Estudo mostra que 65% dos policiais assassinados no Brasil são negros

Foto: Divulgação l SSP-BA

Dados do Anuário 2020 do Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP), revelam que 65,1% dos 172 policiais que foram assassinados no Brasil em 2019 eram negros. O números levam em consideração agentes no trabalho ou em momento de folga. As informações são do jornal Folha de São Paulo. Segundo o jornal, os policiais negros são as principais vítimas mesmo não sendo maioria nas forças policiais no país. O diretor-presidente da FBSP Renato Sérgio de Lima atribui a situação ao fato de haver mais negros entre os praças (de soldado a subtenente) do que entre os oficiais (de tenente a coronel), que exercem funções de comando. Ainda segundo Lima, outro fator importante a ser considerado é que a maioria de policiais negros moram em periferias e locais onde os índices de violência são maiores. Dados obtidos pela Folha, mostram que na Polícia Militar de São Paulo, 44,% dos soldados são negros. Entre os oficiais, esse número é de 22,1%, entre os tenentes, e 12,7%, entre os coronéis –topo da carreira.