Em novo encontro com prefeito de Livramento, Elias Piau busca reatar negociações sobre a parceria para a construção da ponte Itaquaraí/Iguatemi

O vereador Elias Piau juntamente com o prefeito 'Ricardinho" (esquerda) e com o chefe de gabinete Jânio Soares (Foto: Assessoria Parlamentar)

A construção da ponte no local que faz a divisa entre Brumado e Livramento de Nossa Senhora, o qual fica entre os distritos de Itaquaraí e Iguatemi, que estava com as negociações de uma parceria num andamento positivo entre os dois municípios, após as declarações do vereador Santinho (sem partido), acabaram azedando, tendo, inclusive, a possibilidade de não acontecerem mais. A fala de “Santinho” acabou gerando uma grande insatisfação, já que foram feitas acusações contra o prefeito de Livramento, Ricardo Ribeiro (REDE), o popular “Ricardinho”. Diante disso a celebração da parceria entre os municípios para a construção da ponte acabou arrefecendo, então, buscando reverter esse quadro, o vereador brumadense Elias Piau (PV), voltou a ter uma reunião com o chefe do executivo livramentense nesta quinta-feira (26), o qual o recebeu juntamente com o seu chefe de gabinete, Jânio Soares Lima. Segundo o parlamentar “o prefeito Ricardinho, apesar do impedimento criado, o prefeito nos recebeu muito bem e disse estar aberto a resolver o problema que acaba prejudicando os moradores dos dois municípios”, relatou. Piau ainda destacou que “minha grande preocupação é o período chuvoso que está para chegar, então, esse problema tem que ser resolvido o quanto antes, pois se as chuvas vierem, a situação que já é grave ficará caótica, prejudicando os moradores de Itaquaraí e Iguatemi”. E encerrou dizendo que “o prefeito de Brumado já mostrou toda a disposição para a execução das obras em parceria, e, depois da reunião de hoje com o prefeito Ricardinho voltei a ficar otimista. Então creio que tudo será resolvido, pois sei o quanto isso está deixando os moradores de Itaquaraí preocupados e, como representante daquele distrito eu vou continuar lutando de forma incansável até que a ponte seja construída”.