dificultar a identificação do destinatário final dos valores arrecadados, que, em regra, retornavam para membros da organização criminosa, inclusive através repasses a empresa de um dos prefeitos investigados. Essas mesmas empresas também eram utilizadas para a lavagem do dinheiro ilicitamente desviado. Em um dos casos investigados, foi observado que uma das empresas do esquema tinha como sócio um ex-funcionário de outra empresa do grupo criminoso, que teria investido 500 mil reais na integralização do capital. Os policiais federais descobriram, no entanto, que a renda mensal do ex-funcionário era de apenas R$ 800,00 à época. Os contratos fraudados somam aproximadamente 200 milhões de reais. Os policiais identificaram uma verdadeira “ciranda da propina” na qual as empresas dos parentes revezavam as vitórias das licitações para camuflar o esquema e, em muitos casos, chegavam ao extremo de repassar a totalidade do valor contratado na mesma data do recebimento a outras empresas da família. Os investigados responderão pelos crimes de organização criminosa (Art. 2º, Lei 12.850/13), fraude à licitação (Art. 89 e 98, Lei 8.666/93), corrupção ativa e passiva (Arts. 317 e 333, CP) e lavagem de capitais (Art. 1º, Lei 9.613/98).  



MPF denuncia 31 pessoas acusadas de fraudar Lei Rouanet

O Ministério Público Federal (MPF) denunciou 31 pessoas acusadas de participar do esquema que desviou R$ 21 milhões por meio da Lei Rouanet. Os acusados de participar das fraudes descobertas pela Operação Boca Livre, deflagrada em junho de 2016, pela Polícia Federal (PF) devem responder pelos crimes de organização criminosa, estelionato contra a União e falsidade ideológica. A 3ª Vara Federal em São Paulo vai apreciar a denúncia e decidir se dá prosseguimento ao processo. Segundo as investigações que, além do MPF, envolveram a Polícia Federal e a Controladoria-Geral da União, o Grupo Bellini Cultural desenvolvia projetos fictícios e apresentava contrapartidas ilícitas ao mecanismo de fomento cultural por renúncia fiscal. Criada em 1991, a Lei Rouanet concede incentivos fiscais para projetos e ações culturais. Por meio da norma, pessoas físicas e jurídicas podem aplicar parte do Imposto de Renda devido em projetos culturais. De acordo com a denúncia, os acusados usavam diversos meios, como notas fiscais falsas, para simular a execução ou superfaturar a prestação de contas dos projetos culturais. Havia também a apresentação de projetos duplicados, com a mesma ação para justificar a prestação de contas de duas propostas enviadas ao MinC. Ainda segundo a procuradoria, espetáculos e apresentações financiados com os recursos públicos acabam se tornando eventos institucionais fechados. Os recursos, que dentro das propostas deveriam ser usados para apresentações de orquestras e realização de exposições em cidades do interior ou em áreas periféricas, chegaram até, conforme apontam as investigações, a custear o casamento do um dos sócios do grupo acusado. Além dos diretores e funcionários da Bellini, são apontados como participantes das fraudes representantes das empresas doadoras uma montadora, um escritório de advocacia, rede de farmácias, rede de loja de eletrodomésticos e empresas de consultoria e auditoria. Além da análise da documentação apreendida, as provas contra os acusados estão baseadas em cerca de quatro meses de escutas telefônicas.



Mascarado invade escola e mata aluna com 11 tiros

Segundo delegada, jovem de 19 anos contou à polícia que disparou 11 vezes contra a vítima, de 16, por sentir ‘ódio’ da menor. Jovem usou máscara e teve ajuda para invadir escola (Fotos: Reprodução)

A estudante Raphaella Novinski, de 16 anos, foi morta a tiros dentro de uma escola estadual em Alexânia, no Entorno do Distrito Federal, na manhã desta segunda-feira (6). Segundo a delegada Rafaela Azzi, Misael Pereira Olair, de 19 anos, foi preso em flagrante logo após cometer o crime. Ela disse que o suspeito afirmou ter disparado 11 vezes contra a vítima, por “sentir ódio” dela. Conforme a delegada, Misael é um ex-aluno do Colégio Estadual 13 de Maio, local onde o fato ocorreu. Já a estudante cursava o 9º ano do ensino fundamental. “Ele alega que é conhecido ‘de longa data’ da vítima, e que sentia muito ódio da menina. A partir do depoimento dele entendemos que ele tentou namorar com ela, mas foi rejeitado. Por conta disto resolveu comprar uma arma, adentrar na escola onde ela estava e ceifar a vida dela”, disse.



Preso foge de penitenciária no ES e é suspeito de ter deixado recado em inglês em quadro: 'sinto muito'

(Foto: Reprodução Whatsapp)

foto de um quadro com uma mensagem em inglês atribuída a um preso que fugiu do Complexo do Xuri, no Espírito Santo, circula em grupos de policiais no WhatSapp. Osvaldo Marinho Barreto, de 49 anos, fugiu da Penitenciária Estadual de Vila Velha III, nesta quinta-feira (2), segundo a Secretaria Estadual da Justiça (Sejus).Nas mensagens do grupo, ainda há informações de que ele conseguiu fugir usando o uniforme de um agente, pela porta da frente do local. A Sejus informou que a corregedoria está apurando as circunstâncias da fuga do interno, mas não respondeu se ele saiu utilizando uniforme nem se deixou o recado em inglês no quadro. Também não foi informado qual tipo de crime ele cometeu. A mensagem supostamente escrita pelo preso no quadro da biblioteca da penitenciária, onde ele trabalharia, é uma despedida com tom de desculpas aos amigos que deixou, aos quais se refere como "família".A Sejus informou que o fugitivo está sendo procurado pela Polícia Militar, que está fazendo buscas. As pessoas que tiverem informações sobre o foragido devem entrar em contato com o Disque-Denúncia, por meio do telefone 181. O fato também será comunicado ao juiz da Vara de Execução Penal e ao Grupo Especial de Trabalho em Execução Penal (Getep), do Ministério Público Estadual.



Barro do Choça: Jovem é assassinato no meio da rua

“Bruno” foi executado no meio da rua, após ser perseguido por dois criminosos no bairro Ouro Verde. Testemunhas do fato, com medo, não quiseram dar detalhes (Foto: Reprodução)

A tranquilidade de Barra do Choça cessou ao som de diversos tiros, na manhã desta sexta-feira (3). Um jovem reconhecido apenas pelo prenome “Bruno” foi executado no meio da rua, após ser perseguido por dois criminosos no bairro Ouro Verde. Testemunhas do fato, com medo, não quiseram dar detalhes do crime. Acionada pela Guarda Municipal, o DPT de Vitória da Conquista fez o levantamento cadavérico do corpo, sob suporte também da Polícia Militar. O jovem segue no IML de Conquista onde familiares aguardam liberação para serviços fúnebres. A Delegacia de Barra do Choça apura a motivação do crime.



Suspeito confessou ter entrado em grupo de WhatsApp para roubar e matar jovem

(Foto: Reprodução)

Um dos três homens presos por envolvimento na morte da radiologista Kelly Cristina Cadamuro, de 22 anos, que desapareceu após dar carona a um homem desconhecido, confessou ter entrado em um grupo de WhatsApp com a intenção de roubar e matar a jovem, segundo informações da polícia de São José do Rio Preto (SP). Os suspeitos foram presos em três bairros da zona norte da cidade na madrugada desta sexta-feira (3). Kelly desapareceu na tarde de quarta-feira (1°) e o corpo foi encontrado nesta quinta-feira (2), em um córrego entre as cidades de Frutal e Itapagipe, em Minas Gerais. O corpo é velado desde o início da madrugada em Guapiaçu, onde Kelly morava com a família, e o horário do enterro ainda não foi divulgado. Os três suspeitos foram levados para a central de flagrantes de Rio Preto por volta da 1h da madrugada. 



