ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Casal cai em golpe de venda de carro pela internet, perde veículo e celular em Brumado; polícia investiga o crime

Brumado: Moradores denunciam abandono e risco de desabamento de ponte que liga os bairros São Jorge e Dr. Juracy

Brumado: Após reintegração, Prefeitura demoliu imóvel no bairro São José

Brumado: Caminhão estoura fios e danifica poste no bairro Santa Tereza

Brumado: Polícia prende homem que mantinha ex-namorada em cárcere privado no residencial Brisa II

Famílias celebram Dia Internacional da Síndrome de Down em Brumado

Guanambi: PM prende suspeita de tráfico de drogas é presa com 295 pedras de crack

Cabeceira de ponte começa a desabar na BA-148 entre Brumado à Livramento de Nossa Senhora

Brumado: Idoso recém operado do coração morre dentro de ônibus na Av. Centenário

Brumado: Polícia recupera bens furtados em galpão; três suspeitos foram ouvidos e liberados

Clínica Master: Ginecologia e Obstetrícia

Chuva causa alagamentos em diversos pontos de Brumado; veja fotos

Ex-presidente Michel Temer é preso pela Lava Jato no Rio de Janeiro

Apresentadora Xuxa solta o verbo e diz, 'Estou velha, pele enrugada e não faço plástica', sobre cobranças pelo corpo

Brumadinho: Total de mortes confirmadas sobe para 209

Caetité: Cidade receberá em maio a 'Corrida do Trabalhador'

Brumado: Dois indivíduos tombaram em troca de tiros com o PETO no bairro Irmã Dulce

Bloqueio de celulares irregulares começa no dia 24 de março nas regiões Norte, Nordeste e Sudeste

Enfim ela chegou: Começa a chover forte em Brumado e na Região Sudoeste

Clínica Master: Atendimento em Psiquiatria


Brumado: Os bandidos, a população e o descaso do governo com a questão da Segurança Pública

A noite em Brumado vem sendo tomada pelos bandidos que atacam as suas vítimas indefesas (Foto: Reprodução Youtube)

Mesmo sabendo que a crise no sistema de segurança pública é de dimensão nacional, a questão também tem que ser analisada no âmbito local, já que algumas soluções podem ser viabilizadas nesse sentido. Brumado, assim como todos os municípios da região, vem vivendo um clima de total insegurança, com os bandidos, principalmente no período noturno, tomando conta das ruas, assaltando quem aparece no caminho. Só na última segunda-feira (09), cerca de 30 boletins de ocorrência foram registrados na Depol por vítimas de assaltos. Transitar por alguns lugares da cidade, ou ficar na porta da residência em ruas menos movimentadas, hoje, é pedir para ser assaltado, já que os bandidos andam a solta pelas ruas, como pode ser observado em vários vídeos que são veiculados nas redes sociais. A população cada vez mais temerosa, ainda teima em sair de casa, já que a vida no “cárcere” deveria ser para os criminosos, mas parece que a inversão de valores é cada vez maior, colocando os cidadãos de bem confinado e deixando os bandidos “livres, leves e soltos”. No meio desse fogo cruzado estão os policiais, que, infelizmente não podem fazer muita coisa, já que o contingente é muito abaixo da grande demanda, fazendo com que eles tenham que ficar restritos a fazer a segurança dos lugares mais prioritários e, enquanto isso, os bandidos agem como se fosse uma “terra sem lei”. Na outra extremidade está o governo do estado que se mostra ainda com os olhos e ouvidos tapados, pois os incessantes clamores para um combate mais ostensivo à violência não são atendidos. Apesar de alguns esforços isolados, como a recente operação “Griffo” que contou com a presença de várias forças policiais, as ações ainda são muito pontuais, quando a realidade requer um policiamento bem mais ostensivo e eficaz. Outra agravante é que, quando se prendem os bandidos, não há local para custodiá-los, já que o setor de carceragem da 20ª Coorpin está cada vez mais em ebulição, além de estar com mais que o dobro da sua capacidade. Então o que se esperar diante desse quadro nebuloso, infelizmente, não existem muitas esperanças, já que a crise deverá ser apontada mais uma vez como entrave para a solução. Então só resta pedir proteção aos céus, já que na terra, isso é cada vez mais difícil. Veja abaixo cenas gravadas em um sistema de monitoramente eletrônico de uma residência em uma das avenidas mais movimentadas da cidade, onde um bando de delinquentes agridem e assaltam um jovem, o que seria uma prova cabal da gravidade da questão da violência na cidade:

 



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário