Dono de empresas supermercadistas é preso em operação contra sonegação

Foto: Divulgação l SSP-BA

Um proprietário de empresas supermercadistas em Irecê foi preso na manhã desta quinta-feira (29), acusado de sonegar cerca de R$ 12 milhões em impostos. Ele foi alvo da Operação Marca-Passo, deflagrada pelo Ministério Público Estadual (MP-BA) e pela Secretaria da Fazenda do Estado da Bahia, com apoio da Polícia Civil. Nas buscas, foram encontrados na residência dele quatro armas sem registros, diversas munições e documentos. O empresário já acumula passagens na polícia pelos crimes de furto qualificado, formação de quadrilha e receptação -- pelo qual cumpriu pena em regime fechado por oito meses. Os cinco mandados de busca e apreensão, expedidos pela comarca de Irecê, foram cumpridos nos estabelecimentos comerciais do proprietário. Segundo o MP-BA, o investigado utilizou a estratégia de criar de forma sucessiva empresas com razões sociais diferentes em nome de terceiros, 'laranjas', mas com nomes fantasias e endereços similares.