Piripá: Corpo de homem é encontrado em carro incendiado; companheiro é preso

O corpo de um homem foi encontrado dentro de um carro incendiado na zona rural da cidade de Piripá, região sudoeste do estado. Segundo a Policía Civil, o corpo foi encontrado durante ronda de uma guarnição da Policia Militar, em uma estrada, na manhã de quinta-feira (3). Ele foi identificado como Antonio Rocha Pinto, de 55 anos. O companheiro dele, Juarez Dias do Vale, de 18 anos, foi preso suspeito do crime. Ele foi levado para a delegacia de Vitória da Conquista e deve responder por homicídio qualificado. Segundo a polícia, o crime teria motivação passional.



Corpo de jovem que marcou carona pelo WhatsApp é encontrado nu em córrego

(Foto: Reprodução Facebook)

Foi encontrado, na tarde desta quinta-feira (2), o corpo de Kelly Cristina Cadamuro, 22 anos, em um córrego entre as cidades de Frutal e Itapagipe, no Triângulo Mineiro. De acordo com a Polícia Militar (PM), a jovem estava nua. O corpo foi reconhecido pela família da vítima. Desde a tarde desta quarta-feira (1º), Kelly estava desaparecida, após combinar uma viagem por um grupo de carona no WhatsApp. Segundo a polícia, a jovem foi vista pela última vez quando saiu de Guapiaçu, no interior de São Paulo, com destino a Itagagipe. Militares encontraram o corpo da jovem após trabalhos de busca. Ainda de acordo com os agentes, a calça que ela vestia no dia do desaparecimento foi achada a quase 3 Km de distância do corpo. Parentes afirmam que no grupo do aplicativo Kelly havia decidido levar um casal para uma cidade mineira. No entanto, na hora da viagem, a mulher desistiu e apenas o homem, que ela não conhecia, pegou a carona. O último contato de Kelly com a família foi em um posto de combustíveis, na BR-153, quando ela parou para abastecer o carro. Câmeras de segurança de um pedágio mineiro mostram a jovem dirigindo e, logo depois o carro volta, dessa vez, com um homem ao volante. O carro foi encontrado abandonado e sem as quatro rodas em uma estrada rural.



Brumado: Menor que praticava assaltos na Praça da Prefeitura é autuado com simulacro de arma de fogo

(Foto: Divulgação 34ª CIPM)

Por volta das 16h30m desta quarta-feira (01), um pelotão B do PETO, em patrulhamento pelo bairro São José, visualizou um indivíduo em atitude suspeita, o qual ao ser abordado, foi constatado que era menor de idade. Ele estava com um simulacro de arma de fogo de cor preta. Após a abordagem, o mesmo, confessou que tinha o hábito de utilizar o referido objeto para a prática de assaltos na região da Praça Cel Zeca Leite (Praça da Prefeitura). Diante do fato, foi conduzido à 20° COORPIN para que fossem tomadas as providências cabíveis. 



Piripá: Entenda por quê delegado Florisvaldo é odiado por toda população daquele município

Delegado diz que perseguição ocorre porque ele investigou supostos casos de corrupção contra o então prefeito Jeová Barbosa (Fotos: Reprodução)

Quando o delegado Florisvaldo Nery da Cruz chegou à pacata Piripá, no Sudoeste baiano, em maio de 2006, ele pensava em fazer amigos e realizar o trabalho com apoio da sociedade civil e do Governo do Estado. Contudo, mais de dez anos se passaram e ele, hoje com 64 anos, virou para boa parte dos 12 mil moradores da cidade ‘persona non grata’, alguém que muitos querem longe do cargo que ocupa. Nomeado em 2003, o delegado Florisvaldo passou a atuar em Piripá em maio de 2006 depois de comandar as delegacias de Cordeiros e Guajeru, ambas no Sudoeste, e com pouco mais de 8 mil habitantes cada uma. Ele mesmo quem pediu transferência, pois achava, na época, que era melhor atuar em uma unidade da Polícia Civil vinculada à 10ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin), sediada em Vitória da Conquista, como é a de Piripá. “A delegacia de Guajeru é vinculada à 20ª Coorpin, de Brumado, e ao menos na época era muito desestruturada, funcionava em local improvisado, era uma casa alugada. Já a Corpin de Vitória da Conquista é outra coisa, bem melhor”, comentou. Logo ao chegar em Piripá, o delegado Florisvaldo conta que passou a investigar supostos atos de corrupção do então prefeito Jeová Barbosa, que já foi condenado pela Justiça Federal por fraudes diversas na administração pública local. Jeová não foi localizado para comentar sobre a relação dele com o delegado, que atribui a pessoas ligadas ao ex-prefeito, e ao atual grupo político que comanda a cidade, um protesto que destruiu a delegacia na madrugada de terça-feira (31). Semana passada, uma manifestação contra o delegado reuniu cerca de 1.500 pessoas, segundo estimativas da Prefeitura de Piripá. Eles levavam faixas de protestos diversas, como “Fora delegado, o povo piripaense não te aguenta mais”. Apesar da reclamação da falta de segurança, nas estatísticas da Secretaria de Segurança Pública (SSP) a cidade de Piripá quase não possui registros de violência – no entanto, segundo a população, muito desse resultado tem a ver com as constantes negativas do delegado em registrar as ocorrências. Disponíveis ao público, os dados seguem uma quantidade de notificações semelhantes a de cidades do porte de Piripá. No município, em 2014, houve um homicídio doloso, um estupro e cinco roubos/furtos de veículos; no ano seguinte, apenas um homicídio doloso e dois furtos de veículos; em 2016, uma pessoa foi assassinada, tentaram matar outra e os casos de furto a veículos subiram para nove. Este ano, segundo a SSP, não foram registradas ocorrências.

O delegado já foi removido do cargo quatro vezes (em 2007, 2013, 2014 e 2015), sendo transferido para outra cidade, porém, conseguiu reverter a situação na Justiça em 2016, após conseguir liminar (decisão temporária). Em favor dele, o delegado tem o Ministério Público do Estado (MP-BA), autor, em 2014, de uma ação civil pública contra o Governo da Bahia, julgada procedente em 2015. A ação determina, dentre outras coisas, que o Estado forneça estrutura de pessoal e material para que o delegado possa exercer as funções. O Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado da Bahia (ADPEB) não considera a saída do delegado Florisvaldo Nery, de Piripá, no Sudoeste baiano, solicitada por parte da população, como a medida mais importante para melhorar a situação da segurança pública na cidade. Em nota enviada, a entidade de classe considerou que “antes é preciso ressaltar que as condições de trabalho oferecidas na unidade policial de Piripá não são as ideais, porquanto conta com um número reduzido de investigadores, escrivães e precária estrutura física.” A ADPEB também disse repudiar “veementemente, o ato criminoso que aconteceu na sede da delegacia” da cidade, ocorrido na madrugada do dia 31. “O protesto como modo de externar a vontade do cidadão é valido e legal, porém não aceitaremos, sob nenhuma hipótese, que marginais, disfarçados de cidadão de bem e em defesa de interesses pessoais, ataquem a honra e impeçam um delegado de polícia de exercer as suas funções”, disse o presidente Fabio Lordello. Conforme a entidade, a situação de Piripá é semelhante à de outras unidades policiais do Estado. A ADPEB informou que oficiou o delegado-geral da Polícia Civil, solicitando adoção de providências quanto às reformas estruturais de algumas unidades do interior e da capital, em muitas das quais houve fugas e rebeliões. Como exemplos, cita a 28ª Delegacia (Nordeste de Amaralina, em Salvador) e as delegacias de Juazeiro, Miguel Calmon, Remanso, Alagoinhas, Itamaraju, Ibirapitanga, Boquira, Macaúbas, Brumado, Jacobina, Ipirá, Jaguaquara, Vera Cruz, Aurelino Leal, Senhor do Bonfim, Campo Formoso e Paripiranga. As informações são do Correio*.

CONTINUE LENDO


Caso Andressa: Suspeita da morte da jovem de Boquira, tem prisão decretada pela Justiça

A Polícia Civil pediu à Justiça a prisão preventiva de Zilma Rodrigues do Amaral, de 38 anos, apontada como autora do disparo que matou a universitária Andressa Silva Gouveia, de 22 anos, natural de Boquira, no sudoeste da Bahia. O crime ocorreu em Mongaguá, no litoral de São Paulo. O alvo era o marido da própria atiradora, que está desaparecida desde a noite do crime. O homicídio ocorreu no sábado (28), enquanto sete amigos de Diadema (SP) estavam reunidos em uma casa no bairro Balneário Vila Seabra. Eles combinaram de passar o fim de semana no litoral. Durante uma discussão com o marido, a mulher sacou uma arma e atirou acidentalmente na jovem, que foi atingida no peito. O pedido de prisão ocorreu na noite desta terça-feira (31), depois que o delegado titular da cidade, Ruy de Mattos, afirmou ter a certeza de que ela é autora do crime.



Piripá: Delegado diz que mais de 30 armas e 100 veículos foram levados de delegacia durante protesto

(Foto: Reprodução TV Sudoeste)

Mais de 30 armas de fogo e cerca de 100 veículos, entre carros e motocicletas, foram furtados da delegacia de Piripá, no sudoeste da Bahia, durante um protesto de moradores contra o delegado da cidade, Florisvaldo Nery da Cruz, na madrugada desta terça-feira (31). A informação foi divulgada ao G1 pelo próprio delegado. Conforme Cruz, a polícia está tentando identificar os autores dos furtos. O delegado disse que os veículos roubados, que estavam apreendidos, estavam estacionados no fundo da delegacia. Com relação às armas furtadas, o delegado disse que foram de calibres diversos. "Eram todas armas que tinham sido apreendidas, tiradas das mãos do crime. Agora, voltaram novamente para as mãos de criminosos", destacou. No ato, a fachada da delegacia foi pichada e as instalações destruídas. Além disso, alguns carros apreendidos que estavam no local foram queimados. Os moradores que realizaram a manifestação contra o delegado dizem que ele não estaria mais abrindo investigações, efetuando prisões, nem enviando os processos à Justiça. Na quarta-feira passada, populares já tinham feito outro protesto na cidade contra o titular. O delegado disse, no entanto, que o ato foi feito por pessoas ligadas a um grupo político da cidade, depois que ele teria aberto investigação sobre corrupção no município. "É um movimento que começou pela Câmara (de Vereadores) e pelo Executivo contra o delegado", afirmou o investigador, que já contabiliza 15 processos administrativos abertos por denúncias de moradores.  Florisvaldo Nery da Cruz afirma que atua na cidade desde o ano de 2006 quando começou a investigação da suposta prática de corrupção na prefeitura. "O problema é que sou um delegado diferenciado, não aceito propina e combato a corrupção. E nesse combate à corrupção comecei a atuar e tive alguns resultados, inclusive busca e apreensão das pastas de documentos de prestação e contas do prefeito", contesta. O delegado disse que sofreu duas transferências do cargo na cidade e só retornou no ano de 2011. Florisvaldo também reclama da falta de condições para que consiga atuar e combater a ocorrência de crimes na cidade. Ele diz que ele trabalha sozinho na delegacia, sem nenhum escrivão. O município teria ainda dois policiais militares. O delegado afirma que a delegacia só conta com uma viatura, um aparelho de fax e uma linha de telefone. "A ineficiência da Polícia Civil decorre da omissão do estado. Hoje sou reduzido como fazedor de ocorrência. Sou delegado 24h por dia, moro na cidade", disse.



Jovem desaparecido desde sábado é encontrado morto em Bom Jesus da Serra

Corpo de Adelson Oliveira Nascimento, 32 anos, em avançado estado de decomposição, foi reconhecido pela mesma roupa em que foi visto pela última vez (Foto: Reprodução)

O jovem que estava desaparecido desde sábado (28) foi encontrado morto na noite desta terça-feira (31). O corpo de Adelson Oliveira Nascimento, 32 anos, foi encontrado à 1 km da sede de Bom Jesus da Serra, na estrada que liga a cidade ao Aniceto (zona rural onde o mesmo morava). O corpo foi localizado dentro do mato, à cerca de 15 metros da estrada, e o mesmo ainda estava de calça e sapatos. Adelson era filho de um homem conhecido por Côco, e sempre estava em festividades da região. A Polícia Militar informou que não possível saber a causa da morte, já que o corpo estava em avançado estado de composição e boa parte já havia sido consumida por urubus. O reconhecimento foi possível pelas vestimentas. 



Tensão em Piripá: Contra delegado, população queima veículos e depreda delegacia

Foto: Vágner Santos.

A sede da delegacia da cidade de Piripá, no sudoeste da Bahia, foi destruída na madrugada desta terça-feira (31), em protesto contra o delegado, Florisvaldo Nery da Cruz. A fachada do imóvel da delegacia foi pichada e as instalações foram destruídas. Objetos também foram roubados e carros foram queimados em frente à delegacia. Segundo os moradores, o delegado Florisvaldo não estaria mais abrindo investigações, efetuando prisões, nem enviando os processos à Justiça. Na quarta-feira passada, eles já tinham feito outro protesto na cidade contra o titular. O G1 procurou a assessoria da Polícia Civil, que ficou de se pronunciar sobre o caso. O delegado disse que o ato desta terça-feira (31) foi feito por pessoas ligadas a um grupo político da cidade, depois que ele teria aberto investigação sobre corrupção no município. “É um movimento que começou pela Câmara (de Vereadores) e pelo Executivo contra o delegado”, afirmou. Ele afirma que atua na cidade desde o ano de 2006 quando começou a investigação da suposta prática de corrupção na prefeitura. “O problema é que sou um delegado diferenciado, não aceito propina e combato a corrupção. E nesse combate a corrupção comecei a atuar e tive alguns resultados, inclusive busca e apreensão das pastas de documentos de prestação e contas do prefeito”, contesta. O delegado disse que sofreu duas transferências do cargo na cidade e só retornou no ano de 2011. Florisvaldo também reclama da falta de condições para que consiga atuar e combater a ocorrência de crimes na cidade. Ele diz que ele trabalha sozinho na delegacia, sem nenhum escrivão. O município teria ainda dois policiais militares. O delegado afirma que a delegacia só conta com uma viatura, um aparelho de fax e uma linha de telefone. “A ineficiência da Polícia Civil decorre da omissão do estado. Hoje sou reduzido como fazedor de ocorrência. Sou delegado 24h por dia, moro na cidade”, disse. 

Foto: Vágner Santos.


Fuzil e submetralhadoras são apreendidos após perseguição em Jequié

Material apreendido durante perseguição policial em Jequié. Foto: Divulgação SSP

Um fuzil e duas submetralhadoras foram apreendidos por guarnições do 19° Batalhão da Polícia Militar (Jequié), na madrugada desta segunda-feira (30/10), após perseguição contra criminosos. Durante blitz montada, na Rua da Itália, em Jequié, a 365 quilômetros de Salvador, um carro modelo Frontier, cor cinza, placa NYX-7366, tentou fugir da abordagem. O veículo seguiu pela Avenida Rio Branco, em direção ao Anel Viário, na BR-116, na contramão. Percebendo que seriam alcançados, o grupo abandonou o carro e se escondeu na mata. Dentro do veículo foram encontrados um fuzil calibre 762 e duas submetralhadoras, uma delas de fabricação norte americana, além de seis carregadores e 260 munições de diversos calibres. Equipes da Polícia Civil dão apoio em varreduras, na BR-116, com objetivo de capturar os criminosos que fugiram em direção a um matagal.